Digital clock

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Cristã revela como é cultuar a Deus em igrejas subterrâneas, em um país marcado pela perseguição religiosa

Cristã revela como é cultuar a Deus em igrejas subterrâneas, em um país marcado pela perseguição religiosa
Localizado na África, Eritreia é um país que apesar de ter quase metade de sua população composta por cristãos sofre com a perseguição religiosa, estando em 10º lugar na classificação dos lugares onde mais existe perseguição em todo o mundo. Por isso, os cristãos do país são obrigados a realizar seus cultos em segredo, geralmente em igrejas subterrâneas.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
A cristã Misgana, que vive no país, falou ao Ministério Portas abertas como é viver sua fé nesse país, onde todas as igrejas evangélicas estão fechadas desde uma lei em 2002, e mais de 2.800 cristãos estão na prisão, e seus familiares não têm notícias deles há meses e anos.
- Como você sabe, as nossas igrejas estão fechadas. Assim, somos obrigados a nos reunir no subsolo das casas. Alguns irmãos cedem seus lares voluntariamente para que possamos adorar a Deus. Nós prestamos culto ao Senhor em quartos e cozinhas abaixo do chão. – relatou.
Misgana ressaltou também sentir falta da liberdade que os cristãos já tiveram no país, em contraste com a situação vivida atualmente.
- O que sinto falta de quando éramos livres para exercer nossa fé em Cristo publicamente, é de poder cantar com alegria, em voz alta. Agora, só podemos sussurrar. Imagine o quão difícil é para nós! Queremos expressar nossa felicidade no Senhor, mas não podemos. Mesmo assim, ele ouve o nosso sussurro, ele está sempre conosco – destacou.
No país, fazer parte de uma igreja subterrânea ou participar de uma reunião cristã é um crime grave. Então, todos os dias, cristãos eritreus arriscam suas vidas, sob pena de serem presos, mas não abrem mão de dizer a Jesus o quanto eles o amam.
Firme em sua vontade de cultuar a Deus, a cristã pede que os cristãos de todo o mundo os ajudem em oração, pra conseguir superar as dificuldades impostas pela perseguição.
- Nossos olhos estão fixos em Jesus, nada mais. Ore pelos cristãos na Eritreia, para que possamos adorar a Deus livremente algum dia, de alguma forma. Nós queremos dar glórias a ele em nossa cidade, nos reunir e nos alegrarmos nele. Essa é a minha oração. Ajude-me através da sua intercessão – completa Misgana, pedindo a todos que intercedam em oração pelos cristãos de seu país.

Estudos querem comprovar a contribuição da fé para evitar ou recuperar problemas no coração.

Estudos querem comprovar a contribuição da fé para evitar ou recuperar problemas no coração
A máxima de que a fé ajuda de forma prática na vida e contribui de maneira significativa para a saúde está se tornando alvo de estudos médicos.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
No próximo 68º Congresso Brasileiro de Cardiologia, que acontecerá em setembro, no Rio de Janeiro, um dos temas tratados pelos profissionais será a importância da espiritualidade na recuperação de pacientes com problemas cardíacos.
“Baseado em alguns casos, resolvemos estudar se a religiosidade realmente faz com que os pacientes adoeçam menos e tenham menos problemas cardiovasculares”, explica o cardiologista Álvaro Avezum, do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, localizado em São Paulo.
O estudo leva em consideração as diferenças entre espiritualidade e religiosidade, que são significativas no âmbito da ciência. A religiosidade está intimamente atrelada às crenças e cultos, enquanto a espiritualidade refere-se à forma como a pessoa lida com as dificuldades diárias e como absorve os sentimentos.
“Pesquisamos se, antes de o problema celular se manifestar no corpo, o agir e o pensar podem antecipar essa desorganização celular”, contextualiza o médico cardiologista.
Um levantamento feito junto a colegas de profissão leva Álvaro Avezum a frisar que “algumas escolas médicas afirmam que pessoas assíduas a um determinado culto religioso ou que se apegam à religião têm uma evolução melhor” em tratamentos de saúde.
Ainda sem uma conclusão sobre o tema, é possível que a ciência descubra o que muitos fiéis já adotam como verdade. “Sem fé, a vida se torna muito mais curta”, disse o aposentado João de Oliveira, ao jornal Extra.

Crescimento de Jovens evangélicos chega a 70% em São Paulo e chega a 3º do mundo

banner


Os números da pesquisa apontam para 338 mil moradores jovens que declararam ter relação com alguma igreja evangélica na região do ABCD - que compreende a região industrial, com os municípios de Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e Diadema. Com a faixa etária de até 29 anos, o grupo era 236 mil pessoas no ano de 2000.
“Esse crescimento também é atrelado a uma abordagem mais jovem, um público que ficou afastado por muito tempo. No final dos anos 1980, começo dos 1990, começou um movimento gospel que trouxe uma linguagem muito mais voltada para jovens, com músicas, por exemplo”, explicou Magali do Nascimento Cunha, professora do Curso de Teologia da Universidade Metodista de São Paulo, ao jornal ABCD.
“É uma linguagem que não é apenas jovem, mas uma cultura em que ser cristão não é ser ultrapassado, mas que pode ser algo moderno também”, complementou a pesquisadora.
O Censo Demográfico foi divulgado em 2012. No Brasil, o aumento do número de evangélicos chegou a 61% em 10 anos. A queda percentual de católicos foi considerada histórica pelos pesquisadores. O estudo revelou ainda que os jovens brasileiros são muito religiosos e estão em 3° lugar no mundo.
A maior população evangélica é a do estado de Rondônia, com 33,8%. A região com menos adeptos da religião é a Serra Gaúcha, onde algumas cidades apresentam apenas 1% da população. O estado do Rio Grande do Sul mostra um crescimento de aproximadamente 3% ao ano, menos da metade da média brasileira de 7,4% de evangélicos ao ano.
“Quando os evangélicos eram em torno de 13 milhões tínhamos 880 missionários trabalhando em missões transculturais. Depois de pouco mais de 20 anos somos 45 milhões com apenas 3.200 missionários transculturais. A partir do ano 2000, o crescimento caiu vertiginosamente. Hoje existe apenas um aumento de 3,5 % em números de missionários enviados anualmente”, publicou em artigo sobre o tema a instituição evangélica Servindo Líderes e Pastores (Sepal), ressaltando que o crescimento não chegou ao campo missionário.
O assunto já foi destaque da revista Veja, que apontou o Brasil como um dos países com maior população evangélica do mundo, apesar de ser a segunda religião, ficando atrás apenas do Catolicismo. Segundo a publicação, as igrejas que possuem mais templos são a Igreja Internacional da Graça de Deus, Comunidade Sara Nossa Terra e a Igreja Apostólica Renascer em Cristo.

Perseguição religiosa causa morte de 100 mil cristãos a cada ano, afirma Vaticano


Perseguição religiosa causa morte de 100 mil cristãos a cada ano, afirma VaticanoO Vaticano apresentou um relatório à ONU no qual relata que a perseguição e o fanatismo religioso causam a morte de 100 mil cristãos todo ano. O relatório foi apesentado por Silvano Maria Tomasi, embaixador do Vaticano, e detalha que as regiões mais críticas são a África, Oriente Médio e Ásia.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel- Os números parecem muito altos, mas são todos comprovados – explicou o monsenhor Tomasi, em entrevista ao Estadão. Ele disse ainda que a situação é “muito grave para muitos cristãos”.
- Temos de falar sobre esse assunto. Não se pode deixar que essa realidade seja esquecida – completou Tomasi.
Desde o início do pontificado do papa Francisco, o Vaticano vem trabalhando com objetivo de construir pontes entre religiões, mas também reforçar a precária situação vivida pelos cristãos em várias regiões.
Monsenhor Tomasi afirmou ainda que a perseguição a cristãos é “resultado do fanatismo, intolerância, terrorismo e de leis discriminatórias”. Segundo o relatório, as regiões de maioria islâmica seriam as mais preocupantes. Além das mortes, há ameaças constantes sobre diversas comunidades.
- Muitos são obrigados a deixar suas casas e regiões e estão vendo a destruição de seus locais de culto, violações, violência e o sequestro de seus líderes – detalhou o representante do Vaticano, lembrando dos ataques a religiosos na cidade síria de Alepo, e denunciando a violação de liberdade religiosa e ataques sistemáticos às comunidades, principalmente na África, Ásia e Oriente Médio.
- Não são os governos que estão cometendo (os crimes). São grupos privados e comunidades. Mas a realidade é que governos não atuam, pois precisam de votos. Além disso, a Justiça em vários desses países é frágil e não protege essa população – detalhou o embaixador do Vaticano.
O Vaticano já denunciou também, através do Papa Francisco, à situação de cristãos na China, alvo de perseguição. Segundo o líder máximo da Igreja Católica, tal situação é “crítica”.

Possessão demoníaca coletiva de jovens em escola causa tumulto e pânico entre alunos e professores

Possessão demoníaca coletiva de jovens em escola causa tumulto e pânico entre alunos e professores
Uma possessão demoníaca numa escola pública na Colômbia causou tumulto e levou pânico a alunos e professores. Quatro jovens teriam sido possuídos por espíritos malignos de acordo com as testemunhas.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
Os jovens da cidade de Isnos desmaiaram sequencialmente, e quando acudidos, despertaram com comportamentos incomuns, demonstrando agressividade com gestos e gritos.
Em meio ao tumulto, pastores evangélicos da região foram chamados para exorcizar os jovens. De acordo com o site Noticia Cristiana, os jovens pareciam ter força sobre humana, e foram necessárias várias pessoas para segurá-los.
Segundo uma das testemunhas, a expulsão dos demônios de uma adolescente foi mais difícil do que os demais: “Ela agiu violentamente, jogando mesas e cadeiras para o chão. Ela correu e bateu no portão da escola, o que deu origem a um ferimento em sua cabeça”, disse Alvaro Gomez.
O Sr. Gomez afirmou que as imagens que presenciou eram surreais: “Ela estava com o rosto desfigurado, parecendo um animal, com olhos esbranquiçados e expondo a língua mais do que o habitual. Foram gestos muito horríveis, com uma voz profunda, o que gerou medo entre os presentes. A voz disse que era satanás, e que iria levar a todos”, contou.
Ainda segundo Gomez, houve boatos de que um dos jovens que foi possuído havia passado os dois últimos anos praticando um jogo que supostamente evocaria demônios.
Os pastores que foram chamados para expulsar os demônios levaram cerca de três horas para conseguirem exorcizar os jovens, e um deles teria chamado um padre especialista em exorcismo para ajudá-los, porém a ajuda nunca chegou.

Crime de intolerância: vizinho mata família evangélica por discordar de opção religiosa

Crime de intolerância: vizinho mata família evangélica por discordar de opção religiosa
Uma família foi morta a facadas por um vizinho que não concordava com a opção religiosa deles, que eram evangélicos.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
O rapaz, que segundo a Polícia Militar estava transtornado, invadiu a residência dos vizinhos e desferiu golpes contra todos os que estavam na casa: o pai, a mãe, e os dois filhos do casal, de um e três anos de idade.
Um terceiro filho do casal, de 10 anos, que estava na escola na hora do ataque, escapou sem ferimentos. A menina de três anos foi salva pela mãe, que correu após sofrerem os primeiros golpes.
Na fuga, a mãe que carregava filha avistou uma viatura da Polícia Militar e pediu ajuda. Os policiais localizaram o suspeito que se rendeu e demonstrava estar desorientado. Socorridas, mãe e filha foram levadas ao hospital, com ferimentos graves. Entretanto, mesmo passando por uma cirurgia, a mãe não resistiu.
O rapaz que realizou o ataque e o pai da família que foi atacada eram sócios numa loja de móveis, mas o motivo do surto que resultou na morte das três pessoas foi a discordância dele em relação à religião praticada pelo amigo.
Na delegacia, o rapaz afirmou que não concordava com o fato de eles serem evangélicos e que não se arrependia de tê-los matado.

“Para ser membro do Reino de Deus, é preciso comportar-se como verdadeiro representante de Cristo”, diz pastor Silas Malafaia. Leia na íntegra


“Para ser membro do Reino de Deus, é preciso comportar-se como verdadeiro representante de Cristo”, diz pastor Silas Malafaia. Leia na íntegraO Reino de Deus foi tema de um artigo do pastor Silas Malafaia que abordou as características, abrangência e requisitos necessários para se tornar parte desta “monarquia”.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica GospelSegundo o pastor Silas, “do ponto de vista espiritual, aqueles que estão em Cristo fazem parte do Reino de Deus”, e por isso, estão “sujeitos às Suas leis e à Sua vontade e devendo submeter-se a elas de forma plena, afim de que não haja usurpações por parte de alguns e todos os danos inerentes”.
Malafaia ressalta que “apesar de haver hierarquias, com delegações de poderes e funções”, o Reino de Deus é imutável: “Seu Soberano sempre foi e sempre será Deus, o Criador do mundo e de tudo que nele há; o Rei eterno e imortal, onipotente, onisciente e onipresente, que rege tudo e todos de forma justa, misericordiosa, benevolente e perfeita”, contextualiza.
Citando passagens bíblicas, Silas Malafaia afirma que as características mencionadas acima são as marcas do Reino de Deus: “O Senhor tem estabelecido o seu trono nos céus, e o seu reino domina sobre tudo (Salmo 103.19). Deus reina sobre as nações; Deus se assenta sobre o trono da sua santidade (Salmo 47.8)”.
-Há outra importante característica do Reino de Deus que pode ser apreendida desse último texto citado: esse reino é essencialmente espiritual; é estabelecido primeiro dentro de cada um que faz parte dele, em seus pensamentos, sentimentos e na sua vontade, estendendo-se a todas as demais esferas da vida, refletindo na maneira de ser e de agir de cada um, em conformidade com os princípios do Reino. Por isso, ao pregar o evangelho, curar enfermos e libertar pessoas cativas por espíritos demoníacos, Jesus dizia que o Reino de amor, justiça, verdade, santidade de Deus havia chegado àquelas pessoas contempladas com o milagre (Lucas 11.20) – diz o pastor, explicando o motivo de Jesus ter dito que o Reino dos céus já havia chegado.
De acordo com o pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), para fazer parte do Reino de Deus “é preciso reconhecer o Criador como soberano Rei e Salvador, firmar-se na casa do Senhor, prosseguir em conhecê-lo, obedecer à Sua Palavra, não dar brechas nem legalidade ao diabo para agir na sua vida ou por intermédio de você”, além de “ser um instrumento de Deus e comportar-se como um verdadeiro embaixador do Reino dos céus, um representante de Cristo na terra”.
Confira a íntegra do artigo do pastor Silas Malafaia:
Resumidamente, podemos afirmar que um reino é constituído de um rei, seus representantes (conselheiros, embaixadores, governadores) e súditos (o povo), que vivem num território sob uma constituição, um conjunto de leis que regem todos os aspectos da vida nacional dos cidadãos.
O tipo de governo que caracteriza o reino é o monárquico, em que o líder máximo, o rei, detém poderes ilimitados sobre o Estado, tendo autonomia para, inclusive, ditar as leis que regerão a nação por ele comandada. Em outras palavras, a monarquia absolutista confere poderes ao rei sobre todos os demais poderes constituídos — o Legislativo, o Executivo e o Judiciário, podendo ele governar por decretos, promulgar leis e impor punições.
Por que é importante falar sobre essa forma de governo humano?
Porque, do ponto de vista espiritual, aqueles que estão em Cristo fazem parte do Reino de Deus — cujo monarca absoluto, com direitos primordiais e soberanos, é Deus —, estando sujeitos às Suas leis e à Sua vontade e devendo submeter-se a elas de forma plena, a ¬ m de que não haja usurpações por parte de alguns e todos os danos inerentes.
É bom ressaltar que, apesar de haver hierarquias, com delegações de poderes e funções, o Reino de Deus nunca mudou e jamais mudará. Seu Soberano sempre foi e sempre será Deus, o Criador do mundo e de tudo que nele há; o Rei eterno e imortal, onipotente, onisciente e onipresente, que rege tudo e todos de forma justa, misericordiosa, benevolente e perfeita.
Então, quais são as marcas desse Reino? Vamos atentar para o que é dito sobre isso na própria Bíblia: O SENHOR tem estabelecido o seu trono nos céus, e o seu reino domina sobre tudo (Salmo 103.19). Deus reina sobre as nações; Deus se assenta sobre o trono da sua santidade (Salmo 47.8). O teu trono, ó Deus, é eterno e perpétuo; o cetro do teu reino é um cetro de eqüidade (Salmo 45.6). Veja também o Salmo 89.14 e Romanos 14.17.
Nesses versículos, distinguimos pelo menos três características do Reino de Deus (confirmadas por outros textos bíblicos):
1) está acima de todos os outros reinos;
2) é perpétuo, imutável e eterno como o próprio Deus;
3) é um governo marcado pela santidade, equidade, misericórdia e verdade de seu Soberano; um governo que promove a justiça, a paz e o bem-estar de todos os que fazem parte dele, resultando em alegria e contentamento.
Há outra importante característica do Reino de Deus que pode ser apreendida desse último texto citado: esse reino é essencialmente espiritual; é estabelecido primeiro dentro de cada um que faz parte dele, em seus pensamentos, sentimentos e na sua vontade, estendendo-se a todas as demais esferas da vida, refletindo na maneira de ser e de agir de cada um, em conformidade com os princípios do Reino. Por isso, ao pregar o evangelho, curar enfermos e libertar pessoas cativas por espíritos demoníacos, Jesus dizia que o Reino de amor, justiça, verdade, santidade de Deus havia chegado àquelas pessoas contempladas com o milagre (Lucas 11.20).
O que é necessário fazer para pertencer ao Reino de Deus?
É preciso reconhecer o Criador como soberano Rei e Salvador, firmar-se na casa do Senhor, prosseguir em conhecê-lo, obedecer à Sua Palavra, não dar brechas nem legalidade ao diabo para agir na sua vida ou por intermédio de você, ser um instrumento de Deus e comportar-se como um verdadeiro embaixador do Reino dos céus, um representante de Cristo na terra.
Sugestões de leitura: Marcos 1.14,15; 4.1-32; 10.13-15,23-25; Lucas 6.20; 9.61,62; 16.15,16; 17.20,21; 18.28-30; 21.29-31; João 3.1-7; 18.36; 1 Coríntios 4.20; 6.9,10; 15.50; Gálatas 5.19-21; Efésios 5.5; Livros Aplicando o Reino de Deus e Compreendendo o Reino de Deus, de Myles Munroe.

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Ministério Centro de alegria distribui Bíblias na República do Chile

banner

O Ministério Centro de Alegria desenvolve um lindo Projeto de Bíblias na Republica do Chile, onde trabalham os Missionários Teófilo Karkle e Ivone Karkle, os mesmos recebem Doações de Bíblias das Igrejas brasileiras, Pastores e amigos em geral para serem repartidas entre as igrejas chilenas. 
Trata-se de uma linda Bíblia Missionária em Espanhol de capa branca com celeste como pode observar nas fotos. As Bíblias doadas são da Versão Reina Valera (RV-1960) a Bíblia mais lida no Chile. 
Como consiste esta Campanha? A Campanha é desenvolvida pela Internet, onde o Ministério Centro de Alegria divulga uma Vinheta de Áudio, podes ouvir aqui: http://goo.gl/PK6ZK (1:40 min.) A campanha divulga mensagens de textos como estas em Sites Parceiros.  Outro recurso utilizado é o Vídeo, abaixo mostramos um Carrinho de Feira carregado de Bíblias para ser distribuído nas pequenas igrejas da Região Metropolitana de Santiago. https://www.youtube.com/watch?v=6ahMJbPm3GM  
Segundo nos conta o Pr. Teófilo Karkle, "as igrejas do Chile descuidaram o Avivamento ocorrido em 1909, não conservaram a chama do Espírito Santo, não enviaram Missionários e por estas razões encontramos aqui no Chile a nível nacional uma igreja apagada e carente da Palavra de Deus". 
Informa também o Pr. Karkle que devidos a Terremotos e Maremotos, o povo se dedica a reconstruir suas casas, não tendo dinheiro suficiente para adquirir uma Bíblia pessoal.

As Bíblias para este Projeto são adquiridas na Sociedade Bíblica chilena por um valor missionário de apenas oito Reais cada uma, isso quando o Centro de Alegria compra por caixas fechadas de 24 exemplares.

O Centro de Alegria com a entrega das Bíblias têm gerado dezenas de testemunhos e muitas alegrias na vida dos irmãos chilenos. "Tem sido muito gratificante Dar de graça o que de graça recebemos". Comenta Pr. Teófilo. 
Você que ama a Obra Missionária pode Ajudar o Centro de Alegria, fazendo também alguma Doação em Reais para a aquisição destas Bíblias. As Doações começam desde três Bíblias até a quantidade que Deus tocar no seu coração. Pessoas que tiverem condições de Doar uma caixa completa receberão em gratidão um lindo postal chileno da Cordilheira dos Andes coberta de neve.
Todas as Doações deverão ser feitas em Depósitos ou Transferências bancarias, logo depois confirmadas no endereço eletrônico. centrodealegria@hotmail.com 
Anote o numero da Conta do Ministério, Deus vai precisar dela para que você Ajude este grande Projeto de Bíblias para o Chile. Conta Corrente 18.491-8 Agencia 3078-3 em nome de Pr. Teófilo Venicio Karkle 
"Eis que vêm dias, diz o Senhor Deus, em que enviarei fome sobre a terra; não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do Senhor". (Amós 8.11)

Estudo afirma que quem dá dízimo tem vida financeira mais saudável do que os que não dão

Estudo afirma que quem dá dízimo tem vida financeira mais saudável do que os que não dão
Um estudo realizado nos Estados Unidos pelo State of the Plate, apontou que as pessoas que os dizimistas têm um maior controle de sua vida financeira do que as pessoas que não adotam a prática. O objetivo do estudo foi lançar um olhar mais atento sobre as práticas financeiras, espirituais e práticas de doação de pessoas que dão 10 por cento ou mais do seu rendimento para igrejas e instituições de caridade a cada ano.
Os resultados foram classificados como ‘sem precedentes’ por seus organizadores, que compararam dizimistas com não-dizimistas através de nove indicadores de saúde financeira, descobrindo que os dizimistas apresentavam resultados melhores em cada uma das categorias.
Entre os indicadores medidos pelo estudo, foi constatado que entre os dizimistas 80 por cento não têm contas de cartão de crédito não pagos, 74 por cento não devem nada em seus carros, 48 por cento possuem sua casa própria e 28 por cento estão livre da dívida.
- O estranho é, um dizimista olha para aquilo e diz para si mesmo: ‘Bem, eu estou melhor porque eu dou.’ O não-dizimista olha para aquilo e diz, ‘Oh, eles dão porque estão melhores”, disse Brian Kluth, responsável pelo estudo.
- Nunca antes este grupo foi estudado, e acho que para cada pastor e líder da igreja e líder eclesiásticos seria útil se eles entendem isso – afirmou Kluth ao The Christian Post.
- Estamos no meio de um declínio de 40 anos no percentual que os cristãos dão, e precisamos ver um movimento de generosidade nos Estados Unidos, que os cristãos abracem novamente a generosidade como um valor espiritual, mas não por causa do orçamento igreja, mas por causa da Bíblia. As igrejas tornaram o dar em torno do orçamento, e não se trata de orçamento, se trata da Bíblia. – completou.
A pesquisa, que foi conduzida pela “Generosidade Máxima”, entidade fundada por Kluth, e co-patrocinada por ECFA, Christianity Today and Evangelical Christian Credit Union, gerou um relatório completo de 27 páginas, intitulado “20 Verdades sobre dizimistas”, que mostrou também que entre os cristãos que não dizimam e têm dificuldade em dar, 38 por cento dizem que é porque eles não podem pagar, 33 por cento dizem que tem muita dívida e 18 por cento dizem que o seu cônjuge não concorda com o dízimo.
Outro dado levantado pelo estudo foi que 70 por cento fazem suas doações com base em sua renda bruta ao invés de seus rendimentos líquidos, e 77 por cento dão mais do que os 10 por cento tradicional.
A estimativa é de que há nos EUA 10 milhões de cristãos que dizimam totalizando um valor de mais de US $ 50 bilhões por ano.

Luz na Madrugada: projeto evangeliza moradores de rua e oferece agasalho e refeições

Luz na Madrugada: projeto evangeliza moradores de rua e oferece agasalho e refeições
A Primeira Igreja Batista de Montes Claros, Minas Gerais, desenvolve o projeto Luz na Madrugada, voltado ao evangelismo de moradores de rua e dependentes químicos.
O projeto social Luz na Madrugada atende pessoas nessas situações todas as quintas e sextas-feiras, com a entrega de agasalho e refeições.
O encontro entre os voluntários do projeto e as pessoas em situação de rua e dependência química é uma oportunidade de evangelismo, segundo Luciano Santos, representante da iniciativa.
Segundo Santos, a equipe do Luz na Madrugada é formada por mais de 25 voluntários de diversas denominações da cidade mineira.
Conversamos com Luciano Santos sobre os detalhes do trabalho desenvolvido pelo projeto social Luz na Madrugada. Confira:
Quais as áreas de atuação e público alvo do projeto?
Atuamos na área social, de evangelismo. Nosso público-alvo é formado por moradores de rua, usuários de droga, enfim pessoas que moram diretamente na rua.
Qual o tempo de atuação do projeto? Poderia contar um pouco da história, e como surgiu?
O projeto existe há um ano e meio. Quem idealizou esse projeto foi nosso companheiro e irmão Gilberto Pinheiro, e o pastor Igor, que quando Deus colocou esse projeto no coração dele, não era ainda pastor, mas o senhor levantou ele, e então assim surgiu o Luz na Madrugada.
Dois amigos que entregavam alimentos no hospital público aqui da cidade tiveram a ideia – ou seja, foram tocados pelo Espírito Santo – de atender essas pessoas esquecidas pela sociedade, mas jamais por Deus.
Saíram pelas ruas procurando na área central, porque e lá onde eles se concentram mais, porque pelos relatos deles, por serem usuários de drogas, tem medo de alguma pessoa fazer alguma coisa. Eles começaram então indo levar um lanche, e foram aumentando os voluntários. Iam apenas um dia por semana e eram só quatro pessoas que atendiam uma multidão de moradores. Deus foi então enviando pessoas, com amor próprio pelo irmão, e hoje somos em torno de 25 voluntários que se reúnem toda quintas e sextas-feiras, às 10h30 para orarmos, e às 23h30 embalar os alimentos, separar agasalhos, preparar a Palavra e à 00h20 saímos com o objetivo de anunciar a Palavra de Deus ao cativo, aos esquecidos pela sociedade, ou seja, aqueles que estão de uma forma ou outra aprisionados pelo inimigo de nossas almas.
O projeto possui alguma parceria?
O projeto Luz na Madrugada possui alguns parceiros, que são o Gospel Moc, Circuito Gospel, Max Centro de Cópias e o Seminário Batista Norte de Minas.
Poderia contar um ou mais testemunhos de pessoas que foram beneficiadas pelo projeto?
Gostaria de relatar o testemunho que para todos nós foi o mais profundo. Um morador de rua que dorme em frente o hospital chega todo domingo cedo para a escola dominical, e foi através da palavra semeada no coração dele. Tivemos também um jovem que rendeu ao pés do Senhor na madrugada que falávamos de Jesus para ele. O Espírito Santo o tocou e hoje não mora mais na rua. Ou seja: conseguiu se libertar das drogas e se reconciliar com a família.
O que mais nos deparamos aqui são pessoas que por um motivo ou outro pararam na fé. Ou seja, a maioria tudo desviado dos caminhos do Senhor.
Poderia informar os contatos de e-mail e endereço?
Os e-mails são claudia.santos.39@facebook.com, vicky.louise.988@facebook.com, gilberto.pinheiro.1213@facebook.com, lucianosasanto1@hotmail.com. O endereço é Rua General Carneiro, 254. Centro, Montes Claros – MG.
Gostaria de deixar uma mensagem para os leitores do Gospel+?
Temos uma grande dificuldade, porque temos um sonho de construir um albergue pra que eles tenham onde ficar. A maneira pela qual recebemos contribuições é em dinheiro, agasalhos, roupas, cobertores, enfim, com o tempo frio, precisamos de muitos agasalhos. Qualquer ajuda é bem vinda.
Quero aqui deixar um convite aqui, em nome de todos do Luz na Madrugada: vocês que não apoiam nenhum projeto social venham conhecer nosso projeto que tem como alvo maior anunciar Jesus Cristo. Entre na nossa pagina em facebook.com/luznamadrugada e saiba mais. Deus abençoe.
luz na madrugada 4
luz na madrugada 3
luz na madrugada 2
Luz na Madrugada 1

Direito de resposta – Pr. Marcos Pereira

Das 6 acusações apresentadas, o Ministério Público, através do promotor Rogério Lima, da 8ª Promotoria de Investigação Penal acatou apenas duas, Os três casos que restaram foram arquivados.
De acordo com o inquérito instaurado pela DECOD, através do delegado Márcio Mendonça, o Pastor Marcos Pereira da Silva, teve sua prisão decretada devido a acusações de 6 estupros, dentre eles, da sua ex-esposa, Sra. Ana Madureira, (http://www.reporterdedeus.com/pastor-marcos-pereira-foi-preso-sob-acusacao-de-estupro-vitimas-seriam-fieis-da-assembleia-de-deus-dos-ultimos-dias/ , conforme declarações da própria Sra. Ana Madureira(esposa) através do vídeo postado no youtube https://www.youtube.com/watch?v=oXuHrh-_PWE, a esposa do pastor Marcos Pereira nega ter acusado seu esposo de estupro. Das 6 acusações apresentadas, o Ministério Público, através do promotor Rogério Lima, da 8ª Promotoria de Investigação Penal acatou apenas duas, Os três casos que restaram foram arquivados.
Uma das mulheres que acusou o Pr. Marcos Pereira de estupro, se arrepende, assume seu erro e declara em vídeo que foi procurada pelo Sr. Rogério de Menezes e Sr. Alex, no seu trabalho em Macaé e orientada a prestar depoimento na DCOD.
Através de gravação escondida, fica comprovada a coação a testemunhas feita por Rogerio Menezes e Gaúcho, ambos membros do Grupo Afroreggae: http://www.youtube.com/watch?v=-LB2pPbwnlg
Nas redes sociais oficiais da ADUD, estão sendo divulgadas as verdades sobre o caso, já que a mídia e a justiça até o momento, não apresentou nenhuma prova e sequer deu chance para defesa.
Páginas Oficiais :
ADUD: https://www.facebook.com/Assembleiadedeusdosultimosdias
Pr. Marcos Pereira: https://www.facebook.com/pastormarcospereiraoficial
www.adud.com.br
Fonte: Assessoria ADUD
Adudimprensa@gmail.com

Após quatro anos, homem finaliza transcrição da Bíblia à mão e afirma ter se tornado mais amoroso e paciente


Após quatro anos, homem finaliza transcrição da Bíblia à mão e afirma ter se tornado mais amoroso e paciente A Bíblia Sagrada, para muitos, é um livro que faz parte da rotina cotidiana e serve como fonte de inspiração. Para um norte-americano de 63 anos, a relação com a Bíblia foi um pouco mais intensa nos últimos quatro anos, tempo que levou para transcrevê-la à mão.
Philip Patterson, decorador de interiores e membro da Igreja Presbiteriana de São Pedro, em Nova York, resolveu copiar todo o conteúdo da Bíblia à mão, como forma de aprender sobre a narrativa.
“Valeu a pena. Vou sentir falta de escrever isso”, disse o escriba, como passou a ser tratado. Philip conta que dedicava até 14 horas por dia para sua tarefa, e que esse período o fez mais confiante e amoroso, além de aprender mais sobre a paciência.
De acordo com o escriba, sua Bíblia transcrita ficou com 2.400 páginas e a conclusão atrasou em relação ao cronograma inicial devido aos seus problemas de saúde. Philip é HIV positivo e sofre também com anemia, de acordo com informações do Diário Digital.
Agora, a meta de Philip é cuidar pessoalmente da encadernação e da capa do livro, tarefa que o ocupará pelos próximos doze meses, de acordo com sua estimativa. A ideia do escriba é que após concluir essa fase, a Bíblia fique exposta na congregação presbiteriana de São Pedro.

Capelão Naval: Marinha abre concurso público para Pastor; Salário é de R$7400

Capelão Naval: Marinha abre concurso público para Pastor; Salário é de R$7400
A Marinha do Brasil irá realizar um concurso público para contratar três interessados em ingressar no quadro de Capelães Navais do Corpo Auxiliar da Marinha (CP-CapNav). Apenas pastores e padres estão aptos a disputar as vagas, que terão um salário de R$7400 além de benefícios.
As inscrições, que possuem o valor de R$45, irão até às 23:59 desta quarta-feira, 22 de Maio, e podem ser feitas pela internet aqui. O candidato terá que ser homem, ter mais de 30 e menos de 41 anos, ter exercido o sacerdócio na Igreja Católica ou Batista por pelo menos três anos, além de ser formado em teologia em alguma universidade.
As provas serão realizadas no Rio de Janeiro e possuem caráter eliminatório sendo separadas por conhecimentos teológicos, redação, testes físicos e de saúde. Os candidatos aprovados nas etapas ingressarão em um curso para formação de oficiais da Marinha que será realizado também no Rio de Janeiro durante 39 semanas.
Dois padres e um pastor da Igreja Batista exercerão a patente de Primeiro-tenente da Marinha e terão atuação a nível nacional realizando “atividades de apoio técnico e às atividades gerenciais e administrativas em geral, além das atividades inerentes à carreira militar”, segundo o edital.
É possível tirar dúvidas sobre o concurso, tais como as matérias que estarão nas provas e demais informações sobre as etapas, lendo o edital completo aqui.

Resolução da Justiça que obriga todos os cartórios realizarem casamento gay é repudiada por líderes políticos e religiosos

Resolução da Justiça que obriga todos os cartórios realizarem casamento gay é repudiada por líderes políticos e religiosos
A decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que obrigou cartórios de todo o país a realizar casamentos entre pessoas do mesmo sexo, e entrou em vigor nesta quinta-feira, tem causado polêmica e sido motivo de rejeição por líderes de vários setores da sociedade.
O senador Magno Malta se posicionou contra a decisão do Conselho durante o seminário “Os Desafios da Sociedade Pós-Moderna Pela Valorização da Vida e Fortalecimento da Família”, evento no qual o parlamentar discursou afirmando que a medida desrespeita o Poder Legislativo.
- O CNJ cuspiu, rasgou e violou o Código Civil Brasileiro e ainda vilipendiou o Congresso Nacional – afirmou Magno Malta.
De acordo com sua assessoria de imprensa, após o concorrido evento que lotou o auditório Petrônio Portela, no Senado Federal, com convidados de diversos setores mobilizados da sociedade, usou o plenário para demonstrar a indignação com o que classificou com uma interferência do CNJ no poder legislativo, e prometeu entrar com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade – ADIN – no Supremo Tribunal de Justiça contra a ingerência no legislativo.
- Vou sustar esta resolução que entrou no afogadilho de uma reunião no CNJ. Passou dos limites – completou o senador.
O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) também se manifestou a respeito do tema, afirmando se tratar de um ato contra a constituição e em prol de uma parcela da sociedade que busca privilégios, e não igualdade.
- O Judiciário, a exemplo do Supremo, tem avançado sobre a Constituição. Está bem claro na Constituição aqui: a união familiar é um homem e uma mulher. (…) Essas decisões aí só vêm a cada vez mais solapar a unidade familiar, os valores familiares: vai jogar tudo isso por terra – afirmou o deputado, que disse também que a resolução “é o prolongamento de decisões que não caberiam a eles”.
De acordo com o Terra, Bolsonaro também disse que usará seu poder como parlamentar para continuar lutando e pregando contra a decisão, defendendo a parcela da sociedade que é representada por ele.
- Eu sou parlamentar para pregar o que eu bem entender. Se eu achar que jornalista tem que ir para o pau de arara, eu posso falar! Eu posso ir buscar assinaturas para a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) nesse sentido. Eu posso falar a besteira que eu quiser! Por isso que eu tenho imunidade, é para falar, dar opiniões, representar uma parte da sociedade – afirmou.
A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), também comentou a decisão do CNJ. Em nota, a entidade afirmou que “o matrimônio natural entre o homem e a mulher bem como a família monogâmica constituem um princípio fundamental do Direito Natural”.
- As uniões de pessoas do mesmo sexo, no entanto, não podem ser simplesmente equiparadas ao casamento ou à família, que se fundamentam no consentimento matrimonial, na complementaridade e na reciprocidade entre um homem e uma mulher, abertos à procriação e à educação dos filhos. – ressalta a nota.
A CNBB ressalta também que a decisão do CNJ causa confusão entre as competências dos poderes do estado, por mostrar o poder Jurídico atuando em uma esfera que cabe ao Legislativo.
- Com essa Resolução, o exercício de controle administrativo do CNJ sobre o Poder Judiciário gera uma confusão de competências, pois orienta a alteração do ordenamento jurídico, o que não diz respeito ao Poder Judiciário, mas sim ao conjunto da sociedade brasileira, representada democraticamente pelo Congresso Nacional, a quem compete propor e votar leis – completa a nota da CNBB.

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Governo de Angola proíbe operação de igrejas evangélicas do Brasil

banner

Igrejas evangélicas brasileiras foram banidasda Angola. De acordo com o governo angolano, essas igrejas praticam "propaganda enganosa" e "se aproveitam das fragilidades do povo angolano", além de não serem reconhecidas pelo Estado.
A Igreja Universal é a única que ainda atua na Angola. Foto: Arquivo
Em fevereiro, a Igreja Universal do Reino de Deus, a Igreja Mundial do Poder de Deus, MundialRenovada e Igreja Evangélica Pentescotal Nova Jerusalém foram fechadas, depois de investigações do governo. A Igreja Universal foi a única que conseguiu liberação e funciona sobintervenção do Governo.
 Desabamento gera interdição
A única igreja reconhecida pelo Estado, a Universal do Reino de Deus, sofreu em março deste ano uma interdição. 16 pessoas morreram asfixiadas e esmagadas durante um culto da Igreja, no dia 31 de dezembro do ano passado, em Luanda. O culto reuniu 150 mil pessoas, número bem acima da lotação permitida no estádio da Cidadela.
O lema do culto era "O dia do Fim", e a igreja pedia com os fiéis o fim de muitos problemas que os afligiam, como doença, miséria, desemprego, feitiçaria, inveja, problemas na família, separação, dívidas, entre outros.
Intervenção do Governo permite funcionamento
A igreja só pode funcionar com fiscalização dos ministérios do Interior, Cultura, Direitos Humanos e Procuradoria Geral da Justiça. As outras igrejas que não têm reconhecimento oficial do Estado angolano, continuam proibidas. Antes, elas funcionavam com uma autorização provisória.
Segundo, Rui Falcão, secretário do birô político do MPLA (Movimento Popular de Libertação de Angola) e porta-voz do partido, que está no poder desde a independência de Angola, em 1975, afirma que "Essas igrejas não obterão reconhecimento do Estado, principalmente as que são dissidências, e vão continuar impedidas de funcionar no país"
 Monopólio da Igreja Universal
Apesar de funcionar sob intervenção na Angola, a Igreja Universal conseguiu garantir um monopólio entre as igrejas neopentecostais brasileiras no país. O governo do presidente José Eduardo dos Santos é visto como muito próximo da Universal, pois a TV Record tem grande força no país. O fato da Igreja Universal ser a única a ter permissão para voltar a funcionar no país é uma manobra para restringir a concorrência de outras igrejas brasileiras na Angola. Só na Angola, a igreja tem, 230 templos e 500 mil fiéis.
De acordo com o sociólogo da PUC -RS, Ricardo Mariano, "A Angola é um terreno fértil para a Universal, que tem lá TV, jornal, templos e conexões políticas, e por isso deve ter conseguido essa reserva de mercado", afirmou.
Já a Igreja Mundial do Poder de Deus do apóstolo Valdemiro Santiago, enviou advogados até Angola para tentar legalizar a situação da Igreja. Segundo o deputado José Olímpio (PP-SP), o processo é demorado.
A Igreja tem 30 templos e cerca de 170 mil fiéis no país. 15% da população angolana éevangélica, e essa fatia só tem crescido, segundo dados do governo.

Pressão de evangélicos derruba decreto no DF



banner

Em um intervalo de poucas horas, deputados e pessoas ligadas a grupos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros (LGBT) foram da euforia à depressão em Brasília. O motivo foi a publicação e depois revogação de um decreto regulamentando lei de 2000 estabelecendo punições para quem discriminasse homossexuais em estabelecimentos comerciais. Neste caso, a pressão de parlamentares e representantes conservadores junto ao governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, teve efeito rápido.

A justificativa oficial do governo é que houve um erro na tramitação do decreto. O texto não teria passado pela área jurídica do governo. Em nota distribuída na quinta-feira (9), a Secretaria de Comunicação Social do DF afirmou que foram identificados vícios formais, “que precisam ser corrigidos”. “Por isso, o assunto será encaminhado à área jurídica para os ajustes necessários”, diz a nota.

No entanto, o Congresso em Foco apurou com pessoas próximas ao governo que o decreto passou pela área jurídica e estava pronto para publicação. Foi estudado e enviado para deputados distritais da base. Alguns chegaram a fazer sugestões, que acabaram rejeitadas. No dia anterior ao da publicação, quarta-feira (8), de acordo com duas pessoas ouvidas pelo site, Agnelo ligou para a deputada distrital Arlete Sampaio (PT), líder do governo na Câmara Legislativa.

Agnelo informou para a deputada, que atua na área de direitos humanos, que o decreto seria publicado no dia seguinte. Quando decidiu revogar a publicação, o governador afirmou que não sabia do assunto. O Congresso em Foco apurou que, logo após a publicação, o chefe do governo local recebeu deputados conservadores, religiosos e pessoas contrárias ao decreto. O encontro não estava na agenda oficial. A Secretaria de Comunicação não confirma a reunião.

Para o coordenador da ONG Elos LGBT DF e Entorno, Evaldo Amorim, a explicação oficial é inaceitável porque o governador sabia de todo o processo em torno da regulamentação. “Acompanhamos a equipe que estava trabalhando neste decreto e sabemos como isso estava sendo desenvolvido. A revogação, no nosso entendimento, aconteceu por pressão da bancada evangélica e do setor conservador do governo”, disse ao Congresso em Foco.

“Isso é inaceitável, inexplicável. O governador estava apenas cumprindo a legislação”, disparou a deputada Erika Kokay (PT-DF). Ela lembrou que a Lei nº 2.615, de 31 de outubro de 2000, previa 60 dias para regulamentação. Passaram quatro governos – Joaquim Roriz, José Roberto Arruda, Rogério Rosso e agora Agnelo – e todos falharam em regulamentar a legislação.

Erika adiantou ontem ao Congresso em Foco que ela e grupos LGBT vão recorrer ao Ministério Público do Distrito Federal (MPDF) na tentativa de revogar a decisão de Agnelo. “Ele [o governador] se curvou a posições homofóbicas. Ele tem que saber que não é Luís XIV”, disparou a petista, em referência à frase do monarca francês, que disse “eu sou a Lei, eu sou o Estado”.

De acordo com o texto, discriminação é “qualquer ação ou omissão motivada pela orientação sexual da pessoa, seja ela lésbica, gay, bissexual, travesti ou transexual”, que envolva exposição ao rídiculo, proibição de ingressom atendimento diferenciado ou selecionado, entre outros casos. Os comerciantes ficariam sujeitos a penalidades como multas e suspensão do alvará de funcionamento

“Todos contra a pedofilia”: Fernanda Brum, André Valadão, Rodolfo Abrantes e outros artistas gospel se unem no combate à pedofilia

“Todos contra a pedofilia”: Fernanda Brum, André Valadão, Rodolfo Abrantes e outros artistas gospel se unem no combate à pedofilia
O dia 18 de maio marca o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração contra Crianças e Adolescentes. Como parte da mobilização em torno dessa luta está a campanha “Todos contra a pedofilia”, que conta com a participação de grandes nomes da música gospel unidos contra o abuso sexual infantil.
Rodolfo Abrantes, Fernanda Brum, Juliano Son, Davi Sacer, Judson de Oliveira, Nívea Soares, Ricardo Robortella, André Valadão e Cris Duran são alguns dos nomes que integram a campanha. De acordo com o site da campanha, esses artistas conhecem e apoiar a organizadora do projeto, a organização não governamental Mobilização Mundial, que trabalha com valores cristãos.
Dados informados pela campanha mostram que 165 crianças e adolescentes são abusadas por dia no Brasil, o que representa sete crianças sofrendo abuso a cada hora. Segundo a UNICEF 250 mil crianças são prostituídas no território brasileiro. O Brasil é também classificado, pela Polícia Federal como o país com maior venda de imagens de abuso infantil, na internet.
- Por mais terríveis que sejam esses dados, eles são reais. Isso acontece nos nossos dias e por essa realidade não podemos ignorar e fingir que não existe. Precisamos conhecer a realidade dos fatos e procurarmos entender como cada um de nós pode fazer a diferença! Não podemos cruzar os braços diante desta realidade! – explica o texto da campanha.
A campanha “Todos contra a Pedofilia” é motivada pela Semana Nacional de Combate de Abuso Sexual em Crianças e Adolescentes, que acontece de 13 a 18 de maio no Brasil. A data foi definida pela Lei Federal 9907, em 17 de maio de 2000.

Imprensa tem preconceito antievangélico e anticatólico, diz colunista da Veja sobre caso de Marcos Pereira

Imprensa tem preconceito antievangélico e anticatólico, diz colunista da Veja sobre caso de Marcos Pereira | Noticia Evangélica Gospel

Colunista da Revista Veja analisa a relação de Marcos Pereira com o líder do AfroReggae, que acusa o pastor de ligação com o crime organizado. Reinaldo Azevedo, conhecido por contextualizar assuntos polêmicos, com opiniões contundentes, saiu em defesa dos cristãos e criticou a mídia em relação a cobertura sobre o caso do pastor Marcos Pereira, acusado de violentar sexualmente fiéis da igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias. “Se cometeu os crimes de que é acusado (Marcos Pereira), que fique 800 anos na cadeia. O que sei é que evangélicos não são estupradores ou tendentes ao estupro, assim como católicos não são pedófilos ou tendentes à pedofilia”, analisa Azevedo.em relação a cobertura da mídia.

Sempre questionado em seu blog ao expor opiniões diferentes do que a maioria da mídia defende, Reinaldo Azevedo avalia, em outras palavras, que acusações acabam sendo generalizadas, na qual atingem a credibilidade dos cristãos e que consequentemente acabam sendo vitimas de preconceito.
Azevedo aponta que a imprensa brasileira promove o preconceito contra os cristãos e avalia que as acusações contra Marcos Pereira não devem influenciar na credibilidade da fé cristã. “Como já apontei aqui — e apontarei outras 500 vezes se necessário —, a existência de um ativo preconceito antirreligioso na imprensa brasileira, os idiotas perdem a modéstia e perguntam: ‘O que você vai dizer agora?’. Vou dizer o óbvio: cadeia para Marcos Pereira se for culpado, como defendi cadeia para padres pedófilos. Qual o mistério? O preconceito antirreligioso da nossa imprensa é, na verdade, anticristão (antievangélico e anticatólico)”.
O pastor Marcos Pereira, que é também um dos líderes da Assembleia de Deus dos Últimos Dias, foi preso na noite desta terça-feira (7), no Rio de Janeiro, acusado por abusar sexualmente de seis fiéis, sendo três ainda menores de idade. Existem ainda acusações contra o pastor de ter se associado ao narcotráfico
Sem citar nomes, Azevedo analisa os ataques contra os religiosos que já defenderam ou que continuam defendendo o pastor Marcos Pereira e que acabam sendo atacados em comparação com o pastor investigado. “Ah, Fulano de tal, evangélico, já defendeu Marcos Pereira; Beltrano também… Certamente não o defenderam porque fosse um estuprador, não é mesmo? O fato de o sujeito ser um líder religioso e, ao mesmo tempo, um estuprador”, analisa.
Nesse mesmo contexto, Azevedo analisa ainda a relação de Marco Pereira com José Júnior, o líder do Movimento AfroReggae, que acusa atualmente o pastor de ligação com o crime organizado. José Júnior, que já apoiou os trabalhos de pregação religiosa nos presídios realizados pelo pastor, em fevereiro de 2012 acusou Pereira de planejar a sua morte, "o que nunca ficou claro o motivo".
Azevedo usa como exemplo um vídeo  para explicar a relação de amizade entre os dois, onde, na época, o pastor, que estava proibido de entrar no presídio Moniz Sodré há quatro anos, justamente por causa das desconfianças sobre a natureza e os efeitos de sua pregação, voltou a pregar no local por intermédio do AfroReggae. “Amigos? Ah, eles foram, sim!!! E como!!! Vejam o vídeo abaixo, em que José Júnior canta as glórias de Marcos Pereira. Pergunta óbvia: digamos que Júnior tenha sido enganado… Por que os evangélicos, que o elogiaram o pastor que está preso, não podem entrar na mesma categoria? Respondo: porque José Júnior, na imprensa, é considerado um ‘ativista social’, acima do bem e do mal, e os evangélicos são vítimas do tal preconceito a que me referi”.

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Tim Tebow, jogador evangélico de futebol americano, é eleito pela Forbes o atleta mais influente do mundo

Tim Tebow, jogador evangélico de futebol americano, é eleito pela Forbes o atleta mais influente do mundo
O quarterback Tim Tebow, jogador da Liga de Futebol Americano (NFL na sigla em inglês) conhecido por suas manifestações públicas de fé, foi considerado o atleta mais influente do mundo.
Embora não tenha vencido nenhuma edição do Superbowl, a grande final do futebol americano, Tebow é o atleta mais lembrado numa pesquisa feita pelos institutos Nielsen e E-Poll Market Research a pedido da revista Forbes.
A publicação, conhecida por listar os empresários mais ricos do mundo, já causou polêmica no Brasil anteriormente por listar os cinco líderes evangélicos brasileiros mais ricos.
Tim Tebow venceu outros grandes nomes do esporte, como o nadador Michael Phelps, que ficou em segundo lugar; o corredor Usain Bolt, que ficou em terceiro; e outros nomes mais conhecidos mundialmente, como o jogador de basquete LeBron James e o jogador de futebol David Beckham.
Atualmente sem clube para a próxima temporada da NFL, Tebow alcançou grande visibilidade com as comemorações apelidadas de “tebowing”, quando após cada touch down conquistado por ele, se ajoelhava e fazia uma oração de agradecimento.
Após uma temporada de destaque no Denver Broncos em 2011, o jogador atuou pelo New York Jets em 2012 e passou boa parte dos jogos como reserva. Em 2013, ainda não há uma definição de onde o atleta jogará.

Pesquisa revela que evangélicos são maioria entre os jogadores brasileiros de futebol; Conheça alguns

Pesquisa revela que evangélicos são maioria entre os jogadores brasileiros de futebol; Conheça alguns
Uma pesquisa inédita revelou o perfil religioso dos jogadores profissionais de futebol no Brasil na atualidade, e apesar dos atletas desse meio serem muitas vezes reconhecidos como festeiros, esse estereótipo pode acabar tendo que mudar.
A pesquisa, realizada pelo UOL Esportes, perguntou aos jogadores do Atlético-MG, Botafogo, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos, São Paulo e Vasco da Gama se “você é religoso? Caso a resposta seja afirmativa, qual é a sua religião?” e respondendo de forma anônima eles contrariaram as expectativas e afirmaram ser em maioria evangélicos.
Geralmente se vê jogadores fazendo o sinal da cruz ou levando um terço ou rosário para o campo, mas eles não são maioria já que os católicos na elite do futebol brasileiro são apenas 18%, um número menor do que os sem religião que somam 19% de acordo com a pesquisa. Os evangélicos somam 35% do total sendo 2% deles da igreja Batista. No total os evangélicos são quase o dobro dos católicos no futebol brasileiro.
Nomes famosos como o do meio-campo Rivaldo, do São Caetano, do atacante Neymar, do Santos, e do goleiro Jefferson, do Botafogo, engrossam a lista de jogadores evangélicos atuando no Brasil, assim como o lateral-direito Leonardo Moura, do Flamengo, o zagueiro Lúcio e o centroavante Luis Fabiano, ambos do São Paulo, e o volante Souza do Grêmio também falam abertamente sobre suas crenças no cristianismo evangélico. Internacionalmente outros jogadores também se identificam como evangélicos, como é o caso do volante Felipe Melo, do Galatasaray, do zagueiro David Luiz, do Chelsea e do mais famoso de todos, o meia Ricardo Kaká, do Real Madrid.
Outro famoso evangélico jogador de futebol é o colombiano Falcão Garcia, centroavante do Atlético de Madrid. Entre ex jogadores destacam-se o meio-campo Marcelinho Carioca, ex Corinthians e Flamengo, o lateral Zé Carlos, ex Seleção brasileira, o lateral Jorginho e o meia Silas, que hoje são técnicos de futebol, e o volante Roberto Brum, ex Santos e hoje pastor, entre vários outros. Na Copa do Mundo de 2010 a Seleção Brasileira ficou conhecida por possuir diversos jogadores evangélicos em seu elenco, inclusive um pastor fazia orações e reuniões com os jogadores em alguns momentos de folga do grupo.
A pesquisa também perguntou sobre homossexualismo no futebol, características dos brasileiros e outros temas relativos ao meio. Veja abaixo o infográfico sobre as religiões no futebol:
Pesquisa sobre religião dos jogadores no Brasil (UOL Esportes)
Pesquisa sobre religião dos jogadores no Brasil (UOL Esportes)

Ladrões assaltam supermercado e deixam bilhete pedindo perdão a Deus pelo crime

Ladrões assaltam supermercado e deixam bilhete pedindo perdão a Deus pelo crime
Depois de roubarem um supermercado em Belo Horizonte (MG), criminosos deixaram um recado pedindo perdão a Deus pelo ato, e “abençoando” os donos do estabelecimento.
Os bandidos invadiram o local por uma janela no fim de semana passado e deixaram um recado escrito em um caderno de controle de fluxo de caixa, que foi encontrado por funcionários do estabelecimento, quando chegavam para trabalhar na manhã seguinte.
- Jesus me perdoe e te abençoe. Perdão, meu Deus – dizia o bilhete deixado pelos criminosos.
O supermercado assaltado é o Asa da Gaivota, no bairro Nazaré, de acordo com o Terra, que informou também que o proprietário, Alessandro Morais, explicou que esta foi a sexta vez que o estabelecimento foi roubado desde o começo deste ano, duas elas no mesmo fim de semana.
Na outra ação criminosa, uma mulher grávida chegou até o caixa e pediu para a funcionária cobrar R$ 1,59 em um cartão. Enquanto isso, um outro suspeito se aproximou e, armado, anunciou o assalto. Ao todo, R$ 15 mil foram levados, segundo o R7.
Morais afirma que, com essa onda de crimes no local, agora o medo existe até “na hora de cumprimentar freguês”.

Plataforma Missionária: escola do Centro de Alegria oferecerá capacitação em evangelismo para jovens

Plataforma Missionária: escola do Centro de Alegria oferecerá capacitação em evangelismo para jovens
A Plataforma Missionária (PM) é uma iniciativa do Centro de Alegria voltada à formação de pastores missionários que levem o Evangelho através dos mais diversos meios e métodos.
O Centro de Alegria é um projeto social iniciado pelo pastor Teófilo Karkle, que pretende construir um templo de madeira em Urubici, Santa Catarina, que funcionará como um centro de formação de missionários, além de um local para cultos e reuniões.
A escola PM é um dos frutos do trabalho do Centro de Alegria, e foi pensada a partir da detecção da necessidade de uma capacitação especializada em missões no mundo atual, globalizado.
A PM entende ser necessário o ensino de táticas modernas de evangelismo usando a internet, sem descuidar os métodos infalíveis e tradicionais da evangelização porta a porta e usando a literatura.
“A PM oferece Formação e Informação Missionária a uma nova geração de Missionários, levando os alunos a viverem Missões como ‘o pão nosso de cada dia’. Deus colocou no coração do pastor missionário Teófilo Karkle esta visão inovadora de preparar missionários, tendo missões como o carro chefe. O projeto será desenvolvido em três fases: Construção, Formação e Envio”, diz a jornalista Andressa Nascimento, uma das apoiadoras da Plataforma Missionária.
De acordo com Andressa, “a PM está na sua primeira fase do projeto, que é a construção de uma infraestrutura adequada, moderna e ecológica para trabalhar com a preparação de missionários”, e precisa construir salas de aula, alojamento, e o Eco-Templo, a principal estrutura da entidade.
Andressa Nascimento revela ainda que a segunda fase constitui da seleção dos alunos que serão instruídos pelo pastor Karkle, a partir de sua experiência de 22 anos no campo. Por uma questão de logística, a PM priorizará jovens casados da região Sul do Brasil.
A terceira fase será a criação de parcerias para que os pastores missionários sejam enviados aos campos missionários concentrados em um mesmo Estado brasileiro: “A meta não é ter um missionário em cada nação, trabalhando sozinho e longe da PM, mas ter vários missionários dentro de um mesmo Estado, para que trabalhem confederados e apoiados, não separados por enormes distâncias e dificuldades”, revela Andressa Nascimento.
A colaboradora do projeto chama a atenção para a necessidade de uma estrutura física a fim de abrigar e concentrar as atividades e campanhas da PM: “A maior necessidade da Plataforma Missionária é construir seu espaço físico, e para isso a PM está buscando doações econômicas através da Internet. Cremos que Deus terá em algum lugar do Brasil, dos Estados Unidos, da América Latina, Ásia e Europa, pessoas que o Espírito de Deus tocará nos seus corações para que ajudem nesta Construção. Quem sabe é você que esta lendo esta matéria seja um dos gostariam de ajudar a PM”, convoca.
“Aceitamos doações de qualquer tamanho, mas se a sua doação for do estilo ‘estou aqui’ (1 Samuel 3.4), convidamos a entrar em contato eletrônico com o Ministério Centro de Alegria, para coordenarmos a recepção da sua doação. Estamos solicitando Doações em Metros². Envie nos um e-mail no endereço centrodealegria@hotmail.com”, diz Andressa Nascimento.
Plataforma Missionaria

Aos 95 anos, evangelista Billy Graham se aproxima de sua última ministração; Edição 2013 da cruzada Minha Esperança será a maior já realizada

Aos 95 anos, evangelista Billy Graham se aproxima de sua última ministração; Edição 2013 da cruzada Minha Esperança será a maior já realizada
Billy Graham, pregador norte-americano, 95 anos, vai liderar este ano a sua última cruzada evangelística, devido a sua idade avançada e sua condição de saúde.
Entretanto, especialistas afirmam que sua última cruzada Minha Esperança pode ser a com maior alcance, batendo todos os recordes de audiência já conseguidos por Billy Graham durante seis décadas de ministério.
A Associação Evangelística Billy Graham vem organizando uma campanha maciça de divulgação e com isso, usando todas estratégias à disposição.
Franklin Graham, filho de Billy, publicou recentemente um vídeo em que destaca a atual cruzada como uma ação que “combina o impacto dos programas com o poder das relações pessoais”.
Segundo informações do site em inglês da revista Cristianismo Hoje, a organização desta edição da cruzada Minha Esperança tem incentivado os cristãos a montarem vídeos caseiros falando sobre sua experiência de conversão, e depois, compartilharem esses vídeos com seus amigos e vizinhos. Essa ação funcionaria como uma prévia e um convite para assistir a última ministração de Billy Graham.
A edição 2005 da cruzada mundial do evangelista Billy Graham envolveu um investimento de US$ 6,8 bilhões, e foi transmitida em 20 idiomas, com o apoio de 1.424 diferentes denominações. Em 2013, as plataformas digitais serão o meio usado para expandir a capacidade de alcance do projeto.

Homem que perdeu a casa durante o furacão Sandy mas conseguiu salvar a família, agradece a Deus cumprindo promessa de trabalhar por um ano em favor de necessitados

Homem que perdeu a casa durante o furacão Sandy mas conseguiu salvar a família, agradece a Deus cumprindo promessa de trabalhar por um ano em favor de necessitados
Durante a passagem do furacão Sandy no último ano, Aiman Youssef, 43 anos, perdeu sua casa, sua van e sua empresa, que foram destruídos na época.
Porém, Youssef conseguiu salvar sua mãe, seu sobrinho e seu cachorro de estimação, antes que se tornassem vítimas da tempestade que varreu o bairro de Midland Beach, em Staten Island.
Durante o ápice da tempestade, a casa de Yousef foi invadida pela água, numa altura superior à sua cabeça. Como não sabe nadar, acredita que estar vivo junto com sua família é um milagre.
Em gratidão, Youssef – que é cristão de origem síria – fez uma oração prometendo a Jesus que durante o ano seguinte, iria se dedicar exclusivamente a ajudar pessoas necessitadas, fossem vítimas do furacão Sandy ou vivessem em dificuldades por outros motivos.
De acordo com o Daily News, Youssef manteve sua promessa nos últimos seis meses, e pretende continuar trabalhando para ajudar o próximo até dia 29 de outubro, quando se completará um ano desde os incidentes.
“Desde a passagem do Sandy eu tenho mantido esta tenda de alimentos aqui na avenida Midland”, disse Youssef. A tenda fica no local onde antes ficava sua casa. “Estamos no Facebook e recebemos doações de alimentos de instituições de caridade por toda a cidade e conseguimos servir cerca de 700 refeições por dia a outras pessoas que ficaram desabrigadas depois do Sandy”, diz o voluntário.

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Jovem evangélico paga faculdade de direito com trabalho de engraxate e agora estuda para se tornar promotor de Justiça

Jovem evangélico paga faculdade de direito com trabalho de engraxate e agora estuda para se tornar promotor de Justiça
O jovem evangélico Joaquim Pereira, de 24 anos, demonstrou ser um exemplo de determinação e esforço ao pagar sua faculdade de direito com o que ganha trabalhando como engraxate em Goiânia.
O jovem deixou a cidade de Monte de Alegre de Goiás, na região nordeste do estado, em 2006, e desde então tem trabalhado em busca de um futuro melhor. Ele conta que começou a trabalhar em uma fábrica de enxovais, mas percebeu que precisava buscar algo mais para melhorar de vida.
- Vim pra trabalhar. Depois, vi que precisava estudar para crescer, para ter um emprego melhor – conta o jovem.
Insatisfeito com o emprego, ele decidiu, em um sábado, ir para as ruas de Goiânia e ver como se sairia de engraxate, profissão que havia aprendido aos 11 anos em Monte Alegre. As pessoas para quem engraxou sem cobrar nada nas primeiras vezes se tornaram seus clientes, e a simpatia e a abordagem especial atraíram muitos outros e fez com que ele ficasse conhecido nos locais onde trabalha como na Praça Cívica, onde está o Centro Administrativo do Governo de Goiás.
Depois de um ano limpando sapatos, com o convívio de seus clientes, Joaquim decidiu que entraria para uma faculdade de direito.
- Vendo o dia a dia dos advogados e conversando com eles, concluí que queria ser um deles. Falavam que eu não daria conta de terminar, que era muito difícil e caro – afirma sobre sua decisão o jovem, que persistiu com o sonho de se formar, passou no vestibular e começou, em 2008, o curso de direito em uma instituição de ensino particular.
Apesar das dificuldades, como ter tirado zero na primeira prova que fez na faculdade, ele conta que estudava de manhã, e à tarde ia trabalhar como engraxate até às 19h, pois precisava ganhar dinheiro para pagar o curso. O bacharel em direito afirma ainda que separava um tempo para tocar violão e estudar música para cantar na igreja.
- Tem que ter disciplina para ter tempo de fazer tudo – ensina.
Já formado, Joaquim continua com seu trabalho de engraxar sapatos nas ruas de Goiânia, e conquistou a admiração de seus clientes.
- Ele é um exemplo de que nada é impossível. Poucas pessoas têm a capacidade e o esforço de concluir um curso superior engraxando sapato – ressalta o advogado Aldemir Leão da Silva.
De acordo com o G1, o objetivo de Joaquim agora é passar no exame da OAB para ter seu registro de advogado e poder exercer a profissão que escolheu e, depois de fazer a prova, começar uma pós-graduação. Joaquim ganhou bolsa integral da especialização, que, se ele fosse pagar, custaria cerca de R$ 9 mil. O objetivo do jovem evangélico é se tornar um promotor de Justiça.
- Vou continuar estudando cada vez mais para passar em um concurso e ser promotor – afirma.

Evangelista David Barton afirma que o jogo “Bioshock Infinite” está ensinando crianças a odiar cristãos

Evangelista David Barton afirma que o jogo “Bioshock Infinite” está ensinando crianças a odiar cristãos
O jogo “Bioshock Infinite”, que lançado em fevereiro pela Irrational Games, tem causado polêmica devida às afirmações do evangelista norte americano David Barton. Apesar de o jogo estar recebendo elogios e da expectativa dos produtores para vender mais de 4 milhões de cópias este ano, alguns cristãos evangélicos afirmam que o jogo pode incitar o ódio contra cristãos e conservadores nos jovens jogadores.
Durante o programa de rádio WallBuilders Live, Barton criticou o jogo, afirmando que sua temática pode fazer os jovens se voltarem contra os conservadores, e até mesmo contra o cristianismo.
Sem citar diretamente o nome do jogo, o radialista comparou a mensagem supostamente anticristã do jogo com a doutrinação nazista que incitava o ódio contra judeus desde o início da educação dos jovens, segundo o huffingtonpost.
- Eu não sei se você está familiarizado com ele, mas há um novo jogo de vídeo game agora, e neste jogo você tem que atirar nos bandidos. Você deve entrar e matar os bandidos, e os bandidos são cristãos e conservadores – disse Baton a Rick Green, co-apresentador do programa.
- Então, isso é os que as crianças estão sendo ensinadas, (…) este é o tipo de coisa que os nazistas começaram cedo com os jovens para levá-los a odiar os judeus, ensinando-lhes que os judeus eram maus e todas as coisas ruins que os judeus fizeram. E os judeus não tiveram a plataforma política para ser capaz de mudar isso – declarou Barton, ressaltando sua ideia de que o jogo teria uma suposta finalidade de doutrinar os jogadores contra os cristãos.
- E os judeus não tiveram a plataforma política para ser capaz de mudar isso. Agora, os cristãos ainda fazem e se os cristãos não se envolverem [na política], vamos ter problemas – completou.
Noah Dulis, do blog Breitbart, foi mais enfático ao criticar o jogo. Falando diretamente de Bioshock, ele escreveu afirmando que os burocratas da civilização ficcional apresentada pelo jogo são “caricaturas progressistas dos conservadores em sentido amplo, desprovidos de qualquer sutileza, nada mais que monstros feios, cheios de agressão nua e fanatismo violento”.

“Homossexual pode tornar-se heterossexual”, diz pastor Silas Malafaia, que define a prática como “comportamental”; Leia na íntegra

“Homossexual pode tornar-se heterossexual”, diz pastor Silas Malafaia, que define a prática como “comportamental”; Leia na íntegra
A presença da homossexualidade como um tema recorrente na sociedade contemporânea e como fonte de discussão persistente no meio cristão levou ao pastor Silas Malafaia, um dos maiores adversários sociais dos ativistas gays, a publicar um artigo em seu site sobre o assunto.
Malafaia é reconhecido pela ênfase na pregação de que a prática homossexual é reprovada pela Bíblia, e afirma em seu texto que a “tese de que o homossexualismo é genético é uma falácia; uma mentira”
Segundo o pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, “Deus criou o ser humano como macho ou como fêmea” e já na criação “estabeleceu que eles teriam atração sexual um pelo outro e que, da relação sexual entre eles, nasceriam filhos (Gênesis 1.27,28)”.
O pastor diz ainda que “se o homossexualismo não é genético, é comportamental”, o que na prática significaria dizer que “é praticado por uma pessoa que, por determinação genética, nasceu homem ou mulher, mas tornou-se homossexual por preferência aprendida ou imposta”, diz o pastor.
“O ser humano é um ser social e vive sob a influência de modelos, padrões. Os psicólogos são unânimes em dizer que mais importante do que a determinação genética para uma criança decidir a sua preferência sexual é a maneira como ela é criada. Não há determinismo genético. E, se é uma questão de comportamento, um homossexual pode abandonar essa prática e tornar-se heterossexual; até porque, a maioria dos homossexuais tem algum grau de atração pelo sexo oposto”, pontua Silas Malafaia.
No campo teológico, o pastor diz que “a menos que eles se arrependam dessa prática abominável aos olhos de Deus e convertam-se a Cristo, serão condenados a passar a eternidade no inferno, um lugar de pranto, dor e ranger de dentes”.
Malafaia reconhece que a medicina não é o caminho para que um homossexual abandone a prática, e afirma que a questão só pode ser resolvida no campo espiritual.
“Embora remédios e técnicas terapêuticas não possam transformar um homossexual em heterossexual, se ele reconhecer seu erro, confessá-lo a Deus, pedir perdão e entregar sua vida a Cristo, será justificado pelo sangue de Jesus, liberto do pecado que o domina e transformado em uma nova criatura. Mas, para isso, é preciso, sobretudo, que o homossexual tenha consciência da sua condição pecaminosa e queira dar um novo rumo à sua vida. É uma decisão pessoal dele render-se à verdade, entregar-se a Cristo”, diz o pastor.
O papel da igreja, segundo Silas Malafaia, é manter-se firme nos princípios: “A nós, evangélicos, como Igreja de Cristo, coluna e baluarte da verdade, cabe pregar o evangelho e convocar os pecadores ao arrependimento. Mas a nós não cabe odiar ninguém. Devemos amar o pecador e condenar o pecado”, resume.
Confira abaixo, a íntegra do artigo “É possível a um homossexual abandonar essa prática?”, do pastor Silas Malafaia:
Alguns dizem que a homossexualidade é uma questão biológica, genética; o indivíduo já nasce homossexual. Entretanto, nenhum cientista jamais provou essa tese.
Não existe um gene que determine que uma pessoa será homossexual. Os cromossomas XX determinam que ela será do sexo feminino, e os cromossomos XY, que será do sexo masculino. Portanto, essa tese de que o homossexualismo é genético é uma falácia; uma mentira. Deus criou o ser humano como macho ou como fêmea. Ele estabeleceu que eles teriam atração sexual um pelo outro e que, da relação sexual entre eles, nasceriam filhos (Gênesis 1.27,28).
Aliás, é por causa desse princípio que a espécie humana tem subsistido. Se não houvesse casamento entre homem e mulher, não seria possível a perpetuação da espécie.
Se o homossexualismo não é genético, é comportamental. Ele é praticado por uma pessoa que, por determinação genética, nasceu homem ou mulher, mas tornou-se homossexual por preferência aprendida ou imposta.
Como isto é possível? O ser humano é um ser social e vive sob a influência de modelos, padrões. Os psicólogos são unânimes em dizer que mais importante do que a determinação genética para uma criança decidir a sua preferência sexual é a maneira como ela é criada. Não há determinismo genético. E, se é uma questão de comportamento, um homossexual pode abandonar essa prática e tornar-se heterossexual; até porque, a maioria dos homossexuais tem algum grau de atração pelo sexo oposto.
A despeito de ser um comportamento aprovado em muitas sociedades antigas e modernas, o homossexualismo é pecado. A rejeição à prática homossexualismo é clara na Palavra de Deus. Em Levítico 18.22 (ARA), constatamos uma exortação direta a não dar lugar a essa prática. Em Levítico 20.13, vemos que a pena na Lei mosaica para quem praticasse o homossexualismo era a morte.
No Novo Testamento, apesar de não haver mais a pena de morte, observamos que a morte espiritual persiste para o homossexual, entregue por Deus ao que Paulo chamou, em Romanos
1.28, de sentimento perverso (ARC) ou disposição mental reprovável (ARA). Neste mesmo texto, o homossexualismo é denominado paixão infame; torpeza; erro. Leia 1 Timóteo 1.8-11 (NVI).
Em 1 Coríntios 6.10,11, está claro que nem os efeminados nem os sodomitas (ou seja, os homossexuais passivos e os ativos) herdarão o reino dos céus. A menos que eles se arrependam dessa prática abominável aos olhos de Deus e convertam-se a Cristo, serão condenados a passar a eternidade no inferno, um lugar de pranto, dor e ranger de dentes (Mateus 13.40-42; 24.51).
Embora remédios e técnicas terapêuticas não possam transformar um homossexual em heterossexual, se ele reconhecer seu erro, confessá-lo a Deus, pedir perdão e entregar sua vida a Cristo, será justificado pelo sangue de Jesus, liberto do pecado que o domina e transformado em uma nova criatura. Mas, para isso, é preciso, sobretudo, que o homossexual tenha consciência da sua condição pecaminosa e queira dar um novo rumo à sua vida. É uma decisão pessoal dele render-se à verdade, entregar-se a Cristo.
A nós, evangélicos, como Igreja de Cristo, coluna e baluarte da verdade, cabe pregar o evangelho e convocar os pecadores ao arrependimento. Mas a nós não cabe odiar ninguém. Devemos amar o pecador e condenar o pecado. Porém amar não é aprovar nem justificar comportamento errado. Existe uma grande diferença entre amar a pecador e concordar com suas práticas.
Nós, evangélicos, amamos os homossexuais, mas não concordamos nem aceitamos o homossexualismo. Não se trata de homofobia [aversão violenta a homossexuais] nem preconceito religioso, e sim de seguirmos princípios éticos, morais e espirituais que se baseiam no conhecimento que temos da Lei e da vontade de Deus para o ser humano ter uma vida plena, feliz e eterna.
Sugestões de leitura: Levítico 18––20; Romanos 1; 1 Coríntios 6.10,11; 1 Timóteo 1.8-11