Digital clock

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Um médico italiano descobriu algo simples que considera a causa do câncer.

curaquantica24Inicialmente banido da comunidade médica italiana, foi aplaudido de pé na Associação Americana contra o Câncer quando apresentou sua terapia. O médico observou que todo paciente de câncer temaftas.
Isso já era sabido da comunidade médica, mas sempre foi tratada como uma infecção oportunista por fungos - Candida albicans. Esse médico achou muito estranho que todos os tipo de câncer tivessem essa característica, ou seja, vários são os tipos de tumores mas têm em comum o aparecimento das famosas aftas no paciente.
Então, pode estar ocorrendo o contrário, pensou ele. A causa do câncer pode ser o fungo.
E, para tratar esse fungo, usa-se o medicamento mais simples que a humanidade conhece:bicarbonato de sódioAssim ele começou a tratar seus pacientes com bicarbonato de sódio,
não apenas ingerível, mas metodicamente controlado sobre os tumores.
Resultados surpreendentes começaram a acontecer.
Tumores de pulmão, próstata e intestino desapareciam como num passe de mágica, junto com as Aftas.

Desta forma, muitíssimos pacientes de câncer foram curados e hoje comprovam com seus exames os resultados altamente positivos do tratamento. Para quem se interessar mais pelo assunto, siga o link (em inglês):não deixem de ver o vídeo, no link abaixo. O medico fala em italiano, mas tem legenda em português . http://www.curenaturalicancro.com/
Lá estão os métodos utilizados para aplicação do bicarbonato de sódio sobre os tumores.
Quaisquer tumores podem ser curados com esse tratamento simples e barato.
Parece brincadeira, né?
Mas foi notícia nos EUA e nunca chegou por aqui.
Bem que o livro de homeopatia recomenda tratar tumores com bórax, que é o remédio homeopático para aftas. E os macrobióticos consideram o câncer uma manifestação natural do meio ácido.
Afinal, uma boa notícia em meio a tantas ruins.

domingo, 8 de dezembro de 2013

Israel pode substituir todo dinheiro do país por transações com chip

Israel pode substituir todo dinheiro do país por transações com chip


O governo de Israel anunciou a criação de uma comissão que irá estudar formas de eliminar o dinheiro circulando no país. Segundo foi anunciado, seria a melhor maneira de impedir os cidadãos de sonegar impostos. O comitê será presidido por Harel Locker, diretor do Escritório do Primeiro-Ministro.
O dinheiro de papel seria substituído por transações eletrônicas, feitas com cartões de chip. Com as novas tecnologias, os bancos podem controlar quanto as pessoas tem em suas contas e quanto podem retirar. As empresas de cartão atuais registram quanto as pessoas gastam mas o governo não tem controle.
Os membros do grupo de estudo incluem a Polícia Federal de Israel, a Autoridade Tributária, a Autoridade Governamental de Lavagem de Dinheiro e Terror, o Banco Federal de Israel e funcionários da Procuradoria do Estado, entre outros.
O consenso é que o dinheiro como é atualmente usado permite que as pessoas usem subterfúgios para fugir dos impostos. Não há como rastrear muitas das transações feitas em cash e utilizando “laranjas”. Em uma economia sem dinheiro, todos os registros são eletrônicos, e os impostos seriam cobrados em tempo real. Para a economia do país é uma questão muito mais confiável, já que taxas administrativas sobre as transações eletrônicas são comuns em Israel.
Funcionários no gabinete do primeiro-ministro justificam: “em todo o mundo, sabe-se que o dinheiro é um elemento-chave da economia ilegal e da lavagem de dinheiro. Ele permite a existência de uma grande diferença entre os rendimentos relatados e real… Ao eliminar o dinheiro vivo, será possível ampliar a base de tributação e prevenir a lavagem de dinheiro”.
O comitê não estabeleceu um prazo para a decisão final, mas o tamanho do país pode colaborar para que seja rapidamente implantado. Cédulas e moedas representam menos de 10% da economia dos países da zona do Euro e de 7% nos EUA, segundo o Banco de Compensações Internacionais, organização que reúne os bancos centrais do mundo.
Ano passado, a Suécia anunciou que estava criando um sistema de economia totalmente digital, baseado em chips especiais para smartphones. Eles seriam acessados pelas impressões digitais, como o que já está presente na nova geração de iPhones.
Oscar Swartz, fundador do maior provedor de Internet da Suécia, diz que um dos problemas é justamente deixar um “rastro” das transações. “A pessoa deve ser capaz de gastar seu dinheiro sem ser rastreado o tempo todo”, diz ele, levantando a questão da privacidade.
Mas esse exatamente é um dos argumentos dos governos para abdicar do papel-moeda, a capacidade de identificar de onde o dinheiro está saindo e para onde vai.
A Inglaterra já tem um sistema em fase de testes, que funciona tanto em lojas quanto para pagamento de ônibus. Na Ásia, o sistema “payWave” já é popular e acabou com o tempo de espera para pagamento em lanchonetes, postos de gasolina e cinemas, por exemplo. Basta passar com seu cartão com chip perto do caixa eletrônico e clicar um botão concordando com o desconto do valor em sua conta.
A dificuldade, por enquanto, é unificar pagamentos via internet, cartões de crédito e dinheiro vivo. Uma unificação do sistema parece ser o único caminho, mas a questão central é quem controlará a emissão desse dinheiro virtual, elemento básico da economia de um país.
Os especialistas em profecias há muito indicam que o cumprimento de Apocalipse 13:16 viria pela substituição do dinheiro por algum sistema eletrônico e biométrico, entendido assim: “A todos, os pequenos e os grandes e os ricos e os pobres, os livres e os escravos, faz que lhes seja dada certa marca sobre a mão direita ou sobre a fronte (testa), para que ninguém possa comprar ou vender, se não aquele que tem a marca, o nome da besta ou o número do seu nome”. Com informações Israel National News, Inquirer e Independent.

Guerra na Síria dispersa cristãos e coloca em risco o aramaico, o idioma de Cristo

Guerra na Síria dispersa cristãos e coloca em risco o aramaico, o idioma de Cristo

RIO - Encravada em paredões de rocha e um dos únicos lugares no mundo onde o aramaico - a língua de Cristo - permanece vivo, a vila síria de Maaloula viu as palavras guerra e caos se incorporarem ao seu cotidiano desde setembro, quando virou palco de disputa entre rebeldes e forças do regime de Bashar al-Assad. Praticamente todos os cristãos da aldeia fugiram para Damasco. E as freiras que resistiram no local para cuidar de dezenas de crianças órfãs foram sequestradas na segunda-feira.
A violência em uma das cidades mais cinematográficas da Síria e símbolo do cristianismo aumentou o temor dos fiéis pelo fim da religião no país, onde cerca de 10% da população são cristãos. A dispersão dos moradores coloca em risco um idioma considerado pela Unesco ameaçado de extinção.
- A língua é falada em Maaloula. Não é escrita. O governo havia criado um programa em parceria com a Unesco para preservar o idioma por meio de aulas e estudos. Agora não sei o que vai acontecer - lamentou a síria Najwa Safar Seif, residente no Brasil.
Os cristãos na Síria veem com preocupação o aumento da presença de extremistas islâmicos no front, em uma guerra que entrou em seu terceiro ano sem dar sinais de trégua. O jornalista libanês em Damasco, Wissam Abdallah, cujo avô vivia em Maaloula e se refugiou na capital síria, não sabe se a casa de sua família ainda pode ser chamada de lar.
- A situação é um muito triste. A nossa casa pode ter sido queimada ou saqueada - disse ele ao GLOBO, de Damasco.
O medo está na radicalização de uma guerra que atinge famílias inteiras sem distinção.
- Os cristãos não temem cidadãos muçulmanos, mas extremistas de vários países que se uniram aos rebeldes na luta contra o governo. Muçulmanos de aldeias vizinhas abriram as portas de suas casas para proteger cristãos que fugiram de Maaloula - contou Abdallah, que trabalha para o jornal do Líbano "Alakhbar".
Segundo Najwa, há relatos de que três jovens cristãos foram assassinados durante a primeira invasão de insurgentes do Exército Livre da Síria e do grupo Frente al-Nursa - ligado à rede terrorista al-Qaeda -, em 5 de setembro. Após dias de combate contra as forças leais ao regime, os rebeldes tomaram o controle da cidade na segunda-feira, sequestrando 12 freiras do Mosteiro Ortodoxo Santa Takla.
- A cidade é cercada por rochas e possui apenas duas entradas. Uma delas estava bloqueada pelo Exército sírio. Um insurgente explodiu a barreira com um carro-bomba, e dezenas de militantes entraram na vila, atacando, saqueando e incendiando casas e igrejas - disse Najwa.
Maaloula é parte de uma luta mais ampla entre rebeldes e forças do presidente para o controle da estratégica rodovia central da Síria. Situada a uma altitude de mais de 1.500 metros, se assemelha a Petra, na Jordânia, e significa "entrada" em aramaico.
Apesar do nome que leva na língua de Jesus, a aldeia virou porta de saída para os cristãos. Em Damasco, eles buscaram abrigo no bairro Bab Touma. Outros recorreram a parentes no Líbano. Em Maaloula, só ficaram muçulmanos.
Fonte: Jornal Extra

Número de Bíblias distribuídas em países onde há mais perseguição bate recorde

Número de Bíblias distribuídas em países onde há mais perseguição bate recorde
Em 2012, ocorreu um aumento no número de exemplares da Bíblia em todo o mundo. As Sociedades Bíblicas Unidas publicaram seu relatório anual, mostrando que a distribuição global de Bíblias passou de 381 milhões de exemplares em 2011 para mais de 405 milhões em 2012, um aumento de 6%.

Entre os 405 milhões de volumes distribuídos, 32,1 milhões eram cópias da Bíblia inteira, igualando o recorde de distribuição de 2011. O restante eram apenas o Novo Testamento ou livretos com trechos selecionados.

Um dos aspectos que mais surpreendeu foi o país que teve o maior aumento na distribuição. Foi a Síria, onde uma guerra civil é travada desde 2011. Mesmo assim, a distribuição de Bíblias por parte de voluntários chegou a 163 mil exemplares no ano passado.

“Os cristãos na Síria estão sob enorme pressão. Há uma grande necessidade de encorajamento. Estamos trabalhando duro para produzir as Escrituras em quantidade suficiente para atender a essas necessidades”, conta Mike Bassous, secretário-geral da Sociedade Bíblica do Líbano, que supervisiona o trabalho da Sociedade Bíblica na Síria.

Outro país onde houve crescimento foi o Iraque, onde também existe uma crise social desde a invasão pelos Estados Unidos. Estima-se que apenas 330.000 cristãos permanecerem no país depois de um êxodo em massa resultante da crescente perseguição. Mas mais de 66.000 volumes das Escrituras foram distribuídos em 2012. Um aumento de 57% em relação ao ano anterior.

Egito, Índia, Laos e Nigéria também viram aumento na distribuição. Esses países, juntamente com a Síria e o Iraque sofrem os mais altos níveis de perseguição. É justamente nesses lugares que a procura pela Bíblia aumentou. Michael Perreau, CEO das Sociedades Bíblicas Unidas comemora: “Mesmo com o aumento da perseguição aos cristãos em algumas partes do mundo, é encorajador e reconfortante ver que a Palavra de Deus é tão procurada e amada”. Com informações CBN.


Fonte: Gospel Prime


  
 
 





 

 

 



 

Católicos invadem e destroem igreja evangélica no México

 

Católicos invadem e destroem igreja evangélica no MéxicoAinda repercute no México o acirrado conflito entre católicos e evangélicos que se desenrola no estado de Oaxaca. Desde que assumiu o poder, o prefeito Pedro Cruz González vem fazendo ameaças de que irá queimar e jogar do precipício todos os “não católicos” da cidade de San Juan Ozolotepec, administrada por ele.

Algum tempo atrás, o município instituiu uma taxa de 7 mil pesos que os evangélicos precisam pagar se desejam realizar seus cultos. Dois anos atrás, os moradores testemunharam uma grande polêmica quando ficou decidido que toda pessoa pertencente a uma religião diferente do catolicismo não podia mais ser enterrado no cemitério municipal. Apesar das diversas denúncias, o governo federal do México não tomou providências.

O pastor Leopoldo Alonso Silva, da Igreja Cristã Independente Getsêmani, informou que, por serem minoria, a comunidade evangélica tem sofrido muita perseguição e só lhes resta orar. Entre as 18 crianças que frequentam sua igreja, uma delas foi expulsa da escola porque seus colegas de escola a agrediam e a situação estava gerando problemas. Ele conta que existe uma grande pressão de certas famílias católicas da cidade para que o mesmo ocorra com os filhos de todas as famílias evangélicas.

Várias leis municipais foram proclamadas nos últimos anos com caráter discriminatório aos que não frequentam a igreja católica. As autoridades já proibiram a construção de novos templos evangélicos no passado.

Em novembro, um grande grupo de católicos radicais atacou e destruiu parte de um templo pentecostal que estava em construção. Usando marretas e picaretas, vandalizaram a estrutura. Armados de pedras e varas, alguns invadiram o local e entraram em combate corporal com os fieis. O resultado foram 4 pessoas presas, todos evangélicos, incluindo o pastor da igreja.

O assunto teve repercussão nacional e a Comissão Nacional de Direitos Humanos divulgou que a polícia irá investigar por que o prefeito “ordenou a demolição do templo, além do linchamento, encarceramento e tortura dos seguidores da congregação religiosa”.

Alfredo Alonso, patriarca de uma família afirma que tem sofrido durante anos perseguição somente por ousar ser diferente numa região dominada por políticos católicos extremistas. Ele conta que em maio deste ano o prefeito avisou os evangélicos que iria queimar e jogar seus corpos em um canyon, se não renunciassem à sua fé.

“Só pela graça de Deus ainda estamos vivos, porque eles vieram sobre nós com toda fúria, usando barras de ferro e pedras… ameaçaram queimar-nos apenas por querer ajudar nossos familiares, que são vítimas de abuso de autoridade pelo intolerante prefeito municipal”, desabafa.

Leopoldo Alonso, filho de Alfredo, é o pastor da igreja vandalizada, um dos quatro evangélicos que ficaram presos durante 5 dias e só foram soltos após o caso repercutir tanto que as autoridades estaduais interviram na cidade. Agora, o governo federal mexicano avisou que o prefeito Gonzalez poderá enfrentar acusações criminais após o caso ser apurado.

Membros da família Alonso explicam que os problemas com os católicos radicais existem por que os evangélicos tem denunciado repetidamente hábitos como embriaguez, sexo livre e adoração de ídolos. Isso incomoda os católicos que revidam com ameaças e violência. Oficialmente, a Igreja católica do México nega ter envolvimento com os grupos radicais, mas não há registro que tenha condenado a prática.

É sabido que abusos contra evangélicos por parte de católicos são corriqueiros nos Estados de Chiapas, Guerrero, Hidalgo e Puebla. Com informações Acontecer Cristiano.


Fonte: Gospel Prime


 
 

 






 
 

 



 

Testemunho de menino de 7 anos que sofre com câncer raro tem levado pessoas ao Evangelho

Testemunho de menino de 7 anos que sofre com câncer raro tem levado pessoas ao EvangelhoO menino Hunter Alford, 7 anos de idade, sofre com um câncer raro e passou por momentos de incerteza quanto ao seu tratamento, depois que seu convênio médico foi cancelado.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica GospelPor ocasião do Dia de Ação de Graças, um editorial sobre suas condições foi publicado, e milhares de cristãos fizeram doações e possibilitaram que ele continuasse seu tratamento quimioterápico.
Acompanhado de sua mãe, Krista Alford, o menino Hunter tem testemunhado sobre a providência divina que ele viveu pessoalmente, e tem levado pessoas a se converterem ao Evangelho.
“As pessoas me deixaram mensagens dizendo que eles realmente não acreditavam em Deus, até que leram a história de Hunter. E agora eles estão orando pelo meu filho. Um cavalheiro disse que nunca havia orado em todos os seus 30 anos de vida. Ele falou que agora abriu os olhos para uma nova vida, e ele agradece Hunter por isso”, testemunhou Krista.
A divulgação do drama de Hunter Alford, que corria o risco de ficar sem tratamento, mobilizou pessoas que doaram US$ 47 mil dólares, o que serviu para custear as sessões de quimioterapia que restavam.
O agradecimento do menino pela solidariedade das pessoas também teve a mesma repercussão, e agora seu testemunho tem inspirado vidas, segundo o WND: “Um monte de pessoas estão enviando mensagens como essa, agradecendo Hunter por ajudá-los a encontrar seu caminho de volta para Deus. É tão incrível”, disse a mãe, emocionada.
Sobre seu filho, Krista demonstra enxergar nele a mesma inspiração que as pessoas que contribuíram com seu tratamento: “Ele tem sete anos e esta é a sua terceira vez que tem que lidar com o câncer. E ele ainda está otimista”, comemorou.

Acordo nuclear pode ser fatal para Israel, diz embaixador no Brasil

Acordo nuclear pode ser fatal para Israel, diz embaixador no Brasil


O embaixador israelense no Brasil, Rafael Eldad, se mostrou preocupado com a decisão do Irã de aceitar o acordo das Nações Unidas de reduzir as atividades nucleares. Eldad disse ao Terra que o governo iraniano tem que aceitar extinguir seu programa nuclear, e não apenas reduzi-lo.
“O que buscamos não é estar menos preocupados, o que queremos é acabar com essa preocupação”, afirma.
A maior preocupação de Israel é que o acordo assinado na última semana ajude Teerã a produzir mais armas nucleares. O temor é que Conselho de Segurança das Nações Unidas (Estados Unidos, Rússia, China, França e Reino Unido) e Alemanha só percebam que estão sendo enganados quando for tarde demais.
“O problema com um acordo nuclear é que um país como o Irã pode decidir chegar a uma etapa na qual falta pouco para desenvolver armas nucleares. E quando o mundo estiver dormindo, rapidamente, em poucos meses, podem se tornar uma potência nuclear”, explicou.
Para acabar com as sanções, o governo iraniano aceitou reduzir sua produção de urânio para 5%, um número que para Eldad não é justificado, pois o país vizinho não precisa de urânio para produzir energia.
“Por isso perguntamos por que o Irã precisa enriquecer urânio dentro do Irã. Por que necessitam dezenas de milhares de centrífugas para enriquecer? Não precisam de tudo isso para produzir energia.”
O medo dos israelenses tem motivo: constantemente o Irã ameaça exterminá-los do mapa. Construindo armas nucleares essa ameaça pode se tornar real. “Não é natural que um povo tenha de viver com um medo constante porque outro país quer lhe apagar do mapa”, disse o embaixador.

666? Cientistas já produzem chips capazes de comandar o cérebro

666? Cientistas já produzem chips capazes de comandar o cérebro


Usar a Internet, fazer um telefonema ou enviar uma mensagem de texto usando apenas o cérebro pode ser uma realidade nos próximos anos. Também poderemos ser capazes de “baixar”, em menos de um segundo, o conteúdo de um livro de 500 páginas em nossa memória. Ter nanorobôs extremamente avançados constantemente monitorando o corpo e evitando doenças pode ser algo viável na próxima década.
Essas são as tecnologias que algumas das mais poderosas empresas de alta tecnologia de todo o mundo preveem que serão realidade ​até o final da década de 2020. Já existem cerca de 100 mil pessoas ao redor do mundo usando chips experimentais em seus cérebros. A maioria das pessoas o fazem por razões médicas, explica um artigo do Wall Street Journal.
Contudo, essa tecnologia tem o potencial de monitorar as pessoas e, talvez, influenciar seus pensamentos. De acordo com o jornal Boston Globe, o governo dos EUA irá investir “mais de US$ 70 milhões nos próximos cinco anos para desenvolver implantes cerebrais”.
O projeto está sendo chamado de neurotecnologia e, oficialmente, seu objetivo seria monitorar a “saúde mental” de soldados e veteranos de guerra. Eles seriam comandados por sub-redes, usando a Estimulação Cerebral Profunda, um tratamento cirúrgico que envolve a implantação de um tipo de chip no crânio do paciente, capaz de interferir na atividade do cérebro, detectando sintomas de doenças como epilepsia e Parkinson.
O setor privado também investe pesado nessa questão. Segundo a revista Scientific American, cientistas estão cada vez mais animados com a possibilidade de usar implantes cerebrais capazes de “restaurar” o cérebro de pessoas com depressão profunda.
O NeuroPace RNS é o primeiro implante capaz de “ouvir” as ondas cerebrais e decidir de maneira autônoma quando aplicar o tratamento para prevenir uma crise epiléptica.
Em um estudo publicado recentemente na revista Nature Communications, cientistas relatam como usaram implantes cerebrais para ensinar ratos a “ver” a luz infravermelha, algo que é invisível ao olho dos mamíferos.
Algumas empresas de Internet dão como certo que a maioria das pessoas gostaria de ter implantes cerebrais para os conectar diretamente à Internet. Regina Dugan, diretora da divisão de projetos especiais da Motorola, empresa que pertence ao Google, demonstrou publicamente este ano que a empresa já produz um tipo de “tatuagem eletrônica”, capazes de criptografar senhas para se usar na internet, celulares e caixas eletrônicos.
Após a massificação do Google Glass, óculos que substitui a tela do computador, o próximo passo é entrar diretamente no cérebro. Esse é o desejo de Larry Page, atual CEO do Google. “Chegará o tempo em que teremos apenas um implante que tornará possível obter respostas apenas pensando sobre um fato ou uma pergunta”.
Pesquisadores do Laboratório de Tecnologias Emergentes da Samsung estão testando tablets que podem ser controlados pelo seu cérebro. O MIT Technology Review, revista de tecnologia do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, informou na edição deste mês que eles são acionados por um tipo de boné cravejado com eletrodos de monitoramento.
De acordo com um artigo na Computer World UK, a Intel, maior fabricante de chips do mundo, acredita que eles estarão produzindo até o ano 2020, implantes cerebrais capazes de se conectar à internet. Cientistas do laboratório de pesquisa da Intel nos EUA estão trabalhando para codificar as ondas cerebrais humanas para que elas sejam usadas ​​para operar computadores, televisores e telefones celulares. As ondas cerebrais seriam canalizadas por implantes cerebrais controlados por chips da Intel. Com informações de Prophecy News.

sexta-feira, 12 de julho de 2013

PLC 3/2013: Projeto que autoriza o aborto passa “despercebido” por parlamentares e é aprovado por unanimidade na Câmara


PLC 3/2013: Projeto que autoriza o aborto passa “despercebido” por parlamentares e é aprovado por unanimidade na Câmara
Na última quarta feira (04) foi aprovado no Senado o PLC (Projeto de Lei da Câmara) 3/2013, que permite a realização de abortos em hospitais públicos. De autoria da deputada Iara Bernardi (PT-SP), o projeto atende ao pedido de movimentos feministas e foi apresentado no início do ano. Câmara e Senado aprovaram de forma unânime o projeto.
Porém, apesar da votação unânime, deputados federais das frentes evangélica, católica e da família se uniram agora para pedir o veto do projeto pela presidente Dilma Rousseff, afirmando que o parágrafo do projeto que permite o aborto passou despercebido por não ser explicito quanto ao tema.
Tendo como tema central o “atendimento obrigatório e integral de pessoas em situação de violência sexual”, o projeto prevê em seu artigo 3º a obrigatoriedade da “profilaxia da gravidez” – o que, no jargão médico, significa tratamento para evitar algo ou uma doença, e nesse caso permitiria a prática do aborto.
A lei classifica ainda a violência sexual como “qualquer forma de atividade sexual não consentida” o que, segundo os opositores do projeto faz com que a violência sexual não necessite ser configurada por uma agressão comprovável em um exame de corpo de delito, ou seja, “bastaria a afirmação da vítima de que ela não consentiu na relação sexual para que ela seja considerada, para efeitos legais, vítima de violência e, se ela estiver grávida, possa exigir um aborto”, como explicou o ativista pró-vida Alberto Monteiro.
A decisão pelo pedido de veto foi tomada durante audiência na Comissão de Direitos Humanos, presidida pelo deputado e pastor Marco Feliciano (PSC-SP) na tarde desta quarta-feira (10), que discutiu a violação de direitos humanos do nascituro.
De acordo com Feliciano, a supressão da palavra ‘aborto’ no projeto acabou confundindo os parlamentares, inclusive os deputados de bancadas religiosas, pelos quais o projeto passou sem nenhum questionamento.
- Nessa Casa, usa-se muito a palavra-chave. E esse projeto não traz o nome aborto. Aí que nos pegaram. Eles foram muito sagazes – justificou o deputado.
O deputado Paulo Freire (PR-SP), presidente da Frente Parlamentar Evangélica, afirma que a intenção dos parlamentares é pressionar a presidente Dilma a vetar o projeto, que recebeu aprovação forma unânime na Câmara e no Senado.
A audiência contou também com a participação do padre e mestre em direito Paulo Ricardo de Azevedo Júnior, que pediu habilidade dos políticos para conseguir da presidente o veto ao projeto.
- Acredito que o veto parcial não pode existir, pois não há como excluir dois artigos. A lei não se sustentaria. Espero que os senhores usem a arte política e negociem com a presidente, pedindo que ela vete, mas oferecendo a ela que o Congresso se comprometeria a votar uma outra lei – argumentou o sacerdote católico.

Ministério Centro de Alegria distribui Bíblias na Republica do Chile

Ministério Centro de Alegria distribui Bíblias na Republica do Chile
O Ministério Centro de Alegria desenvolve um lindo Projeto de Bíblias na Republica do Chile, onde trabalham os Missionários Teófilo Karkle e Ivone Karkle, os mesmos recebem Doações de Bíblias das Igrejas brasileiras, Pastores e amigos em geral para serem repartidas entre as igrejas chilenas. 
Trata-se de uma linda Bíblia Missionária em Espanhol de capa branca com celeste como pode observar nas fotos. As Bíblias doadas são da Versão Reina Valera (RV-1960) a Bíblia mais lida no Chile. 
Como consiste esta Campanha? A Campanha é desenvolvida pela Internet, onde o Ministério Centro de Alegria divulga uma Vinheta de Áudio, podes ouvir aqui: http://goo.gl/PK6ZK (1:40 min.) A campanha divulga mensagens de textos como estas em Sites Parceiros.  Outro recurso utilizado é o Vídeo, abaixo mostramos um Carrinho de Feira carregado de Bíblias para ser distribuído nas pequenas igrejas da Região Metropolitana de Santiago. https://www.youtube.com/watch?v=6ahMJbPm3GM  
Segundo nos conta o Pr. Teófilo Karkle, "as igrejas do Chile descuidaram o Avivamento ocorrido em 1909, não conservaram a chama do Espírito Santo, não enviaram Missionários e por estas razões encontramos aqui no Chile a nível nacional uma igreja apagada e carente da Palavra de Deus". 
Informa também o Pr. Karkle que devidos a Terremotos e Maremotos, o povo se dedica a reconstruir suas casas, não tendo dinheiro suficiente para adquirir uma Bíblia pessoal.

As Bíblias para este Projeto são adquiridas na Sociedade Bíblica chilena por um valor missionário de apenas oito Reais cada uma, isso quando o Centro de Alegria compra por caixas fechadas de 24 exemplares.

O Centro de Alegria com a entrega das Bíblias têm gerado dezenas de testemunhos e muitas alegrias na vida dos irmãos chilenos. "Tem sido muito gratificante Dar de graça o que de graça recebemos". Comenta Pr. Teófilo. 
Você que ama a Obra Missionária pode Ajudar o Centro de Alegria, fazendo também alguma Doação em Reais para a aquisição destas Bíblias. As Doações começam desde três Bíblias até a quantidade que Deus tocar no seu coração. Pessoas que tiverem condições de Doar uma caixa completa receberão em gratidão um lindo postal chileno da Cordilheira dos Andes coberta de neve.
Todas as Doações deverão ser feitas em Depósitos ou Transferências bancarias, logo depois confirmadas no endereço eletrônico. centrodealegria@hotmail.com 
Anote o numero da Conta do Ministério, Deus vai precisar dela para que você Ajude este grande Projeto de Bíblias para o Chile. Conta Corrente 18.491-8 Agencia 3078-3 em nome de Pr. Teófilo Venicio Karkle 
"Eis que vêm dias, diz o Senhor Deus, em que enviarei fome sobre a terra; não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do Senhor". (Amós 8.11)

Pastor passa uma semana como morador de rua e usa experiências para ilustrar sermão sobre amor ao próximo


Pastor passa uma semana como morador de rua e usa experiências para ilustrar sermão sobre amor ao próximo
Um pastor recém-empossado em sua nova congregação se propôs o desafio de chacoalhar os membros da igreja com um sermão que os fizesse mudar de postura em relação aos menos favorecidos, e decidiu viver uma semana como sem-teto.
O reverendo Willie Lyle, pastor da Igreja Metodista Unida de Sango, na cidade de Clarksville, estado do Tennessee, EUA, decidiu por em prática um sonho que teve logo após ser notificado de que seria o novo pastor da igreja.
No sonho, Deus havia dito que Lyle deveria tornar-se morador de rua por um período, e que nesse tempo, Ele cuidaria de sua proteção, mas o pastor deveria experimentar a vida sem ter nada, com fome e sem lugar para dormir. Porém, Lyle afirmou que além de não querer virar mendigo, essa não era uma decisão fácil de tomar.
Lyle disse que o pedido de Deus em seu sonho era como se Ele estivesse dizendo que queria vê-lo por suas mensagens em prática: “Eu o ouvi pregar a palavra de Deus e compartilhar a mensagem de Cristo. Agora, eu quero que você realmente viva isso. E eu quero saber como você se sentiria não tendo nada e sendo tratado com desrespeito e desprezo por quase todos. E não é só isso. Eu quero que você fale com sua nova congregação sobre a sua experiência e os desafie a fazer a diferença no mundo, começando aqui em Clarksville”, relatou o pastor, em entrevista ao site Wbir.
Lyle afirmou que no sonho, não houve diálogo. Deus falava, e ele escutava. “Eu não encontrei qualquer conforto no que eu estava ouvindo. Eu definitivamente não estava confortável com a ideia de viver nas ruas, mesmo que por apenas cinco dias”, disse.
Sua esposa o deixou numa rua do centro de Clarksville numa segunda-feira pela manhã, e ele passou toda a semana vivendo com os sem-teto, aprendendo com suas experiências de vida e sofrendo as mesmas dificuldades que eles.
“De modo geral, as pessoas não são gentis com os sem-teto. Eu sei que há pessoas que vivem na rua e optam por fazê-lo. Mas estou falando de sem-teto e os pobres que se encontram em circunstâncias fora de seu controle e que não têm nada. Infelizmente, por vezes, eles nem sequer têm esperança. Eles definitivamente querem comida e abrigo, mas eles também procuram a comida e abrigo encontrada na mensagem de Cristo. Eu não tenho certeza se as igrejas estão lidando com essas necessidades. Na verdade, eu acredito que as igrejas podem aprender muito com os sem-teto e famintos se elas estiverem dispostas a abrir seus olhos para a verdade”, afirmou.
Durante esse período em que esteve nas ruas, Willie Lyle pôde experimentar o serviço público de atendimento aos moradores de rua. Durante a distribuição de alimento, dois jovens se dirigiram a ele de maneira impressionante, contou: “Estes dois meninos do Ensino Médio me chamaram de ‘senhor’, se apresentaram a mim, apertaram minha mão e me questionaram sobre como eu estava lidando [com a situação de viver na rua]. Eles me trataram com respeito e dignidade. Estes são os nossos futuros líderes cívicos e líderes da igreja. Cada um tinha uma atitude de servo, e não uma atitude de julgamento”.
A experiência de passar uma semana na rua o proporcionou uma melhor compreensão dos fatos: “Moradores de rua andam, e agora eu sei o porquê. Eles ficam feridos fisicamente por dormirem em concreto, no chão ou em pisos de madeira. Eles não possuem cobertores e meias quentes. As pessoas deveriam tentar dormir em um piso de madeira em algum momento. É doloroso “, explicou.
Durante os dias em que esteve na rua, Lyle anotou suas sensações numa espécie de diário. Posteriormente, essas anotações foram usadas em seu sermão para os membros da congregação, compartilhando suas experiências e sentimentos. “O nosso objetivo deve ser o de melhorar e mudar a vida das pessoas como nós, vivendo como Jesus. Você vê, nós olhamos para o lado de fora dos outros e fazemos julgamentos. Deus olha para dentro de nosso coração e vê a verdade”.

“El Alebrije”: Boate mais famosa de Acapulco, no México, é fechada depois da conversão de seus donos

“El Alebrije”: Boate mais famosa de Acapulco, no México, é fechada depois da conversão de seus donos
A discoteca mais famosa de todos os tempos na cidade de Acapulco no México foi fechada recentemente depois que seus donos “conheceram Jesus Cristo e o Espírito Santo”, e se converteram ao evangelho, como anunciaram.
A El Alebrije, “A Talha”, foi durante 15 anos a casa noturna mais famosa da cidade turística, sendo frequentada por pessoas de várias regiões do mundo. De acordo com o Acontecer Cristiano, a fama da boate a tornou rota obrigatória para turistas nacionais e internacionais, que buscavam uma atmosfera prazerosa, música, e bebidas da mais alta qualidade.
Apesar de ser considerada um negocio próspero para seus sócios, a boate foi fechada depois da conversão de seus sócios. O motivo do fechamento da casa noturna foi informado em sua página oficial no Facebook.
testemunho-donos-de-disco-se-converte-e-fecha-face
- Os sócios (da Talha) conheceram Jesus Cristo e o Espírito Santo e decidiram seguir a Deus. Nossas crenças espirituais mudaram o nosso pensamento, vamos continuar investindo em Acapulco (…) Esclarecemos (o fechamento) não é por motivo de falência nos negócios – afirmou a publicação.
No comunicado, os sócios da boate anunciaram também novos projetos comerciais e sociais na cidade, entre eles “A Casa dos Avós”, um restaurante familiar que será aberto em breve em Acapulco.

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Arquidiocese divulga relatório sobre casos de pedofilia praticado por padres; Cardeal é acusado de esconder dinheiro de indenizações


Arquidiocese divulga relatório sobre casos de pedofilia praticado por padres; Cardeal é acusado de esconder dinheiro de indenizações
Em meio a um processo de falência devido a inúmeros processos, a Arquidiocese de Milwaukee, no Estado de Wisconsin, nos Estados Unidos, divulgou um relatório sobre os casos de pedofilia praticados por 42 padres que lideravam paróquias sob sua liderança.
Na época em que os escândalos vieram à tona, a Arquidiocese era dirigida pelo cardeal Timothy Dolan, atual arcebispo de Nova York, e um dos cotados para substituir o papa Bento XVI no último conclave.
Atualmente dirigida pelo arcebispo Jerome Listecki, a Arquidiocese revelou informações sobre os casos dos sacerdotes que abusaram de crianças e adolescentes. A juíza federal de falências Susan V. Kelley, que acompanha a investigação, afirmou que “há algumas coisas terríveis descritas em muitos dos documentos”.
Kelley disse que os relatos dos dez adolescentes que foram abusados pelo padre Franklin Becker durante os anos 1960 são chocantes. “Toda vez que eu tenho que ler esses arquivos, eu fico completamente arrasada”, declarou a juíza.
Jeffrey Anderson, advogado da maioria das 575 vítimas que pedem reparações por danos, afirmou que a iniciativa de tornar públicos os documentos sobre os abusos representa um passo vitorioso, pois a única maneira de proteger as crianças de hoje “é ter uma revelação completa do que aconteceu no passado”.
Charles Linneman, que foi uma das vítimas do padre Becker quando tinha 14 anos, disse que a divulgação dos relatos não traz vergonha ou qualquer outro tipo de dor: “Liberar esses documentos não vai nos machucar. O dano já foi feito. Nós não podemos sofrer mais do que nós já sofremos”.
Nos documentos, segundo informações do Yahoo!, há detalhes das ações de bastidores da Arquidiocese de Milwaukee, que transferia os padres sem aviso prévio, como forma de encobrir os casos de pedofilia.
Foi revelado ainda que na época em que era arcebispo de Milwukee, o cardeal Timothy Dolan pediu e recebeu autorização do Vaticano para transferir US$ 57 milhões da Arquidiocese para um fundo de cemitérios, com a intenção de garantir “melhor proteção” do dinheiro.
Na carta escrita em 2007, a ideia de Dolan era que a transferência “garantiria uma melhor proteção dos bens de toda reclamação e responsabilidade legal”, e assim, os valores não seriam comprometidos com o pagamento de indenizações das ações judiciais movidas pelas vítimas de abusos.

Benedita da Silva é a única deputada evangélica entre parlamentares eleitos como os melhores do ano

Benedita da Silva é a única deputada evangélica entre parlamentares eleitos como os melhores do ano
O Prêmio Congresso em Foco, uma iniciativa que visa homenagear os melhores parlamentares do Brasil, teve apenas um integrante da bancada evangélica entre os finalistas.
A deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ) foi indicada pelos jornalistas ouvidos pela organização do prêmio como uma das melhores parlamentares da Câmara dos Deputados.
A lista contém 24 nomes, e é encabeçada por Chico Alencar (PSOL-RJ), que obteve 75 votos, seguido do ativista gay e ex participante do Big Brother Brasil, deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), com 59 votos. Benedita da Silva, que é ex-governadora do Rio de Janeiro, ficou na 17ª posição, com 6 votos.
De acordo com informações do site Congresso em Foco, um 25º parlamentar será escolhido através do voto popular pela internet, entre os dias 9 de julho e 9 de setembro. “Os três mais votados receberão troféus. Quem ficar entre o quarto e o décimo lugar receberá placas. Para os demais, serão entregues certificados, em evento no Unique Palace, em Brasília, no dia 26 de setembro”, informa a organização do Prêmio Congresso em Foco 2013.
Confira a lista completa dos deputados eleitos pelos jornalistas que trabalham no Congresso Nacional como os melhores do ano:
Chico Alencar (Psol-RJ), 75 votos
Jean Wyllys (Psol-RJ), 59 votos
Reguffe (PDT-DF), 48 votos
Alessandro Molon (PT-RJ), 45 votos
Ivan Valente (Psol-SP), 36 votos
Luiza Erundina (PSB-SP), 35 votos
Miro Teixeira (PDT-RJ), 27 votos
Domingos Dutra (PT-MA), 23 votos
Manuela D’Ávila (PCdoB-RS), 19 votos
Beto Albuquerque (PSB-RS), 14 votos
Carlos Sampaio (PSDB-SP), 13 votos
Henrique Fontana (PT-RS), 13 votos
Jandira Feghali (PCdoB-RJ), 12 votos
Mara Gabrilli (PSDB-SP), 11 votos
Ronaldo Caiado (DEM-GO), 11 votos
Nilmário Miranda (PT-MG), 7 votos
Benedita da Silva (PT-RJ), 6 votos
Fernando Ferro (PT-PE), 6 votos
Jerônimo Goergen (PP-RS),  6 votos
Arlindo Chinaglia (PT-SP), 5 votos
Glauber Braga (PSB-RJ), 5 votos
Paulo Rubem Santiago (PDT-PE), 5 votos
Paulo Teixeira (PT-SP), 5 votos
Tiririca (PP-SP), 5 votos

Pastor Silas Malafaia diz que Bíblia não proíbe casais de praticarem sexo anal ou oral, desde que haja acordo: “Ninguém pode interferir na relação conjugal”; Leia na íntegra


Pastor Silas Malafaia diz que Bíblia não proíbe casais de praticarem sexo anal ou oral, desde que haja acordo: “Ninguém pode interferir na relação conjugal”; Leia na íntegra
Muitos casais enfrentam dificuldades em sua vida conjugal pelas incertezas a respeito do sexo e detalhes da prática que não são abordados de forma prática por muitas lideranças evangélicas.
Questões ligadas ao sexo anal ou oral estão entre as que mais geram dúvidas para casais evangélicos. Sobre esse tema, o pastor Silas Malafaia publicou um artigo, dizendo que a Bíblia não normatiza a prática, e isso é uma opção do casal.
“Na Bíblia não há nada que fale contra sexo oral. Aliás, esse tema sequer é abordado. Portanto, fica a critério do casal praticá-lo ou não [...]Quanto ao sexo anal, embora não haja nenhuma referência explícita, condenando-o, há aqueles que condenam essa prática com base em 1 Coríntios 6.10,13. Eles defendem que o sexo anal é condenável à luz da Bíblia porque há nesse texto de Paulo uma condenação à sodomia não apenas praticada por homossexuais, mas também por heterossexuais [...] A meu ver, essa prática deve ser discutida pelo casal à luz dessas possibilidades e de um dos princípios básicos da intimidade conjugal: o consentimento mútuo”, orientou o pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC).
Malafaia frisa que as decisões do casal devem ser feitas baseadas apenas em suas preferências e no respeito ao cônjuge: “Se foi Deus quem instituiu o casamento e se Ele, que poderia, não interfere na intimidade do casal, pessoa alguma tem autoridade para ditar o que é permitido ou não na relação conjugal. Logo, o que fazemos na intimidade com nosso cônjuge não deve ser determinado por pastor, padre, nossos pais nem amigos. Ninguém pode interferir na relação conjugal, a não ser o próprio casal, em comum acordo”.
O pastor frisa, porém, que isso não significa que a Bíblia não condene certas práticas na área sexual: “Eu gostaria de chamar a atenção de que, na Bíblia, há algumas indicações claras do que está fora do padrão estabelecido por Deus para a sexualidade do casal. Entre essas práticas sexuais condenáveis estão: a prostituição, o adultério, o homossexualismo, a fornicação (relação sexual entre solteiros) e o sexo bestial (sexo com animais)”, ressalta.
Confira a íntegra do artigo do pastor Silas Malafaia:
Na Bíblia não há nada que fale contra sexo oral. Aliás, esse tema sequer é abordado. Portanto, fica a critério do casal praticá-lo ou não.
Quanto ao sexo anal, embora não haja nenhuma referência explícita, condenando-o, há aqueles que condenam essa prática com base em 1 Coríntios 6.10,13. Eles defendem que o sexo anal é condenável à luz da Bíblia porque há nesse texto de Paulo uma condenação à sodomia não apenas praticada por homossexuais, mas também por heterossexuais.
Outro argumento usado pelas pessoas que condenam o sexo anal é o fato de ele trazer danos fisiológicos à mulher, provocando calosidades e hemorragias nas paredes internas do ânus e aumentando o risco de contaminação das doenças sexualmente transmissíveis.
Sendo assim, a meu ver, essa prática deve ser discutida pelo casal à luz dessas possibilidades e de um dos princípios básicos da intimidade conjugal: o consentimento mútuo.
De um modo geral, defendo que, se foi Deus quem instituiu o casamento e se Ele, que poderia, não interfere na intimidade do casal, pessoa alguma tem autoridade para ditar o que é permitido ou não na relação conjugal. Logo, o que fazemos na intimidade com nosso cônjuge não deve ser determinado por pastor, padre, nossos pais nem amigos. Ninguém pode interferir na relação conjugal, a não ser o próprio casal, em comum acordo.
Contudo, eu gostaria de chamar a atenção de que, na Bíblia, há algumas indicações claras do que está fora do padrão estabelecido por Deus para a sexualidade do casal. Entre essas práticas sexuais condenáveis estão: a prostituição, o adultério, o homossexualismo, a fornicação (relação sexual entre solteiros) e o sexo bestial (sexo com animais).
Não comungue com essas práticas pecaminosas de maneira alguma. Não assista a programas de TV e filmes que as estimulem ainda que pareçam apenas parodiá-las.
Se você quer ser abençoado por Deus, então, afaste-se de qualquer forma de promiscuidade; de coisas abomináveis que desagradam ao Senhor. Escolha viver conforme os princípios que Deus estabeleceu para a vida e os relacionamentos do ser humano, e será uma pessoa saudável, bem-sucedida e feliz.
Sugestões de leitura: Êxodo 20.14; 22.19; Levítico 18.22,23; 20.10; Deuteronômio 22.22; Mateus 5.27,28; 1 Coríntios 6.10,13; 1 Tessalonicenses 4.3-5; Apocalipse 21.8; Livro Sexualidade sem censura, de Claudio Duarte, publicado pela Editora Central Gospel.

Bíblia em que Albert Einstein escreveu dedicatória é vendida por R$ 150 mil; Físico disse que o livro é “fonte de sabedoria”


Bíblia em que Albert Einstein escreveu dedicatória é vendida por R$ 150 mil; Físico disse que o livro é “fonte de sabedoria”
A casa de leilões Bonham’s, em Nova York, Estados Unidos, vendeu recentemente um exemplar da Bíblia Sagrada com uma dedicatória escrita por Albert Einstein, pelo valor de R$ 150 mil.
O comprador do exemplar preferiu não revelar seu nome, mas a casa de leilões divulgou a imagem com a dedicatória escrita por Einstein.
“[A Bíblia] é uma grande fonte de sabedoria e consolo que deve ser lida frequentemente”, escreveu o físico alemão, de acordo com informações do jornal New York Times.
O exemplar da Bíblia havia sido comprado por Einstein e sua esposa para presentear uma amiga do casal, Harriett Hamilton, em fevereiro de 1932.
Tido como gênio, Albert Einstein era de família judaica não praticante, e se radicou nos Estados Unidos pouco antes de Adolf Hitler subir ao poder na Alemanha. Ele formulou a teoria da relatividade e venceu o prêmio Nobel de física. Faleceu aos 76 anos de idade, em abril de 1955 devido a uma hemorragia interna causada pela ruptura de um aneurisma da aorta abdominal.
Veja a dedicatória:
biblia-einstein

Visita do papa Francisco na Jornada Mundial da Juventude é tentativa de unir católicos contra o crescimento evangélico, dizem especialistas

Visita do papa Francisco na Jornada Mundial da Juventude é tentativa de unir católicos contra o crescimento evangélico, dizem especialistas
A realização da Jornada Mundial da Juventude este mês no Rio de Janeiro é vista como uma reação da Igreja Católica aos problemas enfrentados pela denominação como a perda de fiéis para grupos evangélicos e uma necessidade de se fazer relevante em questões sociais, como o combate à pobreza ou o casamento gay, tema complexo e altamente discutido na sociedade.
Segundo o padre Pedro Gilberto Gomes, professor da Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Rio Grande do Sul, a Igreja Católica deve se movimentar no sentido de tornar-se novamente uma denominação que motive os fiéis a se compromissarem com os ensinamentos, e não apenas viver de declarações a respeito das questões sociais.
“Quando você é apenas declarativo, você pode mudar de religião de acordo com o momento em que está vivendo, em busca de respostas mais rápidas e concretas”, afirma o padre Gomes.
Esse é o ponto, segundo o professor Francisco Borba, coordenador do Núcleo Fé e Cultura da PUC-SP, que levou as igrejas evangélicas neopentecostais a atrair os fiéis católicos.
Para Borba, a criação de uma “ponte entre o místico e o material”, fazendo o Evangelho ter um viés mais direto e concreto, tornou-se a diferença principal desta vertente em comparação com o catolicismo.“Para a Igreja Católica, o que muda a sociedade é o comportamento dos cristãos, a mudança não vem de Deus”, enfatiza.
O crescimento dos evangélicos, e a redução dos católicos, é um dos motivadores para que a Igreja Católica se posicione para tentar reunir novamente seus fiéis. O Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística revelou que 64,6% dos brasileiros se identificava como católico, contra 73,6% em 2000. Já os evangélicos passaram de 15,4% em 2000 para 22,2% em 2010. Ainda assim, o Brasil é o país com maior número de católicos no mundo.
“Existe um novo modo de relacionamento [com os fiéis] que o papa Francisco está tocando e com isso ele poderá realmente trazer um pouco mais de ânimo para os católicos no Brasil, que ultimamente estavam com a autoestima baixa, em muito por causa dos grandes escândalos”, disse o padre Gomes, segundo informações do site Último Segundo, do IG.

Presidente Dilma Rousseff recebe grupo evangélico e movimentos juvenis para diálogo sobre protestos sociais

Presidente Dilma Rousseff recebe grupo evangélico e movimentos juvenis para diálogo sobre protestos sociais
A presidente Dilma Rousseff recebeu no último dia 28 de junho, no Palácio do Planalto, integrantes da Rede FALE, um grupo formado por evangélicos que desenvolve trabalhos e campanhas contra injustiças sociais e expressão de pensamentos políticos, além de outros movimentos juvenis para uma reunião que tinha como tema, os protestos populares realizados em todo o Brasil.
Na ocasião, a secretária executiva da Rede FALE Morgana Boostel, entregou uma carta à presidente Dilma Rousseff subscrita por mais de 100 líderes evangélicos que são contrários à criminalização do usuário de drogas e à internação compulsória, entre outros pontos.
De acordo com o site do movimento, Morgana Boostel afirmou que a atitude da presidente de receber os movimentos sociais para dialogar representa um passo importante: “Percebemos avanços no processo de diálogo, mas o calor das ruas precisa continuar e apontar novos caminhos. Precisamos continuar exercendo nossa voz profética diante das autoridades, para que alcancemos avanços na garantia e implementação de direitos, em especial pelos que mais sofrem”, declarou.
Na ocasião, esteve presente também o Conselho Nacional de Juventude (CONJUVE), representado pelo seu presidente, Alessandro Melchior, que frisou serem necessários maiores investimentos governamentais voltados aos jovens brasileiros, além da criação de um canal de diálogo permanente entre a presidente e os movimentos juvenis.
Os movimentos juvenis presentes à reunião também cobraram de Dilma que o transporte público no país seja visto como um direito do cidadão, e não um serviço.

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Silvio Santos diz que não aluga horários no SBT para igrejas evangélicas por questão religiosa: “Judeu não deve alugar a televisão para os outros”

Silvio Santos diz que não aluga horários no SBT para igrejas evangélicas por questão religiosa: “Judeu não deve alugar a televisão para os outros”
Senor Abravanel, nome de batismo do apresentador Silvio Santos, não é a única coisa que o grande público não conhece a respeito do empresário. Silvio é descendente de judeus, e segue a religião de seus ancestrais, mesmo sendo casado com uma evangélica, a autora de novelas Irís Abravanel.
Numa de suas raras entrevistas, Silvio Santos falou que não aluga horários no SBT para igrejas evangélicas por uma questão de princípios religiosos.
“Judeu não deve alugar a televisão para os outros. Você não sabe que os judeus perderam tudo quando deixaram outras religiões entrarem em Israel? A história é essa: no dia em que os judeus começaram a deixar que outros deuses fossem homenageados em Israel, os babilônios foram lá e tiraram o templo e jogaram os judeus para fora. O judeu não pode deixar que na casa dele tenha outra religião. É por isso que não deixo nenhuma religião entrar no SBT”, afirmou à Folha de S. Paulo.
Silvio Santos comentou ainda sobre a disputa pelo segundo lugar de audiência com a TV Record, que atualmente atravessa crise financeira: “Estamos lutando. O lugar [no ranking] é importante, mas a administração [correta da empresa] é melhor. A Record está perdendo um dinheirão. Por quê? Porque está administrando mal. Está jogando dinheiro fora [risos]“, disse o apresentador.
Segundo Silvio Santos, existem propostas para fazer um filme sobre sua história de vida, mas ele não aceita: “Por que eu não dou entrevista, não concordo com livro sobre mim, com filme? Se nenhum advogado, nenhum médico ou professor é cercado de todas essas regalias, eu também não devo ser”.

Comissão de Constituição e Justiça aprova PEC 99/11, que dá poder às igrejas evangélicas de questionarem leis no STF

Comissão de Constituição e Justiça aprova PEC 99/11, que dá poder às igrejas evangélicas de questionarem leis no STF
O Projeto de Emenda à Constituição (PEC) 99/2011 que prevê a inclusão de entidades religiosas de âmbito nacional na lista de instituições que podem propor ação direta de inconstitucionalidade ou ação declaratória de constitucionalidade ao Supremo Tribunal Federal (STF) foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados.
Em votação realizada nesta quarta-feira, 27 de junho, os parlamentares que entidades como o Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil, a Convenção Batista Nacional e a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), podem impetrar ações diretamente no STF a respeito de temas que estejam sendo discutidos na sociedade.
A PEC 99/2011 é de autoria do deputado João Campos (PSDB-GO), que é delegado e, portanto, tem formação acadêmica em Direito. Campos também é o autor do projeto 234/2011, apelidado de “cura gay”, e que deverá ser votado na próxima semana no plenário da Câmara.
Agora que foi aprovada na CCJ, a PEC 99/2011 deverá ser analisada por uma comissão especial antes de ser votada no plenário, em dois turnos.
A prerrogativa para essas ações, atualmente, é restrita ao presidente da República; à mesa do Senado Federal e da Câmara dos Deputados; as mesas das Assembleias Legislativas ou da Câmara Legislativa do Distrito Federal; governadores de Estado ou do Distrito Federal; o procurador-geral da República; o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB); partidos políticos com representação no Congresso Nacional; e confederações sindicais ou entidades de classe de âmbito nacional, segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo.
O deputado João Campos afirmou que considera a PEC uma “ampliação da cidadania e do acesso à Justiça”, pois aumenta a representatividade legal de entidades que abrigam milhões de brasileiros.
“Alguns temas dizem respeito diretamente às entidades religiosas. A questão da imunidade tributária, por exemplo, assim como a liberdade religiosa e o ensino religioso facultativo, entre outros. Se tivermos em algum momento alguma lei que fere um desses princípios não teríamos como questionar isso no Supremo. Com a proposta, estamos corrigindo uma grave omissão em que o constituinte incorreu ao deixar essa lacuna”, argumentou o parlamentar, que é evangélico.

RBS TV, afiliada da Globo, usa diabo “bonzinho” em comercial para crianças e gera polêmica com cristãos


RBS TV, afiliada da Globo, usa diabo “bonzinho” em comercial para crianças e gera polêmica com cristãos
Uma campanha pela melhoria da educação com uma mensagem inusitada, voltada para crianças, está causando polêmica entre cristãos. Intitulada “A Educação Precisa de Respostas”, a campanha é levada ao ar pela RBS TV, que é afiliada à Rede Globo.
O vídeo da campanha foi apresentado no último dia 11 de junho, e traz um musical em que os personagens Diabo, Bicho-Papão, Mula Sem Cabeça, Bruxa Malvada, e o Boi da Cara Preta dizem ser atenciosos com a educação de seus filhotes e pedem maior atenção com as escolas, de acordo com o site da emissora.
A iniciativa havia sido lançada em 2003, e agora, a RBS resolveu reeditar a campanha: “Acreditamos que, ao trazer de volta personagens tão queridos, vamos engajar um público mais amplo, especialmente as crianças e os adolescentes, sem perder a consistência de conteúdo que requer esse assunto tão relevante para o desenvolvimento do nosso país”, declarou Nelson Sirotsky, presidente do Conselho de Adminitração do Grupo RBS.
Eduardo Sirotsky Melzer, presidente executivo do Grupo RBS, a campanha se justifica pela obrigação da emissora em se empenhar no tema: “A educação abre as portas para um mundo de inovação e conhecimento e é o que faz diferença e dá condições de realização na vida das pessoas. Com os monstrinhos, queremos conquistar a adesão da comunidade para essa bandeira”.

Repercussão
Nas redes sociais, as reações à campanha foram diversas, com pessoas manifestando desde apreço até repúdio pela iniciativa de vincular a imagem de personagens folclóricos e do diabo à educação.
Uma avó publicou na página da campanha no Facebook um depoimento dizendo que seus netos “adoravam” os personagens: “Emylly de 5 anos adora o diabinho e a bruxinha, e o Bernardo gosta do boi da cara preta e bicho-papão. Afinal eles gostam de todos. Gostaria de saber como conseguir os adesivos dos monstrinhos para eles pois, sou uma avó que ama seus netos”, escreveu Greice Lopes.
A reação, no entanto, não foi semelhante por parte de uma menina, que repudiou a campanha: “Meu nome é Valentina, eu tenho 8 anos. Eu posso ser pequena mas acho uma palhaçada essa coisa de diabo. Querem que nos dormimos com monstros. Diabo existe, porque se existe o bem existe o mau”, protestou.
No Twitter, o internauta Samuel Rodrigo ironizou a emissora pela campanha: “Uma vez as crianças aprendiam que Deus era o papai do céu, o bonzinho e o Diabo era o malvado. Agora a RBS igualou tudo”.
O casal Omar e Sandra seguiu a mesma linha: “Campanha ‘educacional’ da RBS invoca diabo bonzinho, bruxa boazinha e outros monstros!! Bem como o diabo gosta!”.

Michael W. Smith afirma que em conversa com Billy Graham, o evangelista disse que “não pode mais esperar para ir ao céu”

Michael W. Smith afirma que em conversa com Billy Graham, o evangelista disse que “não pode mais esperar para ir ao céu”
Michael W. Smith abraça Billy Graham observado por Toby Mac, durante evento em 1994
Durante uma apresentação na última terça-feira na cruzada Minha Esperança em St. Louis, Missouri, o cantor Michael W. Smith afirmou que numa de suas conversas com Billy Graham, o evangelista de 94 anos afirmou que “não pode mais esperar para ir para o céu”.
Smith e Graham tornaram-se amigos após uma apresentação do cantor num evento chamado Noite da Juventude, no Estado de Ohio, em 1994. Naquela noite, além de Michael W. Smith, o cantor Toby Mac, então vocalista da banda DC Talk, também se apresentou no evento.
“Eu tento a cada três, quatro ou cinco meses, fazer uma visita a Billy, e ele sempre diz que deseja que eu faça amizade com pessoas mais jovens, porque todos os seus amigos têm ido para o céu”, contou Michael W. Smith, durante o show. “E por isso é uma honra ser seu amigo. E cada vez que eu vou, nós conversamos sobre a família e as crianças, mas ele também fala sobre o céu. ‘Eu simplesmente não posso esperar, eu estou indo’ diz ele. Eu sempre o digo para esperar, para não ir tão rápido, mas, literalmente, cada vez que ele fala sobre o céu, ele diz ‘honestamente não posso esperar para ir’”, relatou.
De acordo com o Christian Post, Michael também revelou que está produzindo um álbum baseado no tema do livro The Reason For My Hope (que pode ser traduzido como “A Razão da Minha Esperança”), escrito por Billy Graham.
“Quando estávamos a montar esse projeto, obviamente, em torno do Minha Esperança e em torno de determinados temas sobre os capítulos do livro… Eu senti o desejo de escrever uma canção que fosse apropriada, que fosse centrada em torno de minhas conversas com ele, pelo seu desejo desesperado de estar fora daqui”, disse Smith, antes de cantar a música “Take me Home”.

Não me deixe morrer!



O presidente venezuelano, Hugo Chavez, sussurrou suas últimas palavras em seu leito de morte, pois não tinha mais forças para falar alto. Ele suplicou: “Eu não quero morrer! Por favor, não me deixem morrer!” Todos nós temos um encontro marcado com a morte! A Escritura nos diz: “aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo”. Não se preparar para esse encontro com a morte é tratar o aviso de Deus com absurda negligência e é ser tão insensato como o tolo que diz: “NÃO!”
Jesus faz o convite a cada pecador: “Venha”. Venha a Ele pela fé, admitindo que é um pecador e merecedor da ira de Deus. Venha – crendo que Ele é quem Deus diz que é: Deus. Ele é o Salvador que veio para morrer na cruz. Ele recebeu a vergonha e o castigo do seu pecado, o julgamento que você merece. Ele morreu em seu lugar. Deus disse que Ele ressuscitou e que está assentado ao lado de Deus. Jesus espera por sua reação. Qual será sua resposta? Você crerá nEle? Você virá a Ele?
As últimas palavras do evangelista D.L. Moody foram bem diferentes das do presidente Hugo Chavez. Moody disse: “A terra recua, o céu se abre perante mim. Deus está me chamando, e eu preciso ir! … Este é o meu triunfo; este é o dia da minha coroação! É glorioso!”
“Prepara-te para te encontrares com o teu Deus” são as palavras de Amós, o profeta enviado do Céu. Se você quiser conversar confidencialmente sobre isso, pode entrar em nosso chat: www.bbnchat.org e um de nossos atendentes conversará com você.

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Papa Francisco reconheceu a existência de corrupção e lobby gay no Vaticano, diz agência

Papa Francisco reconheceu a existência de corrupção e lobby gay no Vaticano, diz agência
Papa Francisco em reunião com diretoria da CLAR
A existência de um lobby gay e focos de corrupção no Vaticano foi apontado há meses como o motivo que levou Bento XVI a renunciar ao pontificado. Agora, meses depois de eleito, o papa Francisco teria reconhecido que a Igreja Católica realmente enfrenta uma crise com essas questões.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Numa reunião com a diretoria da Confederação Latino-Americana e Caribenha de Religiosas e Religiosos (CLAR), Francisco teria admitido a necessidade de reformar a estrutura do Vaticano: “Na Cúria há gente santa, de verdade, há gente santa. Mas também há uma corrente de corrupção, também há, é verdade. Hoje se fala de ‘lobby gay’ e é verdade, ele existe… é preciso ver o que podemos fazer”, teria dito o papa, de acordo com informações da AFP.
Ainda segundo o papa, ele não seria a pessoa ideal para conduzir essa reforma: “Sou uma pessoa desorganizada, nunca fui bom nisso. Mas os cardeais da comissão vão levá-la adiante”, afirmou, referindo-se ao grupo de oito cardeais que foram nomeados por ele para assessorá-lo na questão. “A reforma da Cúria Romana é algo que quase todos os cardeais pediram nas congregações anteriores ao conclave. Eu também a pedi. A reforma não pode ser feita por mim…”, observou.
Fazem parte do grupo nomeado para estudar os pontos que precisam ser mudados na administração do Vaticano o cardeal hondurenho Oscar Andrés Rodríguez Maradiaga, arcebispo de Tegucigalpa, que é conhecido por suas posições a favor de uma reforma no governo central da Igreja Católica, e o chileno Francisco Javier Errázuriz Ossa, arcebispo emérito de Santiago do Chile, profundo conhecedor dos bastidores da sede da denominação.
Durante o encontro, Francisco também recomendou que as lideranças regionais da Igreja Católica se esforcem em fazer a denominação se movimentar: “Vocês vão se equivocar, vão fazer bobagem, isso acontece! Talvez até vão receber uma carta da Congregação para a Doutrina [da Fé] dizendo que vocês disseram tal e tal coisa… Mas não se preocupem. Expliquem o que tenham que explicar, mas sigam em frente… Abram portas, façam algo aí onde a vida clama. Prefiro uma Igreja que se equivoca por fazer algo do que uma que adoece por ficar fechada”, incentivou.
O papa ainda pontuou que a Igreja precisa cumprir seu papel original e promover transformações sociais. O pontífice criticou as desigualdades sociais, o apego ao dinheiro, entre outros.
“É preciso inverter a moeda. Não é notícia que um idoso morra de frio durante a noite, ou que haja tantas crianças sem educação, ou com fome – eu penso na Argentina… Ao invés, as principais bolsas do mundo sobem ou descem três pontos e isso é um acontecimento mundial. É preciso inverter! Não pode ser. Os computadores não são feitos à imagem e semelhança de Deus, são um instrumento, sim, mas não mais do que isso. O dinheiro não é imagem e semelhança de Deus. Só a pessoa é imagem e semelhança de Deus. É preciso inverter. Esse é o Evangelho”, disse aos diretores da CLAR.
Nesse contexto, Francisco criticou a postura da Igreja Católica de apenas condenar o aborto, mas não estudar as causas do problema: “É preciso ir às causas, às raízes. O aborto é ruim, mas isso está claro. Mas o que há por trás do fato de aprovar essa lei, que interesses estão por trás…? Às vezes, são as condições postas pelos grandes grupos para apoiar com dinheiro, sabem? É preciso ir às causas, não podemos ficar apenas nos sintomas. Não tenham medo de denunciar… Vocês vão se dar mal, vão ter problemas, mas não tenham medo de denunciar. Essa é a profecia da vida religiosa”, enfatizou, segundo informações do site Reflexión y Liberación.

Prefeita entrega as chaves da cidade a Jesus Cristo e diz que Ele é a autoridade máxima em seu governo

Prefeita entrega as chaves da cidade a Jesus Cristo e diz que Ele é a autoridade máxima em seu governo
Num gesto simbólico durante um evento evangélico, a prefeita Margarita Arellanes Cervantes, da cidade de Monterrey, no México, entregou as chaves da cidade a Jesus Cristo e afirmou que Ele passava a ser a maior autoridade municipal.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
O discurso de Cervantes foi ovacionado com aplausos, elogios e gritos de aleluia pelos fiéis que estavam presentes no “Ora Monterrey”, evento organizado pelo conselho de pastores local.
“Eu abri as portas deste município a Deus como a autoridade final, eu reconheço que sem a Sua presença e Sua ajuda não podemos ter sucesso real. Nós temos sido nos últimos meses, e digo isto com humildade, testemunhas de uma mudança positiva cada vez mais evidente em nossa cidade e podemos dizer que isso aconteceu porque nós abrimos a porta para Deus”, afirmou a prefeita.
Aparentemente, a ideia não foi unanimidade e a postura religiosa da prefeita tem rendido críticas. Margarita Arellanes Cervantes comentou o fato: “É engraçado como alguns se ofendem quando falamos de Deus publicamente. São intolerantes, e não fazem propostas responsáveis para construir um país melhor. [Os críticos] são silenciosos e mudos”, disse a prefeita.
“Vivemos em uma nação que canta todos os dias que o destino dos mexicanos pelo dedo de Deus foi escrito, mas ao mesmo tempo limita a atuar em segredo, ignorando quase todas as esferas da sociedade. Nem é preciso explicar o que uma sociedade sem Deus pode ter dor, pobreza e violência”, discursou a prefeita, que complementou dizendo que a entrega das chaves da cidade para Jesus Cristo é um convite feito “humildemente a Deus para vir a esta cidade e fazer a Sua morada. Senhor Jesus Cristo, bem-vindo ao Monterrey, a casa que nós construímos, é sua casa, obrigado”.


Assista ao discurso da prefeita Margarita Arellanes Cervantes (se preferir, use o serviço de legendas do Youtube, na barra inferior do vídeo):

Tecnologia para o Futuro: projeto oferece capacitação profissional em informática a adolescentes

Tecnologia para o Futuro: projeto oferece capacitação profissional em informática a adolescentes
O projeto Tecnologia para o Futuro é uma iniciativa pensada para a capacitação de jovens como técnicos em informática, com o complemento de reforço escolar e atividades que transmitem valores humanos, como ética, cidadania, vida em sociedade, altruísmo e força do trabalho.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
O idealizador do projeto é o Instituto Brasileiro para Boa Convivência Intergeracional e Ambiental (IBBCIA), entidade que promove atividades culturais, desportivas e educacionais e tem sua filosofia de ensino fundamentada nos princípios da pedagogia que projeta a educação para a excelência.
Há, como parte dos valores transmitidos pelo projeto, uma proposta de reflexão para os alunos a respeito da necessidade da adoção de práticas sustentáveis, como forma de preservação do meio ambiente.
O projeto Tecnologia para o Futuro atende atualmente, 60 adolescentes de 12 a 17 anos, e beneficia indiretamente outras 543 pessoas, entre amigos, familiares e vizinhos em geral.
A iniciativa foi reconhecida pela Unesco como relevante socialmente falando, e em 2013 receberá verbas do programa Criança Esperança. Os valores repassados serão usados na implantação de um laboratório de informática equipado com 16 computadores, estabilizadores, fones de ouvido, programas, roteador, webcam, cadeiras e bancadas.
O saldo do valor usado na compra dos equipamentos será destinado ao custeio da equipe, que é formada por um coordenador pedagógico, um professor de informática e um professor de valores humanos, além de  eventuais despesas com materiais, transporte, encargos sociais e outros.
Saiba mais sobre o projeto e o Instituto Brasileiro para Boa Convivência Intergeracional e Ambiental através do e-mail ibbcia@yahoo.com.br .

Pastor Silas Malafaia diz que o dízimo, “além de ser uma ordenança, sempre envolveu bênçãos de prosperidade”; Leia na íntegra

Pastor Silas Malafaia diz que o dízimo, “além de ser uma ordenança, sempre envolveu bênçãos de prosperidade”; Leia na íntegra
Os dízimos, prática comum entre cristãos protestantes, causam polêmica quando questionados internamente ou até, por pessoas que não praticam a mesma fé.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Há quem defenda que a Nova Aliança, estabelecida a partir do sacrifício de Jesus na cruz, aboliu a obrigatoriedade de contribuição com o dízimo.
O pastor Silas Malafaia escreveu um artigo sobre o tema, e criticou o materialismo de quem se nega a entregar o dízimo como contribuição para as igrejas.
Segundo Malafaia, o dízimo é parte de uma promessa: “Além de ser uma ordenança, o dízimo sempre envolveu bênçãos de prosperidade, conforme Provérbios 3.9,10 e Malaquias 3.10-12”, escreveu.
O pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo afirmou que “no Novo Testamento, não há nova regra para o dízimo”, pois “Jesus não condenou nem ab-rogou essa prática; apenas criticou o comportamento hipócrita dos religiosos que davam dízimo para se autopromoverem, sonegando o mais importante da Lei: o juízo, a misericórdia e a fé (Mateus 23.23)”.
Para Silas Malafaia, a contribuição com o dízimo é uma demonstração de fé, gratidão e obediência do cristão: “O Senhor se agrada daquele que dá voluntariamente e com alegria (2 Coríntios 9.7), e não daquele que apenas cumpre uma obrigação religiosa, por medo de atrair uma maldição ou de ir para o inferno. O cristão genuíno é conhecido pelo amor, pela fé, pela obediência e pela submissão ao Todo-poderoso. É impossível desassociar o dízimo e as ofertas de certas virtudes fundamentais da vida cristã. Logo, dar o dízimo atesta se o cristão crê em Deus e na Sua Palavra, se reconhece que Ele é o Provedor, se lhe é grato e se deseja contribuir para o evangelismo e o estabelecimento efetivo do Reino de Deus em cada coração”.
Não contribuir, na visão exposta por Malafaia, torna-se pecado por dar sinais de avareza: “A despeito disso, existem muitos cristãos que não percebem que dar o dízimo é um privilégio. Eles não conseguem entregar nem 10% do seu salário à causa do evangelho. Esse apego ao dinheiro demonstra um materialismo exacerbado e até avareza, um pecado de idolatria (Colossenses 3.5). E foi para evitar isso que o Senhor instituiu o dízimo”.
Confira a íntegra do artigo do pastor Silas Malafaia sobre o dízimo:
O dízimo ainda deve ser praticado à luz do Novo Testamento?
O dízimo representa a décima parte do fruto do nosso trabalho consagrada a Deus. É uma expressão da fé, do amor e da gratidão do cristão pelo favor divino que lhe assegura a vida e o sustento espiritual e material.
Essa ordenança da Lei mosaica (Levítico 27.32), que no Antigo Testamento assegurava o sustento dos sacerdotes e dos levitas, já era praticada antes de Moisés. Abraão e Jacó, por exemplo, entregavam o dízimo de tudo o que possuíam (Gênesis 14.18-20; 28.22). Além de ser uma ordenança, o dízimo sempre envolveu bênçãos de prosperidade, conforme Provérbios 3.9,10 e Malaquias 3.10-12.
No Novo Testamento, não há nova regra para o dízimo. Jesus não condenou nem ab-rogou essa prática; apenas criticou o comportamento hipócrita dos religiosos que davam dízimo para se autopromoverem, sonegando o mais importante da Lei: o juízo, a misericórdia e a fé (Mateus 23.23).
O Senhor se agrada daquele que dá voluntariamente e com alegria (2 Coríntios 9.7), e não daquele que apenas cumpre uma obrigação religiosa, por medo de atrair uma maldição ou de ir para o inferno.
O cristão genuíno é conhecido pelo amor, pela fé, pela obediência e pela submissão ao Todo-poderoso. É impossível desassociar o dízimo e as ofertas de certas virtudes fundamentais da vida cristã. Logo, dar o dízimo atesta se o cristão crê em Deus e na Sua Palavra, se reconhece que Ele é o Provedor, se lhe é grato e se deseja contribuir para o evangelismo e o estabelecimento efetivo do Reino de Deus em cada coração.
A despeito disso, existem muitos cristãos que não percebem que dar o dízimo é um privilégio. Eles não conseguem entregar nem 10% do seu salário à causa do evangelho. Esse apego ao dinheiro demonstra um materialismo exacerbado e até avareza, um pecado de idolatria (Colossenses 3.5). E foi para evitar isso que o Senhor instituiu o dízimo.
Quando devolvemos a Deus os 10% que Ele requer para que haja mantimento em Sua casa, estamos dizendo que Ele é o Senhor da nossa vida, que reconhecemos que tudo que somos e temos vem dele e pertence a Ele; somos apenas os mordomos.
O cristão que entrega o dízimo demonstra ter visão espiritual, fé nas promessas de Deus, compromisso com a igreja, com sua liderança e com a causa do evangelho, e será ricamente abençoado pelo Senhor.
Sugestões de leitura: 2 Crônicas 29; Malaquias 3.10-12