Digital clock

sábado, 31 de março de 2012

Apocalipse: Europa se prepara para abolir o dinheiro. Estamos mais perto do 666?

Em muitos países europeus, os cartões de debito e transferências de credito on-line tem substituído o dinheiro. Na Suécia, o debate gira em torno de não carregar mais dinheiro.
Um dos benefícios mencionados é que reduziria a criminalidade, principalmente o roubo. “Se pudermos reduzir a quantidade de dinheiro que circula nos bancos e nas empresas, também reduzirá os roubos.”, disse Marie Look, do sindicato dos trabalhadores bancários.
“Quando se abandonam totalmente o dinheiro, não haverá mais roubos, porque não tem sentido roubar um banco que não tem nada que possa ser tomado.”
Desde 2010, há uma campanha para acabar com o dinheiro no país que conta, ainda com o apoio de celebridades, incluindo o ex-membro do Abba, Bjorn Ulvaeus. Ele disse: “Não há nenhuma razão clara e prática, para continuar a utilizar notas e moedas. Existem vantagens obvias para descarta-las. A Suécia poderia ser o primeiro país a adotar essa medida”.
Curiosamente, a Suécia foi o primeiro país europeu a introduzir notas nos bancos em 1661. Agora ela pode levar a Europa a acabar com as mesmas notas. Sendo um país com alta tecnologia, o dinheiro digital em breve será uma realidade.
Na maioria das cidades suecas, os ônibus não aceitam dinheiro. Os passes são pagos ou adquiridos com um telefone que usa mensagens de texto. Um número crescente de empresas só aceitam cartões, e alguns bancos só fazem transações eletrônicas.
A diminuição no uso do dinheiro é importante, mesmo em locais de culto como na igreja de Karlshamn, sul da Suécia. O Pastor Johan Tyrberg, instalou recentemente um leitor de cartão para tornar a vida mais fácil para os fiéis que desejam entregar suas ofertas.
“Muitas vezes as pessoas vinham ate mim e diziam que não tinham dinheiro, mas que queriam doar”, disse Tyrberg.
As notas e moedas representam apenas 3% da economia da Suécia, em comparação com média de 9% nos países da área do euro e 7% nos os EUA, de acordo com o Banco de Compensações Internacionais, uma organização que reúne os bancos centrais do mundo.
A maioria dos especialistas acredita que o dinheiro em breve será uma mercadoria rara na Europa.
Os cristãos acreditam que a Bíblia fala claramente sobre isso em Apocalipse 13: 16 a 18, que diz que durante o reinado do anticristo o dinheiro será substituído por um sistema eletrônico. “E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis.  Apocalipse 13:16-18”

SEXO COM CRIANÇA

Decisão ´banaliza a violência´

Clique para Ampliar
Decisão do Tribunal banalizaria o estupro de crianças e adolescentes, segundo a secretária de Enfrentamento à Violência, Aparecida Gonçalves
FOTO: ALEX COSTA
Para STJ, nem sempre ato sexual com criança ou adolescente pode ser considerado violência sexual
Brasília. A decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), segundo a qual nem sempre o ato sexual com menores de 14 anos pode ser considerado estupro, pode banalizar a violência sexual contra crianças e adolescentes, de acordo com a secretária de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres, Aparecida Gonçalves. "Acho que além de banalizar, vai autorizar (a prática do crime). O judiciário brasileiro está autorizando estupradores a fazerem isso. Este é um elemento grave", disse.

No início desta semana, um homem acusado de ter estuprado três menores, todas de 12 anos, foi inocentado pelo tribunal. O STJ entendeu que não se pode considerar crime o ato que não viola o bem jurídico tutelado, no caso, a liberdade sexual. Tanto o juiz que analisou o processo como o tribunal local inocentaram o réu com o argumento de que as crianças "já se dedicavam à prática de atividades sexuais desde longa data".

Revisão
O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Ari Pargendler, afirmou ontem que a decisão do tribunal de absolver um homem acusado de estuprar três crianças de 12 anos ainda pode ser modificada. "É um tema complexo. Foi decidido por uma seção do tribunal. É a palavra do tribunal, mas, evidentemente, cada caso é um caso, e o tribunal sempre está aberto para a revisão dos seus julgamentos e talvez isso até possa ocorrer", disse.

Reportagem Diário do Nordeste: 31/03/12

Bispo da Igreja Universal afirma que nem todos que fazem milagres são de Deus: “Judas também fazia”

Bispo da Igreja Universal afirma que nem todos que fazem milagres são de Deus: “Judas também fazia”
Em um artigo publicado no blog do bispo Edir Macedo, o bispo Renato Cardoso afirmou que nos tempos bíblicos, “nem todos os que faziam milagres eram de Deus”.
O texto fala sobre a presença de milagres na vida dos fiéis, como uma promessa bíblica: “Quem crê em Deus, crê em milagres. Quem crê em Jesus, como diz a Bíblia, crê que Ele faz milagres hoje como fez no passado. Afinal, Ele prometeu isso e disse que os sinais seguiriam aos que creem”.
Para Cardoso, é necessário cuidado com a procedência dos milagres: “Judas fazia milagres e expulsava demônios. Também roubava a oferta, mentia, e ainda traiu Jesus e se suicidou. Os magos de Faraó no Egito também transformaram seus cajados em cobra, como fez Moisés”.
O bispo da Igreja Universal do Reino de Deus baseia seu argumento na passagem bíblica em que Jesus fala a respeito dos falsos profetas: “O Senhor Jesus nos alertou sobre tais fazedores de milagres: ‘Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! Porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então, lhes direi explicitamente: nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniquidade’.  Mateus 7.22,23”.
Confira abaixo a íntegra do artigo do bispo Renato Cardoso:
Quem crê em Deus, crê em milagres.
Quem crê em Jesus, como diz a Bíblia, crê que Ele faz milagres hoje como fez no passado. Afinal, Ele prometeu isso e disse que os sinais seguiriam aos que creem.
Em todos os milagres de Jesus vemos apenas uma condição para o recipiente recebê-los: fé. Não era necessário mérito, santidade, religiosidade, nem mesmo ser judeu ou gentio. Quem cria, recebia. Nisso vemos a misericórdia de Deus, que facilita o recebimento de um milagre por qualquer pessoa desde que ela creia nEle.
Mas também vemos algo importante nas Escrituras com respeito aos milagres: Nem todos os que faziam milagres eram de Deus.
Judas fazia milagres e expulsava demônios. Também roubava a oferta, mentia, e ainda traiu Jesus e se suicidou. Os magos de Faraó no Egito também transformaram seus cajados em cobra, como fez Moisés.
O Senhor Jesus nos alertou sobre tais fazedores de milagres:
“Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! Porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então, lhes direi explicitamente: nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniquidade.” Mateus 7.22,23
Claramente, vemos que MUITOS são os que fazem MUITOS milagres em nome de Jesus, mas, ao mesmo tempo, são praticantes de iniquidade.
Como pode isso?
Pode sim, pois quem faz o milagre é Deus, e não o suposto milagreiro. Uma vez Deus usou um burro para falar, e até um feiticeiro para abençoar!
Deus é Deus e usa quem Ele quiser, para o fim de abençoar o que crê n’Ele!
Lembre-se, a única condição para receber um milagre é a fé. Portanto, se eu for o pior pecador, até mesmo um bandido, enganador e mentiroso, mas pregar a Palavra de Deus para o sofrido (ainda que por interesse próprio), e o sofrido crer na Palavra, o milagre acontecerá. Mas veja: isso não quer dizer que o meu ministério é de Deus e nem que eu sou de Deus.
Todo o que é de Deus tem autoridade para fazer milagres.
Mas nem todo o que faz milagres é de Deus.
Bispo Renato Cardoso

Olimpíadas 2012: Pastora e jogadora de vôlei, Fabíola disputa vaga na seleção brasileira para os jogos de Londres

Olimpíadas 2012: Pastora e jogadora de vôlei, Fabíola disputa vaga na seleção brasileira para os jogos de Londres
A seleção brasileira de vôlei anunciou que pretende substituir duas jogadoras para os jogos olímpicos de 2012, que acontecerá em Londres, e uma das favoritas para a vaga de levantadora do time é a jogadora Fabíola, que atualmente atua no Sollys Osasco, de São Paulo. Fabíola, que também é pastora evangélica, está sendo cotada entre a que tem a maior chance de assumir o posto que durante anos foi das experientes Fernanda Venturini e Fofão.
O canal ESPN fez uma reportagem especial mostrando um pouco da história da jogadora, de como ela tem exercido boa influência sobre suas colegas de profissão. A matéria ainda mostrou o lado ministerial de Fabíola, que é pastora da Igreja
Batista, acompanhando-a em uma de suas viagens para a inauguração de uma igreja em Anápolis-GO.
Fabíola continua numa rotina intensa de treinamentos, objetivando a confiança do técnico da seleção brasileira, José Roberto Guimarães, que é quem escalará a nova detentora oficial do posto de levantadora do time que irá às Olimpíadas de Londres.

Pesquisa afirma que a Bíblia, “A Cabana” e “Bom Dia, Espírito Santo” lideram a lista dos livros mais marcantes para os brasileiros

Pesquisa afirma que a Bíblia, “A Cabana” e “Bom Dia, Espírito Santo” lideram a lista dos livros mais marcantes para os brasileiros
Uma pesquisa feita pelo Instituto Pró-Livro aponta a Bíblia como o livro considerado como mais marcante por seus leitores. A pesquisa “Retratos da Leitura no Brasil” foi divulgada nesta quarta-feira (28), e faz um comparativo com a pesquisa feita em 2007, na qual a Bíblia também aparecia no topo da lista de preferência dos leitores.
Para compor a pesquisa, os entrevistados respondiam à pergunta: “Qual é o livro que mais marcou você?”. Além da Bíblia, outros livros de cunho religioso e espiritual figuram entre os mais lembrados pelos leitores. O livro “A Cabana”, de William P. Young, é o segundo da lista, tomando o lugar antes ocupado pelo “Sítio do Pica-Pau Amarelo”, de Monteiro Lobato. A obra de Youg é acompanhada pelo livro “Ágape”, do Padre Marcelo Rossi, que aparece em terceiro lugar. O livro “Violetas na Janela”, da médium Vera Lúcia M. de Carvalho, também aparece com destaque na nona posição.
O televangelista americano Benny Hinn também está na lista com sua mais famosa obra, “Bom Dia, Espírito Santo“, que cai da décima nona posição em 2007 para a a vigésima segunda em 2012.
Na lista de autores preferidos do público, liderada por Monteiro Lobato, aqueles que se dedicam à escrita voltada para a religião ou espiritualidade também receberam destaque na pesquisa. Ao lado de nomes como Carlos Drummond de Andrade, Machado de Assis e Vinicius de Moraes, o público destacou o Padre Marcelo Rossi e o pastor Silas Malafaia.

Pesquisa americana revela: as pessoas que frequentam a igreja são mais felizes

Pesquisa americana revela: as pessoas que frequentam a igreja são mais felizes
Uma pesquisa americana realizada pela organização Gallup, com mais de 300.000 americanos durante o ano de 2011, descobriu que as pessoas que vão  à igreja com frequência, relatam experimentar emoções mais positivas e menos negativas em geral do que aquelas que frequentam menos a igreja.
As emoções positivas na pesquisa incluíam sorriso, gargalhada, alegria, felicidade, aprendizado ou fazer algo interessante. As emoções negativas incluídas eram preocupação, tristeza, estresse e raiva.
A pesquisa mostra também que não apenas a frequência de um lugar de culto de forma geral trazia benefícios, mas também que os fiéis experimentaram uma “carga extra” emocional positiva aos domingos.
Enquanto as emoções positivas daqueles que frequentam a igreja ficavam acima da média em um domingo, as emoções positivas dos seculares culminavam no sábado e ficavam abaixo da média no domingo.
Segundo a pesquisa, o domingo é o único dia da semana quando os humores dos fiéis e os que não frequentam um serviço religioso muitas vezes divergem de forma significativa.
“Talvez alguns americanos seculares começam a temer o regresso ao trabalho na segunda-feira, então reduzem suas atividades sociais ou de lazer no domingo para se prepararem para o início da semana de trabalho”, afirma a pesquisa.

sexta-feira, 30 de março de 2012

Professora evangélica prega em aula e aluno sofre bullying na escola

Professora evangélica prega em aula e aluno sofre bullying na escola

Um aluno do 2º ano do Ensino Médio da Escola Estadual Antonio Caputo, em São Bernardo, na Grande São Paulo, diz que passou a ser vítima de bullying e intolerância religiosa na escola. O adolescente Magno, 15 anos, diz que isso foi motivado pela pregação evangélica realizada pela professora de História Roseli Tadeu Tavares de Santana.

A família alega que ele começou a ter falta de apetite, problemas na fala e tiques nervosos desde que passou a perseguido por colegas de classe por não concordar com a “pregação” que a professora faz antes de cada aula.

O jovem, que é praticante de candomblé e não queria ouvir os cerca de 20 minutos de leitura da Bíblia e comentários que a professora faz antes de cada aula. A professora diz que a pregação religiosa faz parte do seu método e não quis comentar o caso.

O adolescente alega que desde que começou a ter aulas com Roseli, ficava constrangido. Logo, passou a ser atacado pelos demais colegas, que se afastavam dele ao saber de sua crença e chegou a receber ofensas contra os seus pais. Sebastião da Silveira, 64, pai do jovem é sacerdote do candomblé.

“Ficamos abalados”, disse “A própria escola não deu garantias de que meu filho terá segurança.”
A Secretaria Estadual da Educação prometeu que irá apurar a história e lembra que pregar qualquer religião em sala de aula é proibido pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.

A presidente da Associação Federativa da Cultura e Cultos Afro-Brasileiros, Maria Campi, anunciou que dará apoio total à família. “Nossas crianças não têm direito a ter uma identidade. São discriminadas quando usam as vestimentas. Falta estudar mais as culturas africanas”, reclama.

Quem também está insatisfeito com a prática são alguns alunos. “Não aprendi nada com ela. Só que teria de ter a mesma religião que ela”, disse um aluno de 16 anos. Inclusive alguns pais evangélicos de alunos reclamaram: “Nunca foi falado em casa que ela fazia isso. Senão eu reclamaria, é errado”, disse a doméstica Edemilda Silva, 46, mãe de um aluno da oitava série da escola, “Se quiser ouvir a palavra, vou à igreja”.

Agora que um registro de ocorrência foi feito no 4º Delegacia de Polícia, a Comissão de Liberdade Religiosa da Ordem dos Advogados do Brasil e o Ministério Público irão se pronunciar. “O Estado brasileiro é laico e não pode promover uma religião específica através de seus agentes. É preciso compreender a importância do respeito à escolha do próximo”, disse Damaris Moura, presidente da comissão.

quinta-feira, 29 de março de 2012

Família desafinada, viveram seu dia de fama: gravaram participações no "Caldeirão do Huck" e no "Mais você"

Se no dia a dia, Jefferson da Silva Barbosa, de 19 anos, acorda às 5h na periferia de São Paulo para pegar ônibus para o curso de técnico de enfermagem, nesta segunda-feira o estudante despertou em um hotel na Barra e foi para o Projac. Protagonistas de um vídeo com sete milhões de acessos no Youtube, o rapaz, sua irmã, Suelen, e a mãe, Marinalva — ou o “Trio Desafinado” — viveram seu dia de fama: gravaram participações no “Caldeirão do Huck” e no “Mais você”. Entraram para a galeria das celebridades superinstantâneas da rede, como Rodrigo Xuxa, e a Luiza, do Canadá.

— Não esperava esse sucesso todo. Jesus é nossa alegria — louvava o rapaz, cercado de seus súbitos fãs no aeroporto Santos Dumont ontem, ao voltar para casa.

No vídeo, Jefferson grita “Para nossa alegria” no refrão do louvor evangélico “Galhos secos”. A seu lado, Suelen cai no riso e a mãe se assusta. O rapaz, que sonha ser missionário da Assembleia de Deus, diz que tudo foi espontâneo:
— A gente estava ensaiando para cantar na igreja. Foi natural, do nada.
O pai Edevaldo Santos Barbosa, de 46 anos, elogia o carisma do filho:
— Os gritos dele são conhecidos. Na igreja dá uns “Glória a Deus” que todo mundo para para ouvir.
Todo mundo mesmo.

Portas Abertas divulga carta escrita por Yousef Nadarkhani

Portas Abertas divulga carta escrita por Yousef Nadarkhani
O site do ministério Portas Abertas divulgou uma carta assinada por Yousef Nadarkhani escrita em janeiro de 2011 poucos meses depois de receber a sentença de morte por não negar sua fé em Cristo.

O pastor iraniano está preso desde 2009 e aguarda o julgamento final, no texto ele fala sobre como dar frutos de vida, seguir o evangelho e transmitir a Palavra de salvação.

“Muitas pessoas admiram Jesus como um modelo único a ser seguido por gerações, muitos gostariam de imitá-lo. Jesus não veio para ser apenas admirado, mas nos trouxe um modelo perfeito a ser seguido”, escreveu ele.

Nadarkhani afirma sua fé na Bíblia em todo o texto, citando versículos e encorajando os leitores a não desistir mesmo passando por provações. “Temos que dar um passo de fé ‘apesar das dificuldades’, a fim de experimentar o poder de Deus. Mas precisamos lembrar que tudo deve ser feito de acordo com a Palavra de Deus”, escreveu ele.

A história de Yousef Nadarkhani gerou manifestações no mundo inteiro, diversas autoridades internacionais já se posicionaram pedindo para que o Governo do Irã liberte o pastor, mas até o momento nada foi feito.

Em reunião com parlamentares brasileiros o embaixador do Irã no Brasil afirmou que as acusações contra Nadarkhani não são referentes à sua fé, mas a outros crimes que supostamente teriam sido cometidos por ele. Já para ACLJ (Centro Americano para Lei e Justiça) esses crimes foram inventados para desviar a atenção internacional do caso.

Leia a carta escrita por Yousef Nadarkhani:

“Graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo.

Portanto, tambem nós, uma vez que estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas, livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que nos foi proposta, tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé. Ele pela alegria que lhe fora proposta, suportou a cruz, desprezando a vergonha, e assentou-se à direita do trono de Deus. Hebreus 12:1-2.

Quando alguém compreende a revelação da verdade, essa pessoa estará disposto a compartilhá-la com outras pessoas e com as gerações futuras. Somos gratos às pessoas que, no passado, lutaram pela Verdade, que nos permitem ter acesso a esta gloriosa revelação de Jesus Cristo. Esses crentes entenderam a riqueza e a beleza da revelação, e estavam prontos para lutar a fim de passar adiante o fruto da revelação.

Como podemos dar frutos semelhantes para a vida eterna? Depende esolhas que fizermos. Primeiro temos que fechar os ouvidos para a voz das trevas, como está escrito no salmo primeiro: Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Salmo 1:1.

A segunda coisa é abrir os nossos ouvidos à voz do Espírito falando através da Palavra de Deus, como está escrito: Mas o seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite. Salmo 1:2.

O fruto da A comunhão com o Senhor através da Sua Palavra Vivificante é o que garante a estabilidade nesta vida e impacta a vida de outros gerando frutos eternos, como dizem as Escrituras: E ele será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, que dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará. Salmo 01:03.

“Um passo de fé”

Muitas pessoas admiram Jesus como um modelo único a ser seguido por gerações, muitos gostariam de imitá-lo. Jesus não veio para ser apenas admirado, mas nos trouxe um modelo perfeito a ser seguido. Se queremos ser como Ele, precisamos dar um passo de fé, como Pedro. Quando Pedro viu o seu Senhor andando sobre o mar furioso, ele pediu para ir ao encontro de Jesus sobre as águas. Então Jesus disse: “Vem!”.

Todos quanto escolheram seguir o Senhor, de alguma forma ouviram antes uma ordem D?ele, dizendo: “Vem!” Uma ordem que implica um passo de fé. Como é evidente nas Escrituras, aquilo que somos capazes de ver não é fé. A fé é bíblicamente definida como: “Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem.”

Temos que dar um passo de fé “apesar das dificuldades” “, a fim de experimentar o poder de Deus. Mas precisamos lembrar que tudo deve ser feito de acordo com a Palavra de Deus. Pedro não experimentou a possibilidade de andar sobre as águas porque ele simplesmente decidiu abandonar o barco, mas por causa da Palavra, da Ordem do Senhor. A Palavra de Deus nos diz que “deveremos passar por dificuldades” e desonra por causa do Seu Nome. A nossa fé não será genuina se ignorarmos estas palavras, se não manifestarmos a paciência do Senhor em nossos sofrimentos. Qualquer um que ignora-las será envergonhado naquele dia.

É bom lembrar que muitas vezes o passo de fé nos coloca diante de algumas dificuldades. Assim como a Palavra levou os filhos de Israel a sair do Egito e os colocou diante de um obstaculo chamado Mar Vermelho. Essas dificuldade se colocam entre as promessas de Deus e cumprimento delas e servem para desafiar e fortalecer a nossa fé. Os crentes devem aceitar esses desafios como uma parte de sua caminhada espiritual. O Filho foi desafiado no Calvário, no caminho mais difícil, como está escrito nas Escrituras: “Durante os dias de vuda na terra, Jesus ofereceu orações e súplicas, em voz e com lágrimas, àquele que o podia salvar da morte, sendo ouvido por causa da sua reverente submissão; Embora sendo Filho, ele aprendeu a obedecer por meio daquilo que sofreu “. Hebreus 5:7-8.

O clamor “Eli, Eli, lamá sabactâni?” É suficiente para expressar os sofrimentos de nosso Senhor no Calvário. Por trás desse pedido de socorro, podemos identificar a grande fé que o levou a aceitar a vontade do Pai. Sim, Ele sabia que Deus não permitiria que “seu Santo sofresse decomposição?, e que, em três dias, ele ressuscitaria dentre os mortos. Além do poder da morte, o Senhor enxergou o poder da ressurreição vitoriosa.

Eu não preciso escrever mais nada sobre a base da fé. Lembremo-nos que indenpendente de momentos bons ou ruins, apenas três coisas permanecem: a Fé, a Esperança e o Amor. É importante para os cristãos se certificarem que tipo de fé, esperança e amor permanecerão. Somente o que recebemos de acordo com a Palavra permanecerá para sempre. Eu quero encoraja-lo a viver de forma digna do chamado da Santa Palavra. Permitam irmãos, vocês que são herdeiros da glória de Cristo, serem exemplos para outros, a fim de ser um testemunho do poder de Cristo para o mundo.

Peço-lhes que vivam segundo a Palavra de Deus, a fim de rejeitar as ações das trevas que geram dúvidas em seus corações. A verdadeira vitória que elimina as dúvidas, vem pelo ouvir a Palavra de Deus com fé.

Somente uma igreja baseada nos ensinamentos de nosso Senhor Jesus Cristo subexistirá, longe do auxilio e da proteção da Palavra de Deus o devorador o destrurá.

Vamos dar um Testemunho Santo.

Seu irmão em Cristo,

Yousef Nadarkhani

Empresário evangélico cria Leão de Judá Cola e diz que a Coca-Cola é a água podre do inferno

Empresário evangélico cria Leão de Judá Cola e diz que a Coca-Cola é a água podre do inferno

A ALFA GOLD comercializa desde 2009 o refrigerante Leão de Judá Cola que tenta superar a marca de venda da Coca-Cola, o refrigerante mais famoso do mundo, dizendo que a marca americana vicia seus consumidores em cocaína.

Em um vídeo divulgado na internet na semana passada o idealizador da marca fala que pediu para Deus uma ideia e recebeu a resposta dizendo “Vai e lança o Leão de Judá Cola e substitui a Coca-Cola no Brasil e no mundo”.

Tanto no vídeo como na descrição deste o representante que não se identificou fala de três motivos para fazer essa substituição. “Primeiramente porque a Coca-Cola escrita ao contrário significa ‘alô diabo’(…) ela é a água suja do inferno”, disse ele afirmando que o único objetivo desse refrigerante é viciar as pessoas em cocaína.

Os outros motivos são os comerciais que exploram a sensualidade e o comercial do Natal que usa a figura do Papai Noel. A descrição também fala sobre a embalagem do produto que foi esculpida em forma de um corpo feminino.

O vídeo foi postado no dia 21 de março e já foi visto mais de 77 mil vezes, recebendo críticas severas dos usuários do Youtube. Em outro vídeo o mesmo homem aparece pedindo para que 7.000 pessoas aceitem o desafio de serem distribuidores do Leão de Judá Cola.

Prefeitura inaugura portal com a frase Carapicuíba é do Senhor Jesus e gera polêmica

Prefeitura inaugura portal com a frase Carapicuíba é do Senhor Jesus e gera polêmica

Para comemorar os 47 anos de emancipação da cidade de Carapicuíba, São Paulo, a prefeitura inaugurou um portal com a inscrição “Carapicuíba é do Senhor Jesus”, frase que gerou muita polêmica entre os moradores.

De um lado alguns consideram desnecessário fazer um portal só para declarar uma fé que não é a de todos naquela cidade, mas por outro lado muitas pessoas elogiaram a atitude da prefeitura.

Eu moro na favela da Cohab I, faz três anos que moro aqui, onde consegui emprego, e para mim tudo melhorou. Eu gosto dessa frase sobre Jesus, porque abre as portas, disse Meire Miranda, 32 anos, ao Mural da Folha de São Paulo.

Mas para Jorge Luís, 48 anos, a construção desse portal gerou expectativas na população que esperava por uma passarela de pedestres.  Eles preferem fazer propaganda religiosa que salvar vidas, diz ele falando que no local onde o portal foi construído muitas pessoas já morreram atropeladas.

A inscrição está localizada na rua Consolação, que é a principal via de acesso aos viadutos que separam Carapicuíba de Barueri. Mas a prefeitura garante que não gastou dinheiro com o portal, pois ele foi patrocinado pela Marabraz.

E sobre a construção de uma passarela foi informado que é inviável realizar esse pedido dos moradores, uma vez que a linha de trem de carga do IBC (Instituto Brasileiro do Café) que passa ao longo da via.

Antes de se tornar independente o município de Carapicuíba pertencia a cidade de Barueri até que uma emancipação político-administrativa autorizou a separação das cidades.

terça-feira, 27 de março de 2012

Missão SAL realiza trabalho junto a prostitutas, travestis e drogados da “cracolândia”

Missão SAL realiza trabalho junto a prostitutas, travestis e drogados da “cracolândia”
A Missão SAL é uma instituição cristã que foi fundada no ano de 2007, na cidade de Santo André – São Paulo. Salvação, Amor e Libertação, são os princípios que fundamentam a missão, com o objetivo de alcançar pessoas excluídas pela sociedade, principalmente nos grandes centros urbanos. Prostitutas, homossexuais, travestis e drogados da “cracolândia” são alcançados pelo trabalho da missão.
Paulo Capeletti é o articulador do grupo, que atualmente atua em várias áreas , desde trabalhos de evangelismo com moradores de rua em Santo André aos drogados da “cracolândia” em São Paulo. O grupo realiza missão integral, que não visa somente o assistencialismo, mas acreditam no Resgate, Restauração e Reintegração do homem à sociedade através do evangelho integral.
O processo de reintegração se dá na casa Comunidade Nova Chance, onde as pessoas passam a conviver em um ambiente familiar, sendo tratados com amor e respeito, diferente do ambiente hostil das ruas. Atualmente, as pessoas mais atendidas são moradores de rua e profissionais do sexo (travestis e prostitutas). Hoje a missão conta com mais de 30 pessoas residindo na casa Comunidade Nova Chance.
As pessoas atendidas pela missão são na maioria moradores de rua e profissionais do sexo (travestis e prostitutas). Estes enfrentam barreiras morais para chegarem até Jesus pois nossas igrejas não estão preparadas para recebê-las. Comunidade Nova Chance: Atualmente as pessoas interessadas têm na casa Comunidade Nova Chance uma oportunidade de trans formação e mudança. A casa procura ser família com eles através do convívio e do amor que há em Cristo Jesus. Hoje residem mais de 30 pessoas na CNC.
Aos que desejam conhecer o trabalho da Missão Sal, é só acessar o site da instituição:

Experimentos seriam capazes de provar a existência de Deus, afirma físico

Victor Stenger, professor de física, se dedica a propagar a ideia de que a ciência seria capaz de comprovar ou refutar a existência de Deus.
Para o professor de física da Universidade do Havaí e professor de filosofia da Universidade do Colorado, Victor Stenger, religião se discute. Tanto que ele se dedica a propagar a ideia de que a ciência seria capaz de comprovar ou refutar a existência de Deus.
Apesar de muitos pesquisadores afirmarem que a ciência é neutra em relação à religião, 93% deles dizem que não acreditam que exista um Deus, segundo uma pesquisa feita pela Academia Nacional de Ciências dos EUA. “Isso nos faz pensar dos motivos pelos quais essa elite intelectual se difere de população em geral. E a resposta óbvia é a ciência”, argumenta Stenger.
De acordo com o físico, mesmo com essa noção de que “religião não se discute” sendo muito usada em seu meio, ele acredita que Deus seja uma questão científica de extrema importância e, logo, deveria ser mais investigada. Afinal, as perguntas fundamentais da humanidade são “de onde viemos”, “o que somos” e “para onde vamos” – e, em todas elas, uma entidade divina teria um papel fundamental.
“Podemos pensar na existência de Deus como uma hipótese e, então, analisar a evidência empírica dela. Afinal, várias religiões dão a seus deuses características que podem ser testadas”, conta Stenger. “Se a ciência se deparasse com uma situação que não pode ser considerada natural, poderíamos passar a considerar a possibilidade de um mundo além da matéria e de um criador”, explica.
Pesquisas
O físico enumera experimentos que, em sua opinião, já deveriam ter provado Deus como o conhecemos. Como várias religiões apostam no poder da oração para pedir por intervenções divinas, cientistas tentaram provar a sua eficácia – e teriam descoberto que a taxa de sucesso da oração é a mesma do efeito placebo. “Ou seja, esse poder está em sua mente”, afirma Stenger.
“Outra questão é a moralidade. Se ela vem de uma fonte divina, as pessoas religiosas deveriam se comportar melhor do que as outras. Mas a história mostra que, em média, não há essa diferença de comportamento e sabemos que existiram assassinos impiedosos que eram religiosos”, conta.
Stenger também discute a criação dos humanos. Para ele, se fôssemos a criação mais especial divina, o Universo deveria ser feito sob medida para nós. “Mas ele não é. Temos que nos adaptar – e os dias de hoje mostram que essa adaptação não é fácil”, conclui.
Depois de analisar estudos que buscaram revelações, evidências do criacionismo e explicações para milagres, o professor está convencido de que Deus não existe. Ou, pelo menos, os deuses das religiões mais conhecidas. Afinal, ele não descarta a ideia de um ser que poderia ter criado o Universo “por diversão” e depois ter nos abandonado. Ou então de uma divindade que prefere se manter escondida. “Mas qual é o sentido de adorar uma criatura destas?”, argumenta.

segunda-feira, 26 de março de 2012

Padre dá conselhos amorosos e vira sensação em Minas Gerais e também na Internet

Padre dá conselhos amorosos e vira sensação em Minas Gerais e também na Internet | Notícia Midia Gospel
Ele tem programa no rádio e na TV, mas não é artista. Gravou discos e DVDs, mas não é cantor. Tem perfil no Twitter e no Facebook, e não é celebridade. Usa gírias e conta piadas, mas não é humorista. Ordenado sacerdote em 2005, o padre Chrystian Shankar, 36, vem atraindo multidões em suas missas celebradas nas noites de quarta-feira, em Divinópolis, na região Centro-Oeste de Minas.
O pároco chegou à cidade há pouco mais de quatro anos e implantou um jeito diferente de celebrar as liturgias. Com um linguajar cheio de gírias e expressões populares, o padre dá conselhos sobre como arrumar um (a) namorado (a), obter sucesso profissional e até mesmo educar os filhos viraram um fenômeno na cidade.
As missas da família, celebradas toda quarta-feira à noite, são disputadíssimas. Chegam a atrair 10 mil fiéis. As ruas do bairro Bom Pastor, onde fica o Santuário de Nossa Senhora Aparecida, ficam tomadas por gente e carros. Quem vai às celebrações conta que a fila de fiéis em frente à igreja começa seis horas antes do início da cerimônia.
Geralmente, as liturgias não atraem só gente de Divinópolis. Moradores de municípios vizinhos e até de outros Estados seguem em caravanas para ouvir os conselhos do padre Chrystian. São jovens, adultos e idosos, que não desanimam nem mesmo com a longa duração da liturgia.
Algumas duram três horas. “Demora, mas é uma celebração tão diferente que a gente nem se cansa”, conta a comerciante Nara Maria Gonçalves, 39. Convencida por uma amiga a assistir à celebração, ela se encantou já na primeira vez, quando saiu da igreja com uma rosa dada pelo padre. “Se toda missa fosse desse jeito, as celebrações seriam lotadas”.
Internet. O pároco Chrystian Shankar virou hit até na internet, onde publica vídeos com trechos de suas pregações. Um deles, chamado “Dez conselhos para quem deseja arrumar alguém”, é um sucesso de acessos. Desde janeiro, quando entrou na rede, já teve mais de 740 mil visualizações.
Nas celebrações, o que tem atraído tanta gente é o jeito descontraído do religioso. Em vez da seriedade, ele abusa das caras e bocas e aposta no bom humor para atrair adeptos. Os fiéis contam que o padre Chrystian já celebrou uma missa segurando uma manga e, no sermão, repetia o jargão: “chupa essa manga”.
O florista Laércio Rodrigues, 32, é um dos que não perdem a liturgia. Quando soube da notícia de que um padre na cidade vinha dando conselhos amorosos, passou a frequentar as celebrações. Namorador assumido, se diz um viciado em “mulheres vagabundas”. Desde que começou a assistir à missa, disse, sua vida mudou. “Isso estava me arruinando, mas agora minha vida está melhor. Até me sobra dinheiro”, diz ele, que acaba de engatar um namoro novo.
Curiosidade
Nome. Em seu site na internet, o padre Chrystian Shankar fala sobre o significado de seu nome. “Chrystian quer dizer ‘aquele que segue a Cristo’ e Shankar significa ‘aquele que leva alegria’”. (Com agências)


Estudante de 22 anos é o mais novo procurador do Rio

Victor Willcox Rosa, de 22 anos, é o mais novo procurador nomeado da história da Procuradoria Geral do Município (PGM) do Rio de Janeiro. Ele se formou em 2010, quando começou a se dedicar ao concurso para a procuradoria. Passou em 15º lugar e foi o último a ser nomeado dos 35 candidatos aprovados.
A cerimônia de posse foi no dia 15 de março. O salário inicial de um procurados é de R$ 14.000.
Sua aprovação num concurso tão difícil tem provocado curiosidade nos meios jurídicos e forenses. Seu primeiro trabalho na PGM será proferir, junto com os demais aprovados, uma palestra para uma turma de jovens residentes.
Apesar da pouca idade Vitor sempre soube o que queria. “Cheguei a estagiar em outra área, mas, quando me formei, só pensei em estudar muito para poder ser procurador, não me imagino fazendo outra coisa”, afirma o jovem.
A Procuradoria Geral do Município é o órgão gestor do Sistema Jurídico Municipal, responsável pela defesa judicial e extrajudicial do Rio e pela consultoria jurídica dos órgãos municipais, bem como pela inscrição e cobrança da dívida ativa municipal.

sexta-feira, 23 de março de 2012

CPAD lança site contando a história da Harpa Cristã que comemora 90 anos

CPAD lança site contando a história da Harpa Cristã que comemora 90 anos
Nesta quarta-feira (21) a Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD) está lançando um site exclusivo para comemorar os 90 anos da Harpa Cristã, o hinário oficial das Assembleias de Deus no Brasil.

A página vai contar toda a história do hinário que faz parte de gerações de assembleianos. A CPAD preparou notícias, vídeos e o histórico do hinário mais popular da igreja evangélica brasileira.

A primeira edição foi lançada em 19222, em Recife (PE), com hinos para todos os tipos de celebrações que acontecem na igreja: cultos públicos, batismo, casamento, Santa Ceia, entre outros.

Para comemorar essas nove décadas o site www.harpacrista.com.br também fala sobre o culto que aconteceu nos dias 12 e 13 de março comemorando o aniversário da Harpa Cristã e os 70 anos do Círculo de Oração no Brasil.

Assim como 2011 que foi comemorado os 100 anos das Assembleias de Deus no Brasil, 2012 também começa com várias festividades marcando a história da maior igreja evangélica do Brasil, um ministério histórico que preserva suas raízes até os dias de hoje.

Jogador de Futebol que ‘morreu’ em campo, ressuscita após 78 minutos. Foi um milagre, disse o médico

GOSPEL Jogador de Futebol que ‘morreu’ em campo, ressuscita após 78 minutos. Foi um milagre, disse o médico Noticia mundo
O jogador de futebol Fabrice Muamba esteve "morto" por 78 minutos após sofrer um ataque cardíaco em campo no último sábado, disse nesta quarta-feira o médico do clube inglês em que ele atua.
De acordo com o médico, o coração de Muamba parou de bater, e ele não respirou durante o período.
"Foram 48 minutos após o incidente para chegar ao hospital, e outros 30 minutos depois", disse Jonathan Tobin à BBC. "Na realidade, ele esteve morto durante este tempo."
O médico do Bolton Wanderers disse estar impressionado com a recuperação do atleta de 23 anos, mas acrescentou que ainda é muito cedo para prever se ele voltará a jogar futebol.
"Temíamos o pior e não achávamos que iríamos ter a recuperação que tivemos", afirmou. "É incrível."
Tobin disse que o jogador recebeu dois choques desfibriladores em campo, um no túnel dos jogadores e outros 13 na ambulância no caminho para o hospital, mas nenhum funcionou.
Milagre
O médico do Tottenham, clube rival do Bolton na partida de sábado, Shabaaz Mughal, que ajudou a prestar socorros a Muamba, disse que "ele pareceu respirar por umas duas vezes, e depois não respondeu mais".
Os dois foram ajudados por Andrew Deaner, cardiologista do Hospital do Coração de Londres, que estava no estádio como expectador e foi ao campo ao perceber que algo sério se passava.
"Quando vi que eles começaram a fazer a reanimação cardiopulmonar, algo me angustiou. Você sempre espera que, se tiver o desfibrilador e chegar rapidamente ao local, eles (os pacientes) vão responder depois de dois ou três choques."
"Quanto mais demora a ressuscitação, menores as chances de sobrevivência", acrescentou. "Mas este é um atleta muito saudável, de 23 anos de idade, que foi atendido por pessoas treinadas."
"Se for usar o termo milagroso, ele provavelmente caberia aqui. Ele teve uma recuperação impressionante até o momento."
"Duas horas depois, sussurrei ao seu ouvido: 'qual seu nome?' E ele disse 'Fabrice Muamba'; eu falei 'ouvi dizer que você é um ótimo jogador', e ele: 'eu tento'."
"Veio uma lágrima ao meu rosto", recorda Deaner. "Não quero me precipitar, mas, da forma como as coisas estão agora, a vida dele não está mais em risco."

Pastor é condenado na Ásia a três anos de prisão por evangelizar com filme sobre Jesus

Pastor é condenado na Ásia a três anos de prisão por evangelizar com filme sobre Jesus
O tribunal superior do Butão, na Ásia, condenou o missionário do Gospel For Asia (Evangelho para a Ásia), Ugyen Tashi, a três anos de prisão por “tentativa de promover a agitação civil” ao mostrar um filme sobre Jesus.
Ugyen andou por dois dias com um gerador e um projetor em aldeias do interior do Butão com o propósito de dar às pessoas uma chance de aprender sobre Jesus. Mas um dos chefes da aldeia soube do conteúdo do filme e informou o chefe do seu distrito, que então chamou a polícia para prender Ugyen, em maio do ano passado.
Enquanto a polícia investigava o caso, o pastor Ugyen foi mantido em um pequeno quarto juntamente com três outros detentos, entre maio e agosto de 2011. A investigação foi rodeada de diversos questionamentos, adiamentos, declarações e espera.
Um correspondente do Gospel For Asia relatou que o ”pastor Ugyen disse que não está ocioso, e embora ele não seja capaz de compartilhar abertamente, ele está fazendo o melhor de cada oportunidade para compartilhar a Boa Nova de Jesus… Há poucos detidos que estão interessados”.
Os líderes do Gospel For Asia inicialmente se reuniram com as autoridades locais para pedir a liberação de Ugyen sobre fiança, mas os oficiais recusaram a petição por considerar o caso muito grave e uma possível violação da Constituição do Butão, que afirma que “ninguém será obrigado a pertencer a outra fé por meio de coerção ou de incentivo”.
Em 17 de agosto, o tribunal apresentou todas as declarações de Ugyen na presença dos funcionários e pediu ao pastor que exibisse o filme polêmico sobre a vida de Jesus perante o tribunal no dia seguinte.
Embora tenha sido relatado que os funcionários judiciais queriam assistir ao filme, o veredito final foi pronunciado com a condenação de três anos e o filme nunca foi exibido.
O Butão é uma das nações menos evangelizadas do mundo, de acordo com a Operation World (Operação Mundo). Isto decorre em parte ao isolamento deliberado do país em razão de outras culturas. O governo e o povo procuram proteger suas antigas tradições, seu modo de vida e, especialmente, a sua religião.

Apóstolo diz que “uma nova ordem” irá trazer poderes sobrenaturais aos cristãos

Apóstolo diz que “uma nova ordem” irá trazer poderes sobrenaturais aos cristãos
De acordo com o  ”profeta” e “apóstolo” da Nova Reforma Apostólica, Chuck Pierce, uma “nova ordem” está para acontecer e os cristãos vão experimentar poderes sobrenaturais que lhes permitirão ver o futuro.
Chuck promove a noção de dominionismo cristão, onde os cristãos irão realizar “sinais e maravilhas” e controlar sete montanhas de influência cultural – governo, educação, religião, família, artes e entretenimento, negócios e mídia – para trazer um reino cristão para Jesus retornar e governar.
Em janeiro, ele previu que a Califórnia poderia experimentar sismos de magnitude 8 ou superior, se os protestos contra a Proposição 8 (lei do estado da Califórnia que impede o casamento entre pessoas do mesmo sexo), fossem bem sucedidos. Ele também afirmou que Deus criou o terremoto e tsunami no Japão para quebrar a sua “fortaleza de espiritismo”, assim as pessoas voltariam para Jesus Cristo.
Em um vídeo divulgado pela Morning Star Ministérios de sua conferência profética avançada , Pierce disse:
”Este ano, se eu pudesse dizer algo para você, é que estamos no meio. Deixamos 2011; onze significa caos e confusão – eu viraria e diria a alguém [eu estou contente que está acabando]. Estamos nos movendo, agora me ouça atentamente, eu não acho que nós estamos lá ainda, mas estamos nos movendo para a nova administração. Isso é o que doze significa. Estamos nos movendo para algo que irá produzir uma nova ordem, em que as necessidades de nossa vida individual, corporativa, e nosso território, precisam de uma ordem de um novo reino. Então, nós estamos entre 11 e 12″.

Pesquisa mostra que leitores americanos possuem muitas Bíblias mas leem pouco

Pesquisa mostra que leitores americanos possuem muitas Bíblias mas leem pouco
Uma pesquisa realizada pela LifeWay Research (Pesquisa de Estilo de Vida) com mais de 2.000 norte-americanos que leem a Bíblia, constatou que apenas cerca de um terço deles lê quase todos os dias, embora o leitor médio possua 3,6 cópias da Bíblia.
“O que aprendemos a partir deste estudo, é que os leitores americanos que possuem várias Bíblias é muito mais prevalente sobre aqueles que regularmente investem tempo em ler a Bíblia”, disse Ed Stetzer, presidente da LifeWay Research.
A LifeWay Research falou com os participantes pelo telefone, e reuniu informações sobre os hábitos dos leitores da Bíblia, incluindo onde e quando leem suas Bíblias. Parecia haver uma ampla variedade de respostas sobre a frequência da leitura da Bíblia.
37% dos entrevistados disseram que leem quase todos os dias, enquanto 22% leem de três a cinco vezes por semana e outros 22% leem uma ou duas vezes por semana. Até 11% leem a Bíblia duas ou três vezes por mês, e 8% apenas uma vez por mês.
Em comparação, 84% dos norte-americanos em média, possuem mais do que uma Bíblia – os indivíduos geralmente possuíam 3,6 cópias do livro sagrado. Apesar desta estatística, 74% dos entrevistados tinha uma Bíblia preferida que eles usavam a maior parte do tempo.
Outro dado importante foi que os leitores regulares da Bíblia também se envolviam com frequência em outras atividades religiosas. Em um mês típico, 85% assistiram a um culto, 72 % leram livros religiosos, 53% frequentam a escola dominical ou classes de educação cristã, 51% assistiram a um pequeno grupo, 50% leem revistas religiosas e 47% eram líderes voluntários.

Jovens cristãos unem-se em jejum para interceder contra fome mundial

Durante os dias 23 e 24 de março, jovens evangélicos estão organizando uma campanha de 24 horas de jejum para interceder e denunciar o problema da fome no mundo.
Os jovens envolvidos na campanha, que envolve 13 países da América Latina e está sendo viabilizada pela Visão Mundial, deverão, além de abster-se de alimentos, renunciar a comodidades pessoais como internet, televisão ou telefone celular.
A iniciativa é uma forma de denunciar o fato de que mais de 20 mil crianças morrem por dia por desnutrição, a “causa mais extrema da pobreza”.
“Nosso continente necessita pessoas valentes, dispostas a se colocar no lugar dos mais necessitados. Jovens que unam suas vozes e expressem sua luta contra a fome que afeta a América Latina e a África”, convoca o site do projeto.
Não só a África sofre com o problema da desnutrição. Segundo informações que constam no site do projeto, a país pode melhorar seus índices de nutrição nos últimos 12 anos, mas certas regiões, principalmente do norte e nordeste, ou mesmo área periféricas urbanas são focos de altos índices de desnutrição.
“Se separamos as regiões mais ricas das mais pobres, os índices ainda podem melhorar, e muito”, ressalta o site.
Além do jejum, os participantes irão promover eventos visando a arrecadação de fundos, como a venda de comida e solicitação de doações que podem eventualmente viabilizar encontro maiores, como shows, palestras e eventos culturais.
Os fundos serão entregues posteriormente à Visão Mundial. A arrecadação dos eventos maiores visa projetos assistenciais específicos e também suporte às milhares de pessoas que enfrentam a fome na África.

AVOÁFRICA 3 leva alimentos para orfanato do Zimbábue

AVOÁFRICA 3 leva alimentos para orfanato do Zimbábue

No último dia 17 o missionário e pastor Isaias dos Santos esteve entregando alimentos na terceira edição do projeto AVOÁFRICA 3 que tem como objetivo levar alimento para viúvas e órfãos em Zimbábue, na África.

Ao lado de sua esposa, irmã Tatiane, e de seus filhos, Marlon e Adonai, o pastor tem feito a distribuição de alimentos a fim de amenizar os problemas sociais daquele país. Com a ajuda de igrejas e evangélicos brasileiros o pastor tem conseguido comprar alimentos e entregar nos locais mais necessitados.

Dessa vez a entrega foi feita em um orfanato, foram 600 quilos de alimentos entregues, produtos comprados no próprio país uma vez que a importação é muito cara. Além do fubá de milho, alimento preferido dos nativos, também foram entregues feijão, farinha de trigo, arroz, peixe seco, óleo, suco de laranja, açúcar, tempero, barras de sabão e muitos outros alimentos.

O orfanato beneficiado foi o Harare Children?s Home (Lar das Crianças de Harare), que fica no bairro de Eastle na capital Harare. Assim como a sociedade este orfanato tem sofrido com o bloqueio econômico e além das crianças, mães e outras pessoas compareceram ao local para participar do culto e receber a doação.

Em Zimbábue há um grande número de órfãos, pois é o país com maior número de pessoas com AIDS, além disso, muitas daquelas crianças que estão no orfanato Harare Children’s Home foram vítimas de violência doméstica, abusos sexuais, abandono e muitos outros motivos.

?A distribuição começou e a alegria foi geral, aquelas mãozinhas estendidas falavam muito ao nosso coração e nos fazia lembrar da luta que temos para convencer algumas igrejas e amigos, que ainda não são parte deste trabalho, a se juntar a nós”, diz o pastor Isaias.

O portal Gospel Prime apoia este projeto e pede a ajuda de seus leitores para que o pastor Isaias que está em missão naquele país possa levar não só alimento espiritual como também físico

Programa de educação cristã ajuda crianças marginalizadas na Índia

Programa de educação cristã ajuda crianças marginalizadas na Índia
O ministério Gospel For Asia (Evangelho para a Ásia), que trabalha em todo o continente asiático, continua a encontrar formas eficazes para atender homens, mulheres e crianças que se encontram mergulhados em pobreza extrema no subcontinente indiano; muitos deles presos ao trabalho escravo, a servidão por dívidas e à exploração por pessoas de posição elevada na sociedade.
E mais uma forma que o Gospel For Asia encontrou foi o Ponte da Esperança, um programa infantil de extensão desenvolvido para resgatar milhares de crianças na Ásia da vida de pobreza e desesperança, lhes dando uma educação e os introduzindo ao amor de Deus.
Daniel Punnose, vice-presidente do Gospel For Asia, diz que o ministério está expandindo seus esforços para alcançar as crianças Dalits (“impuros”, segundo o sistema de castas do hinduísmo), ou muitas vezes conhecidos como os ”intocáveis​​”.
“Se você já viu o filme [Quem quer ser um milionário?], essas crianças e as famílias…são os Dalits”, explica Daniel. “Há uma divisão religiosa da cultura, e se você está no topo da casta, você está indo muito bem; se você estiver no fundo, sua vida é praticamente condenada. Isso define o seu nome, define sua vida, onde você mora; define com quem você vai casar, ela define o que você come e como você come”.
Daniel revela que um sistema de crença religiosa de aproximadamente 3.000 anos determina o valor de um indivíduo através de um sistema de castas, e o programa Ponte da Esperança procura quebrar esse ciclo.
“Nosso coração é ver se podemos obter meio milhão de crianças educadas, ajudá-las a aprender a ler e escrever. E depois aprender o valor da sua vida com base no que a Palavra de Deus diz”, disse Daniel. ”E para ajudá-los a ver que sua vida é importante”.
Cerca de 50 milhões de crianças trabalham como operários na Índia e outro 1,2 milhões são forçadas à prostituição infantil.

Campanha de pastor pretende combater o aquecimento global reduzindo a população

Campanha de pastor pretende combater o aquecimento global reduzindo a população De acordo com o One News Now, um pastor americano está promovendo uma nova campanha de planejamento familiar um tanto quanto peculiar. Richard Cizik, anteriormente membro da Associação Nacional de Evangélicos, realiza agora com a Parceria Evangélica para o Bem Comum, uma campanha que pretende reduzir a população sob o pretexto de combater o aquecimento global.
Cal Beisner, fundador e porta-voz nacional da Aliança Cornwall para o Manejo da Criação, explica: “Se você vê seres humanos como nada além de pegadas de carbono, eu acho que faz sentido. O triste fato é que Cizik parece pensar que combatendo o aquecimento global isso é uma desculpa para apoiar programas de planejamento familiar em todo o mundo”.
Beisner diz que o comum entre programas de planejamento familiar é que esses programas tendem a se tornar predominantemente coercitivos, ou pelo menos altamente manipuladores.
“[Os programas] oferecem às pessoas recompensas imediatas para as decisões que elas vão se arrepender mais tarde, muitas vezes levando à esterilização involuntária ou apenas marginalmente voluntária, para as mulheres depois de um primeiro parto”, disse Cal. ”A história do planejamento familiar, a história do movimento de controle da população com mais de 100 anos, é muito clara sobre isso”.
Beisner acrescenta que, embora Cizik possa encontrar apoio bíblico para cuidar do planeta, ele não pode receber esse apoio para a contracepção ou planejamento familiar, muito menos no controle da população.

Oramos por 9 horas, diz evangélica brasileira sequestrada no Egito

Oramos por 9 horas, diz evangélica brasileira sequestrada no Egito
Duas brasileiras foram sequestradas no Egito enquanto faziam uma excursão pelo Egito e a Terra Santa, com outros 40 membros da Igreja Evangélica Avivamento da Fé, com sede em Osasco, São Paulo. Sara Lima Silvério, 18 anos, e Zélia Magalhães de Mello, 45, foram libertadas sem ferimentos.

Os brasileiros saíram do Cairo e tomaram uma estrada rumo ao Monte Sinai neste final de semana. “De repente, dois carros ultrapassaram o ônibus e eles desceram atirando. Foram vários disparos, de metralhadora e de fuzil. Eles atiraram na porta do ônibus. Achei que estavam até atirando na gente já. Foi então que eles entraram no ônibus e levaram as duas para fora”, lembra o pastor Dejair Silvério, pai de Sara.

Um grupo de beduínos sequestrou, além das duas brasileiras, o segurança do ônibus, que é egípcio e estava armado, informou o Itamaraty. Os sequestradores colocaram os reféns em um carro e fugiram para uma região montanhosa, segundo autoridades egípcias.

Os demais brasileiros que estavam no veículo foram escoltados por duas equipes das Forças Armadas egípcias para um hotel perto do Monte Sinai, segundo Silvério.

“A gente foi tirada do ônibus, colocada dentro de um carro. Levaram a gente para o meio do deserto, no Vale do Sinai. Lá eles colocaram um tapete no chão, a gente sentou e eles deram várias cobertas. Depois, serviram chá, serviram comida”, conta Sara. ?A gente orou por nove horas, desde o momento em que fomos levadas até o momento em que chegamos ao hotel?, comemora.

“Não me tocaram. Não molestaram nenhuma de nós. Eles não foram agressivos com a gente”, disse, após chegar ao hotel na noite deste domingo (18) escoltada por generais do Exército egípcio.

As brasileiras dizem acreditar que os beduínos “quiseram chamar a atenção do governo? e que ?Foi algo político?. Não há conotação religiosa por elas serem cristãs.

?A gente só achava que ia acontecer alguma coisa quando eles começavam a falar muito alto. Mas a gente não chorou, não gritou, manteve a calma”, disse Sara.

Ela explica como foi o reencontro com a família, pai, mãe e irmã, que aguardavam sua chegada ao hotel perto do Monte Sinai. “A gente começou a dançar. Todo mundo abraçou a gente. Foi uma experiência incrível, porque acrescentou à minha fé. Fiquei muito feliz de ver todo mundo.”

Agora o grupo da igreja vai para Israel nesta semana e deve voltar ao Brasil no dia 27. Sara explica que foi bem tratada pelos beduínos e que faria outra viagem ao país “sem problemas”.Esse é o terceiro caso de sequestros de turistas por beduínos em 2012. Vinte e cinco trabalhadores chineses foram levados reféns durante 20 horas em janeiro.

Em fevereiro, foram seqüestrados três turistas sul-coreanos, além de duas americanas e um guia egípcio, em outro episódio.

A exigência de resgate é sempre a libertação de companheiros detidos, pois muitos beduínos estão presos por conta de seu envolvimento em atentados praticados na região entre 2004 e 2006, que mataram cerca de 130 pessoas.

Nova novela da Rede Globo mostrará uma ex-atriz pornô que se torna evangélica


Nova novela da Rede Globo mostrará uma ex-atriz pornô que se torna evangélica
De acordo com a coluna de Patrícia Kogut, do jornal O Globo, a atriz Paula Burlamaqui está frequentando igrejas evangélicas para observar o comportamento de mulheres que se converteram e deixaram o passado.

O estudo vai servir para o papel que a atriz terá na próxima novela das Globo “Avenida Brasil” com estreia prevista para 26 de março. Paula será Soninha Catatau, uma ex-atriz de filmes adultos que vai se tornar evangélica e passar a usar o nome de Dolores.

Vou começar a frequentar cultos na igreja e observar o comportamento das mulheres. Estou louca para começar a gravar, disse a atriz que na semana que vem já entra no estúdio de teledramaturgia da Rede Globo.

A personagem, que promete gerar polêmica, entra na trama de João Manuel Carneiro a partir do capítulo 20 tentando esconder seu passado dos moradores da nova cidade.

“Terei um filho com Silas, personagem de Aílton Graça, e vou chegar à cidade escondendo o meu passado. Adoro personagens polêmicos. É sempre gostoso fazer. Vai ser um bafão”, adianta Paula que está ansiosa para estrear seu personagem.

Jornal Hoje, da Globo, mostra origem do tanque de Siloé, local onde Jesus curou um cego

Jornal Hoje, da Globo, mostra origem do tanque de Siloé, local onde Jesus curou um cego
Uma reportagem realizada pela Rede Globo, exibida no Jornal Hoje, mostrou a origem do Tanque de Siloé, que foi o local onde Jesus realizou o milagre da cura de um cego. A construção histórica foi realizada há aproximadamente 2700 anos, quando o Rei Ezequias reinava em Israel.
O túnel do Rei Ezequias era responsável pelo abastecimento de água na cidade de Jerusalém, uma espécie de aqueduto que trazia água de fontes próximas até o centro da cidade.
A construção do túnel foi realizada por escravos, possui aproximadamente 500 metros de extensão de escavações na rocha, com pontos de até 5 metros de altura. Foi idealizado com a finalidade de levar a água a um lugar seguro, evitando a falta de abastecimento de água em caso de guerra, já que Israel estava em iminente perigo de ser atacado pelo exército sírio.
A Bíblia relata o milagre da cura de um cego no Evangelho de João, no capítulo 9, onde o cego, por ordem de Jesus, lava-se no tanque de Siloé e é curado.

Caravana evangélica é atacada a tiros no Egito e duas fiéis são sequestradas. Após negociação com governo, rebeldes libertam as reféns

Uma caravana religiosa de evangélicos brasileiros que viajavam pelo Egito foi atacada a tiros por um grupo de beduínos, que levaram duas mulheres do grupo como reféns.
Os fiéis que excursionavam pelo Egito, rumo ao Monte Sinai, são membros da Igreja Avivamento da Fé, em Osasco, região metropolitana de São Paulo.
Segundo informações do Estadão, a mãe de uma delas, Marli Silvério, confirmou a libertação de sua filha Sara Lima Silvério, 18 anos, e de sua amiga, Zélia Magalhães, 45 anos. A libertação ocorreu no final da noite de Sábado, 17/03, após intensa negociação entre o Ministério do Interior do Egito e o grupo de beduínos.
As exigências dos sequestradores eram que o governo libertasse o filho de um líder beduíno, que havia sido preso recentemente por posse de armas e drogas. Os beduínos são um grupo egípcio que se juntou à revolta popular que culminou na queda do ex-presidente do país, Hosni Mubarak. Porém, o grupo tem demonstrado insatisfação com o atual governo provisório, liderado pelos militares.
A caravana dos evangélicos era formada por 42 pessoas, e liderada pelo pastor Dejair Batista Silvério. O pastor, pai de Sara, afirmou em entrevista por telefone ao telejornal Bom Dia Brasil, da TV Globo, que os sequestradores não maltrataram as reféns. No relato do incidente, ele afirmou que o ônibus foi “metralhado” durante a abordagem: “Foram vários disparos, de metralhadora e de fuzil. Eles atiraram na porta do ônibus. Achei que estavam até atirando na gente já. Foi então que eles entraram no ônibus e levaram as duas para fora”, relatou o pastor.
Segundo o Ministério das Relações Exteriores, o brasileiro prestou assistência ao grupo e manteve contato com o Ministério do Interior do Egito, para ajudar a solucionar o caso. Os sequestradores levaram também o motorista do ônibus e o guia turístico que acompanhava a caravana, de acordo com informações do Itamaraty.
O pastor Dejair afirmou que um general egípcio o procurou e deu garantias de que o incidente terminaria bem: “Assim que aconteceu o sequestro, ele tomou conta do caso, reuniu vários líderes beduínos e falou para mim: ‘Eu empenho a minha palavra, a minha honra, que às 22 horas (locais, 17h em Brasília) estarei com as duas aqui”, relatou.
Os fiéis planejavam cruzar a fronteira com Israel após a visita aos lugares sagrados do Egito e retornar ao Brasil apenas no dia 27/03. Não foram divulgadas informações se os turistas retornarão ao Brasil imediatamente ou se manterão o planejamento inicial.

Jornal Hoje faz reportagem sobre o túnel construído pelo Rei Ezequias

Jornal Hoje faz reportagem sobre o túnel construído pelo Rei Ezequias
Uma reportagem especial do Jornal Hoje que foi ao ar na quinta-feira (15) mostrou um túnel que foi construído em Israel cerca de 2700 anos atrás para auxiliar no transporte de água para Jerusalém.

Segundo historiadores o túnel, de quase 500 metros de extensão, foi feito a mando do Rei Ezequias para assegurar o abastecimento da cidade que naquela época vivia uma ameaça de invasão.

O repórter Carlos de Lannoy e a equipe da Rede Globo demoraram 20 minutos para fazer o percurso mostrando o trabalho feito na rocha de forma rápida, antes que o exército sírio conseguisse cercar Jerusalém. As rochas foram esculpidas com materiais muito simples e passam por Siloé, um dos lugares de maior tensão no Oriente Médio.

As águas que passam por esse túnel alimentam o Tanque de Siloé, um lugar sagrado para os cristãos, pois naquele tanque Jesus curou um cego.

O guia explica que dois grupos escavaram o túnel, sendo que cada grupo veio por um lado da rocha até que encontraram. A passagem é escura, estreita e tem algumas curvas.

O percurso passa pela Cidade de Davi que fica fora dos muros na Nova Jerusalém e vai até aos vestígios que sobraram do Tanque de Siloé.

Ex-terrorista mulçumano lança livro sobre sua conversão

Um ex-terrorista islâmico e agora convertido ao Evangelho está lançando o livro “O Sangue do Cordeiro”, onde relata seu testemunho de vida e conversão.
Em entrevista à TV CBN, emissora de conteúdo cristão dos Estados Unidos, Kamal Saleem contou suas experiências como terrorista aliado de políticos como Saddam Hussein (ex-presidente iraquiano) e Yasser Arafat (ex-presidente da Autoridade Palestina), além de grupos terroristas, como a Irmandade Muçulmana.
Em seu testemunho, Saleem conta que quando era jovem foi recrutado para estudar nos Estados Unidos e ajudar a destruir o país de dentro de suas fronteiras. No entanto, ao chegar na América acabou se convertendo ao evangelho. Durante a entrevista Saleem explicou à CBN os ideais islâmicos usados para doutrinar os jovens muçulmanos e sobre os fatos mais marcantes de sua conversão.
Saleem contou ainda sobre a experiência espiritual que teve ao ouvir uma voz falando diretamente com ele: “Você é meu guerreiro, você não é o seu guerreiro”. Ao que Saleem respondeu: “Meu Senhor, meu Senhor eu vou viver e morrer por você”. Mas, para seu espanto, Deus respondeu que morrer para Ele era “desnecessário”.
Atualemente, Saleem atua no alertar sobre as ameaças da Jihad Islâmica, conhecida como “guerra santa”, praticada pelos muçulmanos, e que motiva os ataques terroristas.


 

Israel estreita laços com o Brasil e oferece ajuda na segurança

Israel quer estreitar a cooperação nas áreas de ciência e tecnologia e de segurança nacional com o Brasil. Isso inclui ajuda para montar o esquema de segurança das Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro. A informação é do vice-ministro israelense de Relações Exteriores, Daniel Ayalon, que está visitando o Brasil. Nesta quarta-feira, ele teve reuniões com o presidente do Senado, José Sarney, e com o vice-presidente da República, Michel Temer.
Segundo Ayalon, Israel pode ajudar o Brasil nas questões relacionadas à segurança dos Jogos Olímpicos porque o país dele “tem grande experiência na área de segurança interna”. O país é um dos que mais investem em segurança interna, por causa dos conflitos com os países árabes vizinhos, que remontam à criação do Estado de Israel, após a 2ª Guerra Mundial, e com grupos armados que defendem a criação do Estado Palestino.
Nos Jogos Olímpicos de 1972, em Munique (Alemanha), oito terroristas do grupo Setembro Negro, ligado à causa palestina, invadiram o alojamento dos atletas israelenses, mataram dois e fizeram nove reféns. Durante a tentativa de resgate pela polícia alemã, todos os reféns foram mortos, junto com cinco sequestradores e um policial. O fato ficou conhecido como Massacre de Munique.
Aylon disse que o governo israelense também tem interesse em abrir canais de cooperação com o Brasil na área de energia. Ele explicou que Israel descobriu, recentemente, uma reserva de gás natural em alto-mar e que essa é uma área na qual o Brasil já tem experiência.


Desenho animado “Midinho, o Pequeno Missionário” eleva ibope do programa “Show da Fé”, do missionário R.R. Soares

Desenho animado “Midinho, o Pequeno Missionário” eleva ibope do programa “Show da Fé”, do missionário R.R. Soares
A exibição de trechos de um desenho animado tem feito o Ibope do programa “Show da Fé”, apresentado pelo missionário R.R. Soares, subir de maneira significativa. O desenho, direcionado ao público infantil, faz sucesso também entre os adultos, e seus DVD’s já estão entre os produtos mais vendidos pela Igreja Internacional da Graça.
O desenho em questão é “Mindinho, o Pequeno Missionário”, que conta a história de um garoto que tem o desejo de se tornar um pregador evangélico. Através da vida do pequeno missionário, que sofre com o preconceito e a intolerância tanto de crianças como de adultos, o desenho apresenta lições sobre medo, perdão e outros valores cristãos.
Mindinho é uma produção da Graça Filmes, e está ajudando o programa da Igreja Internacional da Graça a ultrapassar a marca de 1 ponto no Ibope.
O jornalista Ricardo Feltrin afirmou em sua coluna F5, do portal UOL, que “depois da cobrança de dízimo com débito automático em conta corrente, o missionário R.R. Soares novamente faz história (e dinheiro)”, com a exibição de desenho.

Pastor evangélico agredido a facadas por extremistas islâmicos “salvou-se por milagre”

Pastor evangélico agredido a facadas por extremistas islâmicos “salvou-se por milagre”
O pastor evangélico John Pervaiz foi esfaqueado por extremistas islâmicos em Kasur, na província de Punjab (Paquistão). O ataque foi feito por dois homens que pretendiam assassinar o religioso. De acordo com a família de Pervaiz, ele sobreviveu à agressão por um milagre.
Esse tipo de ataque costuma acontecer no país “pelo ódio religioso, por acusações de proselitismo ou simplesmente porque os cristãos são vistos com ódio pelos fundamentalistas islâmicos”. Segundo a ONG paquistanesa LEAD (“Legal Evangelical Association Development”), o pastor sofreu várias feridas graves por arma branca no abdômen e teve que ser transferido com urgência a um hospital, onde passou vários dias entre a vida e a morte.
Membro da “Igreja do Paquistão”, Pervaiz professa a fé cristã há 14 anos e, liderado pelo ativista dos direitos humanos e da paz, Robert Azraiya, conduz os cultos da igreja protestante na cidade de Kasur. De acordo com sua família, o líder religioso “se salvou por milagre” e agora se recupera dos ferimentos com algumas poucas complicações.
Fiéis da igreja identificaram os agressores como Ghulam Muhammad e Ashfaq Rassol, e a organização LEAD já apresentou uma denúncia oficial à polícia pedindo a detenção dos suspeitos, que ainda não foram localizados.
A comunidade cristã no Paquistão afirma estar em oração em prol do pastor, para que “sua missão de anunciar o Evangelho possa continuar”. Eles pedem também que cristãos de todo o mundo orem “para apoiar às igrejas perseguidas no Paquistão”.

quarta-feira, 21 de março de 2012

Crescente no meio evangélico, ordenação de mulheres ao pastorado causa polêmica entre cristãos

Crescente no meio evangélico, ordenação de mulheres ao pastorado causa polêmica entre cristãos
No cristianismo protestante atual, diversas denominações vêm abrindo espaço para a ordenação eclesiástica de mulheres. Entretanto, uma polêmica paira em cima dessa prática, pois o assunto não é unanimidade entre líderes e fiéis.
Há denominações mais tradicionais contrárias à consagração de pastoras, presbíteras, diaconisas ou qualquer outro cargo religioso. No debate, os contrários a mulheres em cargos de comando dentro das denominações argumentam que Jesus não ordenou mulheres em seu ministério.
O professor de teologia Waldyr Carvalho Luz, do Seminário Presbiteriano do Sul, explica que a questão cultural do tempo que Jesus viveu, era um fator determinante para que ele não ordenasse uma mulher entre seus discípulos, e que Jesus também não deixou nenhum indício de que houvesse outro motivo para isso: “a questão da ordenança feminina às funções eclesiásticas (diaconato, presbiterato, ministério sagrado) nem sequer é ventilada através do Novo Testamento. Jesus, tanto no caso dos doze, como, quanto parece, na chamada Missão dos Setenta, aliciou apenas homens, como, aliás, era a norma no mundo contemporâneo. Se alguma outra motivação teve ele, não a explicitou. E conjecturar a esse respeito é irrelevante. Na Palestina dos dias de Jesus não haveria lugar para matriarcado e mulher em posição de autoridade”, declarou Carvalho, em entrevista à revista Ultimato.
O professor Waldyr Carvalho, porém, entende que a questão cultural nos dias atuais está superada, e que portanto, perante a luz do evangelho, é normal que uma mulher seja ordenada a um cargo eclesiástico. “Mercê da obra redentora de Cristo, cancela-se a disposição vigente e implanta-se um regime de paridade e equalização, abolidas as distinções prévias, homem e mulher a fazer jus ao mesmo ‘status’ em Cristo”, argumenta o professor.
Waldyr afirma ainda que a inclusão das mulheres nas atividades da igreja se dá por ação do Espírito Santo, e que não possui relação com a volta de Cristo: “A lenta, mas progressiva inclusão da mulher nos ministérios da igreja é a resultante lógica e natural da operação iluminadora do Espírito Santo a superar limitações e barreiras descabidas que entravam a obra do evangelho. Não se reveste de caráter escatológico, nem é sinal de tempos ou do fim do mundo. É simplesmente, o produto da incoercível dinâmica do evangelho na implantação do reino de Deus ao longo da história”.
Entre os contrários à ordenação feminina, há variados argumentos, entre eles, o de que Deus criou primeiro a Adão, e depois a Eva: “O assunto em questão não é para desmerecer o ministério das mulheres, mas para fazê-las enxergar, que essa ordenação de ‘pastoras’ não é bíblico, é humano, e totalmente carnal. A mulher nunca deve estar na posição de liderança espiritual, pois essa posição foi dada ao homem (Deus disse: Domine o homem). Isso é assim desde o princípio; Primeiro foi formado Adão, e depois Eva. Quando Deus criou Eva, a criou para ser ajudadora, auxiliadora. Ele não a criou para liderar. “Pastora” é uma posição de liderança e contrária à instituição Divina. Isto que está acontecendo em nosso meio é uma afronta ao nome de Deus”, opina o articulista do blog “O Bereano”.
Há críticas também ao fato de muitas igrejas considerarem que a esposa de um pastor também é pastora, devido à união conjugal: “Uma frase terrível que tem surgido nos seguimentos que ordenam mulheres ao pastorado é: Mulher de pastor é pastora, pois, Deus disse que seriam uma só carne. Que absurdo! Ainda usam a Palavra de Deus para tentarem dar bases as suas loucuras. O chamado é pessoal, o ministério é individual. Esposa de pastor não é pastora”, afirma o texto.
Há também, além dos argumentos relacionados ao ministério de Jesus, que notadamente não incluiu mulheres entre seus discípulos, o argumento de que na Bíblia, que possui diversos escritores, não existe nenhuma mulher: “Isso não significa que a mulher tenha menos capacidade intelectual ou espiritual. Entretanto, isso é uma clara mensagem de Deus para o Seu povo: Ele quer usar o homem na liderança. Isso é um fato incontestável que nenhuma feminista poderá jamais refutar. Ir de encontro a isso será uma rebeldia que cada uma irá carregar, arcando com as conseqüências”, pontua o artigo.
Porém, o bispo anglicano e Doutor em Escatologia e Ciências da Religião Hermes Carvalho Fernandes, afirma que “A atividade pastoral é, antes de tudo, um dom– O argumento usado por Pedro para justificar a inclusão dos gentios na igreja foi o dom do Espírito que lhes fora concedido da mesma maneira como aos judeus. Como os apóstolos poderiam impedir a sua inclusão? Semelhantemente, a igreja deve reconhecer o dom pastoral que tem sido concedido a indivíduos do sexo feminino. Ordenar nada mais é do que reconhecer o dom. Negar-se a reconhecer o dom conferido por Deus é o mesmo que resistir a Deus”, argumenta, citando a passagem bíblica de Atos 11.
Fernandes afirma que há denominações que reconhecem o dom mas não atribuem o título, o que para ele, é errado: “Se os líderes atuais reconhecessem o dom pastoral que Deus tem concedido à mulheres, toda discussão cessaria. Alguns, mesmo reconhecendo do dom, negam o título. Algumas denominações preferem chamá-las de ‘missionárias’, ‘doutoras’, mas jamais ‘pastoras’. Chega a ser ridículo. Em contrapartida, encontramos muitos homens que ostentam o título sem jamais terem sido vocacionados para o desempenho do pastorado”.
O bispo Fernandes pontua que no protestantismo, todos os crentes são sacerdotes, e refuta o argumento de que na Bíblia, nenhuma mulher foi ordenada a cargos eclesiásticos: “Alguém poderá argumentar que embora encontremos profetizas nas Escrituras, jamais encontramos sacerdotisas. Mas peraí… Cristo não substitiu o sacerdócio levítico por um eterno, onde todos somos igualmente sacerdotes? Eis um dos pilares da reforma protestante. Todos os crentes são sacerdotes, sem importar seu gênero. Manter a distinção entre clero e leigos é um ranço indesejável que herdamos do romanismo”, critica o bispo, mencionando a passagem bíblica de 1 Pedro, capítulo 2.

domingo, 18 de março de 2012

Biblioteca Nacional de Israel diponibiliza manuscritos teológicos de Isaac Newton

Biblioteca Nacional de Israel diponibiliza manuscritos teológicos de Isaac Newton
Conhecido por seus estudos científicos que revolucionaram a Física, a Matemática e a Astronomia nos séculos XVII e XVIII, Isaac Newton era também um estudioso em um campo de conhecimento que não o deu tanta visibilidade na história: a teologia.
Além de estudos conhecidos como as três leis do movimento, que são a base dos estudos da mecânica e levam seu nome, Newton deixou uma grande coleção de escritos sobre teologia. Como teólogo ele aplicou a abordagem científica ao estudo das Escrituras e do misticismo hebreu e judeu.
O legado teológico do cientista britânico está reunido em uma coleção de cerca de 7.500 páginas escritas a mão. Essa coleção pertence à Biblioteca Nacional de Israel que, de acordo com a Associated Press, digitalizou todo essa material e o disponibilizou online. Os textos abordam assuntos como interpretações da Bíblia, teologia, a história de culturas antigas, o tabernáculo e o templo judeu. Entre estes textos está a famosa previsão de Newton do apocalipse em 2060, que ele teria calculado com base em informações coletadas no Livro de Daniel.
De acordo com o curador da coleção de Ciências Humanas da Biblioteca Nacional de Israel, Milka Levy-Rubin, Newton era um cristão devoto que abordou muito mais a Teologia do que a Física, e que acreditava que a Bíblia fornecia um “código” para o mundo natural. O curador afirma também que, diferente da forma com que fazemos distinção entre essas áreas hoje, ciência e fé “para Newton era tudo parte de um mesmo mundo”. “Ele acreditava que o estudo cuidadoso dos textos sagrados era um tipo de ciência, que se analisado corretamente poderia prever o que estava por vir”, completou o curador.
Esses textos se tornaram propriedade da biblioteca israelense de uma maneira, no mínimo, curiosa: Anos após a morte de Newton em 1727, seus descendentes doaram seus manuscritos científicos à sua alma mater, a Universidade de Cambridge. Porém a universidade rejeitou os seus manuscritos não científicos, que foram leiloados na casa de leilões Sotheby’s em Londres em 1936. Como outra casa de leilões famosa de Londres, a Christie’s, estava oferecendo uma coleção de arte impressionista que chamou muito mais atenção, apenas dois lançadores sérios se interessaram pela coleção de Newton naquele dia. Os escritos teológicos foram arrematados por Abraham Shalom Yahuda, um pesquisador de estudos orientais judaicos.
A coleção de Yahuda foi legada à Biblioteca Nacional de Israel em 1969, anos após sua morte. Em 2007, a biblioteca exibiu os papeis pela primeira vez, e agora elas estão disponíveis para todos online.
Levy-Rubin afirma que os textos mostram que “no que diz respeito a Newton, sua abordagem da História era tão ciência quanto à da Física. Sua visão de mundo era que o seu ‘laboratório’ para entender a história era a Bíblia”. O curador disse ainda que, para Newton, “sua fé não era menos importante para ele do que sua ciência”.