Digital clock

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

O Segundo Filho de Deus: Em novo filme de Renato Aragão, Jesus fracassou e Didi irá substituí-lo em “contos bíblicos”

O Segundo Filho de Deus: Em novo filme de Renato Aragão, Jesus fracassou e Didi irá substituí-lo em “contos bíblicos”
O humorista Renato Aragão, famoso pelo personagem Didi dos Trapalhões, vai estrelar um filme no qual viverá um suposto “filho de Deus”, enviado para cumprir a missão na qual Jesus teria falhado.
- Como Jesus veio à Terra e não conseguiu cumprir a sua missão, porque os homens não deixaram, Deus resolve mandar um segundo filho. Aí, sim, Ele cumpre a missão – explica Aragão sobre o roteiro do filme, segundo o site Padom.
A polêmica produção, intitulada “O Segundo Filho de Deus”, está sendo anunciada como tendo seu enredo será baseado em “contos bíblicos”, para contar a estória de que Jesus não cumpriu sua missão na terra, e por isso Deus envia o seu segundo filho para concluí-la.
Orçado em 8,1 milhões de reais, o filme será dirigido por Paulo Aragão, e será o 49º filme da carreira do comediante, que é também escritor, diretor e produtor.
Como escritor, Renato Aragão escreveu recentemente seu primeiro romance “Amizade Sem Fim”. Com claras alusões ao espiritismo, o livro conta história do jovem empresário Ely, que abre a mão de sua fortuna para empreender uma busca interior, recorrendo à regressão hipnótica, através da qual acaba descobrindo que numa de suas vidas passadas, foi amigo íntimo de Jesus Cristo.
- Até pensei em fazer regressão para escrever sobre o assunto com mais consciência, mas ficou só na vontade. No final das contas, pensei: ‘Ah, não vou entrar nessa não! – disse Renato sobre o livro.

Ex-Cabo Bruno sai da cadeia após 27 anos para fazer a obra de Deus, Sou pastor evangélico

Notícias Gospel Ex-Cabo Bruno sai da cadeia após 27 anos para fazer a obra de Deus, Sou pastor evangélico | Noticia Evangélica Gospel
O ex-PM Florisvaldo de Oliveira, condenado a 117 anos de prisão e com mais de 50 assassinatos, saiu da penitenciária na tarde desta quinta-feira, e afirmou que vai fazer a “obra de Deus” de agora em diante, segundo relatou a Folha de S.P.
"Sou pastor evangélico. Minha família é evangélica. Deus me preparou nesses 20 anos exatamente para isso", disse ele à publicação.
Bruno pretende virar pastor e atuar ao lado de sua esposa, a também pastora evangélica e cantora gospel, Dayse da Silva Oliveira. Dayse está no momento afastada das reuniões de sua igreja, a Igreja Pentecostal Refúgio em Cristo, na vizinha Taubaté, para evitar o assédio da imprensa e curiosos.
Bruno foi acusado de cometer o homicídio de mais de 50 pessoas na zona sul de São Paulo, nos anos 1980. Ele conseguiu a liberdade a partir de um decreto da presidente Dilma Rousseff, que perdoa os presos que tenham tido comportamento exemplar na cadeia por 20 anos ininterruptos. Cabo Bruno teria fugido da cadeia por três vezes até 1991, mas depois disso não cometeu nenhuma falta indisciplinar.
Com uma renda não suficiente a princípio como pastor, Bruno informou que poderia fazer trabalho como artista plástico e planeja também fazer um curso profissionalizante “para o caso de emergência”.
“Embora eu tenha uma idade já meio avançada, Deus me deu saúde, sabedoria, uma mente boa, preservou minha mente", afirmou.
Livre, Bruno afirma que ficou com trauma da imprensa e prefere não mostrar o rosto. “Quanto mais eu puder evitar [ser exposto] é melhor”, afirmou.
Hoje, Bruno é querido pastor pelos colegas na prisão, de fala mansa e, segundo Deyse, “é um homem transformado”.
Bruno saiu de maneira discreta da penitenciária, escondido no banco de trás de um carro da Funap (Fundação de Amparo ao Preso), driblando os jornalistas.

Casamento, União Estavel entre 3 pessoas é Noticia no Fantastico

Notícias Gospel Casamento, União Estavel entre 3 pessoas é Noticia no Fantastico | Noticia Evangélica Gospel
Um caso inusitado, divulgado esta semana, levanta uma discussão em família. Um homem e duas mulheres oficializaram em cartório, de papel passado, uma união a três. Mas se o casamento entre mais de duas pessoas é proibido no Brasil, essa união tem validade.
Desde que decidiu assumir, com contrato e tudo, suas três mulheres, a vida do Cadinho da novela “Avenida Brasil” não está nada fácil. E se você acha que uma situação como essa é coisa de novela, olha só o caso que veio a público esta semana: a tabeliã Claudia Domingues lavrou uma escritura inédita no Brasil: uma união estável entre um homem e duas mulheres.

Conheça o movimento: “Política na Igreja? Diga não”

Conheça o movimento: “Política na Igreja? Diga não”
Este ano tem eleição e os políticos estão de olho no voto dos evangélicos. Até ai tudo normal, afinal os políticos vivem de olho nos votos, mas o que é anormal são os lideres evangélicos de olho nas vantagens que a politica e os políticos podem trazer para si e “sua” igreja.
Como nos tempos dos coronéis, lideres evangélicos negociam os votos com candidatos e partidos e  os impõem à comunidade. Sem nenhum pudor estes lideres que se acham donos do rebanho de Deus, escolhem os candidatos, sempre trocando por vantagens inclusive individual e usando o número de votos que sua igreja pode dar.
111111111111111111111111111111111111111111 Conheça o movimento: Política na Igreja? Diga não
Estes lideres chegam a blasfemar quando num culto que deveria ser um momento de celebração entre a igreja e Deus, aparecem os políticos com seus discursos. As vezes estes políticos são “crentes” ( digo crente como membros de igreja não como os que crêem e seguem a Jesus) ,outras nem crente são. Sobem aos púlpitos das igrejas ateus, católicos, espiritas, macumbeiros, mulçumanos etc, sempre com um discurso afinado com o pastor.
Usar um espaço da igreja em prol da democracia visando dar subsídios aos irmãos para escolherem seus candidatos pode até ser saudável. Mas não é isso que ocorre.
Este espaço jamais poderia ser no momento da celebração, do culto a Deus.
Este espaço jamais deveria ser uma forma de manipulação e imposição. Se é para esclarecer e colaborar com a democracia todos candidatos deveriam ser convidados para apresentar suas propostas e responder perguntas do povo. Mas isso infelizmente isso não ocorre, ocorre justamento ao contrário, os políticos  de uma  só corrente (escolhidos após negociatas com o líder) são apresentados com candidatos escolhidos por Deus e fazem seus discursos no momento do culto.
Creio que chegou o momento de acabarmos com esta farra.
Cada cristão deve falar com seu pastor bispo ou seja lá qual for o título do líder e protestar. Sem ser ingênuo, sabemos que isso não mudará nada, mas vale a pena conhecer melhor o caráter do líder e esta será uma ótima forma. Após esta tentativa a segunda providência é conversar com outros irmãos e alertá-los. Provavelmente esta segunda tentativa também falhará  no resultado, mas se você alertar um só irmão alienado pelo sistema valerá a pena. Falhando estas duas tentativas de afastar  os  políticos do culto e quando eles estirem lá fica uma sugestão:
1) não ir a este culto.
2) usar camisetas denunciando o uso politico. Se possível usar faixas fora do templo também ( já que dentro não será possível).
3) Quando o  politico se levantar para fazer seu discurso ,virar as costas
4)  Sair do templo.
A ultima providência é não votar nestes candidatos.
198868 173629959438349 199554305 n Conheça o movimento: Política na Igreja? Diga não

Você será visto como rebelde, mas o que é melhor se rebelar contra o erro do que ser conivente com ele. Se você que não concorda se cala, torna-se cúmplice.
Se o pastor quer fazer politica (no pior sentido da palavra)que vá fazer isso nos locais próprios ou no inferno, nunca na igreja. Aliás este pastor está se desviando de sua função,pior, muitas vezes recebendo altos salários ajuda de custos ou prebendas.
Cidadão não vende seu voto, e igreja cidadã também não. Receber tijolos, pisos, aparelhagens de som,, favorzinhos burocráticos, carros, cestas básicas é´vender o voto da igreja ( alias bem barato) e isso é crime eleitoral, alem de pecado, é claro,. Pecado maior ainda ( se é que podemos dar tamanho a pecados) é vender este  os votos onde quem recebe é apenas a cúpula ou o próprio líder ( acreditem isso é muito comum)
É tempo de reação. Não dá para se acovardar,,,, E se “sua” igreja insistir em trocar o reino de Deus pelo reino dos homens é tempo de repensar se vale a pena  estar unida com ela;
Você como cristão e evangélico não tem vergonha disso:
aaaaa3 Conheça o movimento: Política na Igreja? Diga não
Não importa o ministério, importa a troca de favores.
valdemiro+e+politicos+1 Conheça o movimento: Política na Igreja? Diga não
Ele não poderia ficar de fora

a2a2a2 Conheça o movimento: Política na Igreja? Diga não
A Marcha era para Jesus, mas não custa dar uma ajudinha aos novos baluartes dos valores cristãos.
santinho jw Conheça o movimento: Política na Igreja? Diga não
E colocam textos bíblicos para justificar.

a1a1a Conheça o movimento: Política na Igreja? Diga não
O congresso deveria falar de missões e falou da missão: do candidato.
dilma Conheça o movimento: Política na Igreja? Diga não
Deveria ser uma culto a Deus, mas …

netinho Conheça o movimento: Política na Igreja? Diga não
eles até cantam  e oram e te fazem de bobo sob a batuta do pastor.
Andr%C3%A9 Soares R. R. Soares Lula Jorge Tadeu e David Soares 544x249 Conheça o movimento: Política na Igreja? Diga não
R R Soares, os filhos pastores políticos e o Lula.
1lula edir Conheça o movimento: Política na Igreja? Diga não
O voto do povo em troca de benefícios para emissora de TV
Aproveitando um texto do blog estrangeira ( http://estrangeira.wordpress.com/), os apoios dos pastores ao candidatos em São Paulo. Será que consultaram o povo ara falar em nome deles?

Testemunho: abandonado na infância, pastor escreve autobiografia contando história de envolvimento com o crime e superação

Testemunho: abandonado na infância, pastor escreve autobiografia contando história de envolvimento com o crime e superação
O pastor e escritor norte-americano Damien Jackson, que recentemente lançou no Brasil sua autobiografia “Eu deveria estar morto” contou seu testemunho em uma entrevista ao programa Hoje em Dia, da TV Record.
A história de Damien envolve vício, tráfico, abandono e prisão, e foi contada por ele no livro que já foi editado em inglês, francês, português e está sendo traduzida para o espanhol.
No livro, Damien Jackson relata seu testemunho de vida, que começou com fartura e felicidade, quando sua mãe trabalhava para a máfia italiana, e que se tornou pobre e abandonado quando ela precisou deixar o emprego e fugir para não ser presa, segundo informações do site Arca Universal.
Caçula de quatro irmãos, Damien revela que foi rejeitado pelo pai, que não queria um quarto filho, e conta que após seu pai abandonar sua mãe, ela também o rejeitou quando o novo marido a obrigou a escolher entre ele e Damien.
Muito tempo depois, após se envolver com tráfico, roubos, gangues e um julgamento por tentativa de assassinato, reencontrou sua mãe, reconciliou-se com ela e passou a frequentar a igreja, onde se converteu.
O bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que a denominação precisou tirá-lo da cidade para que ele não fosse morto, após sua conversão: “A história dele é magnífica, maravilhosa. Recordo que tive de tirá-lo de Atlanta porque logo que ele e o irmão se converteram, os bandidos queriam pegá-los; tivemos que removê-los. Ele fez parte da maior gangue dos Estados Unidos, mas Deus levanta do monturo o necessitado para fazê-lo assentado ao lado de príncipes, e hoje ele está assentado conosco, os príncipes de Deus”.
Agora, Damien é pastor e líder da Força Jovem, projeto da IURD voltado a jovens, os Estados Unidos. Com 30 anos, é casado com Elise, e viaja o mundo contando seu testemunho de superação.

Adolescente cristã é presa na Tanzânia por não negar a sua fé


Adolescente cristã é presa na Tanzânia por não negar a  sua fé Uma garota de 17 anos foi condenada A dois anos de prisão na Tanzânia, acusada de profanar o livro sagrado islâmico, o Alcorão. A adolescente Eva Abdullah se converteu ao cristianismo, o que a fez ser deserdada por seus pais levou um grupo de radicais a tentar persuadi-la a renunciar sua fé.
De acordo com o ministério Portas Abertas, Em 26 de julho desse ano, a jovem foi condenada à reclusão por um juiz que teria sido subornado por militantes islâmicos e, por ter se recusado a negar sua fé, foi falsamente acusada de ter pecado contra o Alcorão.
O Portas Abertas explica ainda que muitos líderes cristãos da região de Bagamoyo, sua cidade natal, têm medo de defendê-la por medo de sofrer retaliações dos moradores do distrito, de maioria muçulmana.

Motorista escapa com vida de grave acidente e afirma: “Foi um milagre de Deus”

Motorista escapa com vida de grave acidente e afirma: “Foi um milagre de Deus”
Na noite dessa terça feira o motorista Adelmo Lima Ramos, de 46 anos, sofreu um grave acidente enquanto dirigia na BR-163, em Campo Grande. Se recuperando do acidente o motorista afirma que só sobreviveu por um milagre de Deus.
Ramos perdeu o controle da direção após atropelar uma capivara e foi parar na contramão da estrada, onde bateu contra uma carreta. Com o impacto, foi arremessado do carro, que pegou fogo no acostamento da pista.
- Foi um milagre de Deus a minha sobrevivência. Eu vinha sozinho pela estrada e não tive tempo de desviar de uma capivara no meio da pista. Acredito que ela já estava morta. Segurei firme o volante e passei por ela, mas a traseira do carro rodopiou e eu fui atingido em cheio pelo lado do passageiro – relatou Anselmo, que contou também que foi atendido rapidamente pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que chegou rapidamente ao local da colisão.
- Eles estavam na cidade e vieram bem rápido. Permaneci consciente durante todo o tempo, e fui levado para a Santa Casa. Agora já estou em casa, graças a Deus – explicou.
O veículo dirigido por Anselmo ficou completamente destruído. Porém ele escapou tendo a perna quebrada no impacto e algumas escoriações do corpo, segundo informações o G1.
- O que importa é que eu estou vivo – ressaltou.

Mais de 10.000 igrejas se unem para trazer as pessoas de ‘Volta às Igrejas no Domingo’

Notícias Gospel Mais de 10.000 igrejas se unem para trazer as pessoas de ‘Volta às Igrejas no Domingo’ | Noticia Evangélica Gospel
Milhares de congregações nos Estados Unidos estão se comprometendo a participar de um evento de âmbito nacional destinado a alcançar os sem-igreja. "Volta Nacional para a Igreja Domingo", previsto para 16 de setembro, tem mais de 10.000 igrejas oficialmente listadas como participantes do evento. "É a maior sensibilização anual única da comunidade no país, compartilhando a mensagem simples e missão de convidar a todos nos Estados Unidos a ‘Voltar para a Igreja’", diz o site do evento. "A campanha fortalece igrejas e membros da igreja com as ferramentas de que precisam para acolher os seus vizinhos, amigos e entes queridos de volta à igreja, ao fornecer os sem igreja uma maneira fácil de encontrar uma igreja acolhedora em sua comunidade."
"Volta Nacional para a Igreja Domingo" é organizado em parte pela Outreach, Inc., uma organização formada em 1996 que visa proporcionar igrejas com produtos de divulgação. Kim Flynn, gerente de marketing do projeto para a Divisão de Produtos de Outreach, Inc., destacou que o evento é "baseado no princípio simples de que 82 por cento das pessoas vêm à igreja se forem convidados por um amigo, e apenas 2 por cento dos membros da igreja convidam amigos sem igreja para a igreja."
"Desde 2009, o Volta Nacional para a Igreja Domingo inspirou fiéis a convidar mais de 2,6 milhões de membros da família, amigos, vizinhos e colegas de trabalho para as suas igrejas. Ano passado, 7.600 igrejas participaram. A partir deste ano mais de 10.000 congregações participaram o evento". Os organizadores do evento Voltar à Igreja têm usado as mídias sociais como um meio de divulgação. Isso inclui o uso de "e-Vites", uma página do Facebook que tem neste momento mais de 9700 pessoas curtindo, e um vídeo do YouTube do "Rap Pastor", que foi publicado em junho e, desde então, ganhou mais de 76 mil visualizações.
Os organizadores do Volta Nacional para a Igreja Domingo esperam que mesmo depois que 16 de setembro veio e se foi, a mensagem de seu evento continue a crescer. "Em uma cultura onde ‘igreja’ perdeu significado importante para muitos esperamos que as pessoas descubram como eles podem alcançar seu potencial dado por Deus e como eles podem transformar suas vidas e da comunidade", disseram os organizadores em um comunicado.
"Nós desenvolvemos o Desafio da Igreja de 30 dias e está atraindo milhares de igrejas a examinar seus propósitos fundamentais. Em um foco concentrado através de uma variedade de meios de escrituras em Atos, congregações redirecionam para alcançar seu potencial bíblico e transformar suas comunidades."
Fonte: The Christian Post | Divulgação: Midia Gospel

Nick Vujici, evangelista sem braços e pernas, anuncia que será pai: Deus é muito bom

Notícias Gospel Evangelista sem braços e pernas, anuncia que será pai: Deus é muito bom | Noticia Evangélica Gospel
Nick Vujici, cristão e evangelista famoso por não ter braços e pernas, anunciou recentemente que será pai, em sua página do Facebook. Sua esposa, com quem se casou em fevereiro deste ano, está em sua 13° semana de gravidez. "Minha esposa e eu estamos esperando!!! Estamos na 13° semana de gravidez!! Deus é muito bom!!" escreveu ele na página da rede social.
O autor de “Vida Sem Membros” se casou com Kanae Miyahara, em uma cerimônia romântica na Califórnia e passaram a sua lua de mel no Havaí. Ele tem o seu anel de casamento em seu pescoço. Vujici nasceu com uma síndrome de tetra-amelia, uma desordem rara caracterizada pela ausência dos quatro membros (braços e pernas).
Apesar da deficiência, Nick se tornou um exemplo de superação e sua fé e confiança em Deus já inspiraram a muitos. Nick é convidado a dar palestras por todo o mundo e em cada uma delas, ele é ousado em falar sobre o papel vital de Deus no modelar e renovar de sua vida, que era cheia de depressão e amargura.
“Eu encontrei o sentido de minha existência e também o propósito de minha circunstância”. Com seus testemunhos, Nick foi capaz de tocar o coração de milhões de pessoas, incentivando aqueles que estão desconsolados e fracos a confiar no Senhor por provisão e liberdade.
“Não se trata do exterior. Trata-se de estar completo por dentro”, compartilhou ele em um prévio evento em Seattle. “Porque eu tenho visto muitas pessoas completas por fora mas que não conhecem a verdade. É a verdade que te liberta e quem o filho liberta é livre de fato”.
Mesmo sem braços e pernas, ele já fez aquilo que muitos não fizeram como surfar na praia de Waikiki, conduzir uma orquestra de 60 instrumentos, ir aos bairros pobres da Índia e Egito, ou realizar acrobacias de circo para um filme de Hollywood.
Em sua página do Facebook Nick compartilha mensagens de áudio de dois minutos diariamente, onde ele expõe sobre o amor de Deus, Sua misericórdia, perdão, graça e conforto em sua vida e na vida das pessoas.
“Deus nos provê um alívio eterno. Um conforto que não acaba. A vida é cheia de problemas de vários tipos: seu amigo vira as costas, o seu carro morre, você tem doenças ou deficiências. Quantas coisas que nos abatem, nos fazem cair? Quão bom que é ir para Deus que nos ama e encontrar conforto em seus braços?” compartilhou nesta quarta-feira em uma mensagem de áudio.
“Não há qualquer outro lugar, qualquer outra pessoa, que pode nos dar conforto eterno e boa esperança”.

Variação do DNA humano se aproxima da linha temporal bíblica


Variação do DNA humano se aproxima da linha temporal bíblica

Um estudo publicado na revista Science pode comprovar a verdade Bíblica do Dilúvio e da diversificação acelerada dos seres humanos depois desse episódio. Isso porque a pesquisa mostra que a variação do genoma humano começou há aproximadamente 5 mil anos atrás.

Os cientistas já sabiam que cada pessoa é distinta da outra, com exceção dos gêmeos idênticos, mas o que eles quiseram descobrir com essa nova pesquisa era quando essa distinção começou. Para isso foram analisadas as sequenciais do DNA de 15.585 regiões genéticas codificadas de proteínas do genoma humano.

Esse material genético foi retirado de 1.351 americanos com descendência europeia e 1.088 com descendência africana. Com esses dados em mãos a equipe pode então examinar o percurso da variação genética através do tempo, dando como resultado a seguinte frase: “O limite máximo provável para o crescimento acelerado foi há 5,115 anos atrás”.

Para quem defende a Terra tem milhões de anos fica a pergunta: Por que com tantos milhões de anos a diversificação genética dos humanos só passou a acontecer nos últimos 5.000 anos?

Enquanto os defensores da evolução das espécies tentam encontrar uma resposta, a pesquisa aproxima o fato com os relatos sobre a história de Noé que aconteceu há cerca de 4.500 anos, se ajustando ao tempo máximo que os pesquisadores estimam.

Com informações Darwinismo

Valdemiro Santiago chora na TV, diz que tem dívida de R$30 milhões e pede ajuda aos fiéis da Igreja Mundial, afirma a Veja

Valdemiro Santiago chora na TV, diz que tem dívida de R$30 milhões e pede ajuda aos fiéis da Igreja Mundial, afirma a Veja O líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, o apóstolo Valdemiro Santiago, está com dificuldades para arcar com os altos custos de transmissão de seus programas TV, e por isso vem pedindo nos cultos televisionados que os fiéis ajudem a arcar com a dívida de R$30 milhões que teria com as emissoras que transmitem a programação da igreja. A campanha já teria sido usada pelo apóstolo antes quando conseguiu R$7 milhões em doações.
As informações são do jornalista Lauro Jardim da coluna Radar On-line, da revista Veja. O jornalista afirma que esse é o montante devido pela Mundial às emissoras Band, Rede TV! e CNT, que transmitem diariamente os cultos dirigidos por Valdemiro e bispos da Mundial.
Ainda segundo o jornalista, o Apóstolo estaria desde de março deste ano com problemas para pagar principalmente à Band e já estaria procurando um novo locatário para repassar o horário na emissora.
Durante um culto, transmitido há alguns meses, Valdemiro chegou a afirmar que R$30 milhões é o valor gasto mensalmente pela denominação, para manter tais programas, e outras despesas da igreja, hoje o custo já estaria em R$200 milhões, segundo a revista Veja.

Milagre: homem sobrevive após queda de 13 andares e afirma, “Foi graças ao Espírito Santo”

Milagre: homem sobrevive após queda de 13 andares e afirma, “Foi graças ao Espírito Santo” Nesta segunda-feira, 21, um homem sobreviveu a um grave acidente no prédio onde trabalhava, em Curitiba, Paraná. O carpinteiro Everson do Espírito Santo sobreviveu a uma queda de 13 andares, de uma altura de trinta e seis metros, no fosso do elevador do prédio. Crendo ser um milagre, Everson afirmou que “foi graças ao Espírito Santo” que ele conseguiu escapar da tragédia.
Após o acidente, o carpinteiro foi levado ao Hospital Evangélico apenas com ferimentos na mandíbula. Os andaimes de madeira, presentes em cada andar, amorteceram a queda de Everson, impedindo a precipitação direta.
“Eu só senti a hora que eu parei naquele andaime que não quebrou e que me segurou. Quanto eu saí, um pedreiro que estava trabalhando lá em baixo me ajudou.”, contou Everson, sobre o momento do acidente.
Nesta terça-feira, 21, o Hospital Evangélico informou que o rapaz está em observação no pronto-socorro, mas que seria liberado brevemente.

Igreja britânica volta a utilizar games durante o culto

Igreja britânica volta a utilizar games durante o culto
A igreja britânica Exeter Cathedral realizou mais um culto utilizando um game, dessa vez o jogo escolhido foi o Journey que tem um forte apelo para o conceito de fé.

Um dos ministros do local conversou com o site Dealspewn para falar sobre o caso, dizendo que a ideia é fazer com que as pessoas entendam melhor como é ter uma relação com Deus.

“Sabemos que os games tem formas únicas e criativas de expressar sentimentos, queremos fazer algo que ajude as pessoas a ter uma maior conexão com Deus e que Ele é digno de sua atenção”.

Nesse game criado pelo estúdio That Game Company, o jogador tem que perseguir um ponto de luz que vai lhe conduzindo até um lugar onde ele encontra a salvação. É por esse motivo que o Journey foi escolhido, pois é possível traçar um paralelo entre a vida do personagem e a busca cristã.

O jogo para Playstation 3 foi exibido no telão na igreja enquanto uma música lenta era tocada no piano. Os fiéis assistiram atentamente e depois ouviram o sermão do religioso como mostra um vídeo postado pelo programa FGTV, voltado para games.

Antes desse episódio a Exeter Cathedral usou o jogo Flower, também para PS 3. A escolha do game aconteceu por ele ter propriedades espirituais e calmantes. Até uma trilha sonora foi criada para o momento, os fiéis puderam se revezar e conhecer mais sobre o game.

Placa com os dizeres “Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo” pode ser demolida por causa de representação feita por ateus

Placa com os dizeres “Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo” pode ser demolida por causa de representação feita por ateus Na entrada da cidade de Sorocaba, na lateral da alça de acesso da Avenida Dom Aguirre à rodovia Senador José Ermírio de Moraes (Castelinho), quem chega à cidade é recepcionado com uma placa que traz os dizeres “Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo”, mas esse marco pode ser demolido por causa de ação movida por ateus.
Os estudantes de direito Ricardo dos Santos Elias e Henrique Pinheiros da Silva apresentaram pedido à Promotoria de Habitação e Urbanismo de Sorocaba para que seja apurada a constitucionalidade do monumento. Eles alegam que a instalação do marco pela prefeitura, em 2006, estaria ferindo o princípio de laicidade do estado.
De acordo com o Diário de Sorocaba, os estudantes alegam que a Prefeitura de Sorocaba incorre na prática de condutas em desacordo ao ordenamento jurídico do País, e invocam o artigo 19 da Constituição Federal que proíbe a União, o Distrito Federal, os Estados e os Municípios estabelecer cultos religiosos ou subvencionar, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles ou seus representantes relações de dependência ou aliança.
Segundo os estudantes o ato do poder público em autorizar a instalação do monumento constitui flagrante de desrespeito à laicidade do Estado e à diversidade religiosa e questionam: “Se Sorocaba é do Senhor Jesus Cristo”, como ficam os ateus, os animistas, os agnósticos, os muçulmanos, os hinduístas, os budistas, os judeus, e tantos outros que não professam à fé cristã?”.
O promotor de Justiça Jorge Alberto de Oliveira Marum instaurou procedimento preliminar, e para apurar junto à Prefeitura da cidade se a área na qual o monumento está instalado é pública ou particular. Se for particular, Jorge Marum exige informação se existe título de permissão ou cessão. O ato do promotor visa também verificar o valor gasto pelo poder público com o monumento.

Menina cristã de 11 anos com síndrome de down pode ser condenada à morte por blasfêmia

Menina cristã de 11 anos com síndrome de down pode ser condenada à morte por blasfêmia
No Paquistão, mais uma acusação contra um cristão pode terminar em morte, desta vez, Ramsha, uma menina de apenas 11 anos, foi acusada de blasfêmia, por ter rasgado 10 páginas do Alcorão. Segundo as autoridades policiais, a garota, que é analfabeta e teria síndrome de down, mesmo com muita dificuldade para falar declarou que não sabia se tratar do livro sagrado dos muçulmanos.
De acordo com a lei paquistanesa, o crime de blasfêmia é punido com a pena de morte, mas, um comunicado da presidência do Paquistão argumentando sobre a impossibilidade de Ramsha compreender o conteúdo do livro, por não saber ler, pode ser uma chance para que a garota escape da condenação, cuja pena máxima é a execução.
Após a divulgação do caso, aproximadamente 150 pessoas se dirigiram ao bairro cristão onde a Ramsha mora para protestar, a multidão ameaçou queimar a menina por causa de seu ato. Assustados, centenas de famílias cristãs fugiram do local temendo o ataque dos manifestantes. Porém, a polícia conseguiu deter a ação dos agressores.
Asif Ali Zardari, presidente do Paquistão, solicitou que o Ministério do Interior investigasse o caso com urgência, ressaltando que as minorias do país devem ser protegidas “de qualquer uso errôneo da lei da blasfêmia”. De acordo com informações veiculadas pelo Daily Mail, a acusação contra a menina Ramsha pode ser retirada tão logo haja apuração sobre o caso, assim como quando diminuir a cólera da população.
Embora o governo paquistanês esteja dando atenção ao caso, ativistas de direitos humanos têm denunciado a utilização da lei da blasfêmia como elemento de intolerância religiosa, quando ela é manipulada pelos grupos maiores, predominantemente muçulmanos, para perseguir grupos menores, como os cristãos, que atualmente representam pouco mais de 1% da população do país.

Cerca de 100 milhões de cristãos do mundo sofrem perseguição


Cerca de 100 milhões de cristãos do mundo sofrem perseguição

Setenta por cento da população mundial sofre de algum tipo de perseguição religiosa, de acordo com um estudo divulgado pelo Fórum de Pesquisa Pew sobre Religião e Vida Pública. A estatística tem sido enfatizada pela Missão Portas Abertas, que espera usar isso para despertar as pessoas em suas campanhas de ajuda aos cristãos perseguidos.

“Um com eles é o nome da campanha que lançamos para afirmar e reforçar o conceito que somos um com o corpo de Cristo em todo o mundo. Para aqueles que vivem no continente americano, isso significa demonstrar solidariedade com os nossos irmãos e irmãs que sofrem em todo o mundo”, disse Carl Moeller, presidente do grupo de vigilância dos direitos humanos de Portas Abertas EUA.

A campanha está vendendo pulseiras pretas de silicone que visam ser um lembrete da situação dos cristãos perseguidos em todo o mundo. A ideia por trás dos acessórios que se parecem com arame farpado é gerar um diálogo sobre o assunto, explica Moeller.

“A pulseira surgiu quando um dos nossos funcionários veio ao nosso escritório e colocou um pedaço de arame farpado em minha mesa e disse ‘podíamos fazer uma pulseira assim’”, disse Moeller.

“Pensamos que pulseiras são usadas para divulgar muitas causas”, continuou, acrescentando que ele já foi perguntado sobre o significado de sua pulseira em muitas ocasiões. Ele explica que sempre usa a curiosidade para falar sobre a perseguição religiosa vivida pelos cristãos.O material deve ser usado em campanhas similares em todos os países onde o Portas Abertas atua.

Essa é mais uma ação que deve contribuir para popularizar o Dia Internacional de Oração pela Igreja Perseguida, campanha realizada por Portas Abertas todos os anos. “A oração é ao mesmo tempo, uma meta de curto e de longo prazo, & nós estamos muito interessados em ver a perseguição se tornando uma preocupação maior por parte da igreja”, finaliza Moeller.

De acordo com o estudo realizado pelo Fórum de Pesquisa Pew sobre Religião e Vida Pública , há 100 milhões de cristãos enfrentando perseguição em mais de 60 países ao redor do mundo, simplesmente por causa de sua fé em Jesus Cristo.

Traduzido e adaptado de The Christian Post

Imagem do “demônio” aparece durante transmissão de emissora de TV e gera polêmica.

Imagem do “demônio” aparece durante transmissão de emissora de TV e gera polêmica. Assista
Uma emissora de televisão nos Estados Unidos veiculou uma vinheta de sua previsão do tempo que está causando polêmica entre os telespectadores.
Uma imagem de um “demônio” apareceu entre a transição das imagens, e um telespectador que gravava as cenas percebeu a figura incomum e publicou o vídeo, que foi comentado pelos principais jornais norte-americanos através de seus sites.
A figura mostra um rosto de um homem, fantasiado de demônio, com os dentes pretos e expressão sombria. No Youtube, o vídeo já soma mais de 1,3 milhão de acessos e foi destaque também nas redes sociais.
A emissora de TV WSMV não veiculou nenhum comunicado a respeito do ocorrido, porém o diretor de criação da emissora enviou um e-mail ao site Hypervocal dizendo que a imagem inserida pode ser uma imagem de divulgação da série Grimm, produzida pela rede de TV NBC, à qual a WSMV é filiada.

Liberdade religiosa? Na Coreia do Norte é mito

Na Coreia do Norte, liberdade religiosa é mito
Na Coreia do Norte, liberdade religiosa é mito
Embora a liberdade religiosa esteja prevista na Constituição e demais leis do país, na prática o governo restringiu ao máximo atividades relacionadas à crença
De acordo com o recém-lançado Relatório Internacional sobre Liberdade Religiosa, produzido pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos, muitas pessoas ainda vivem sob governos que limitam a prática religiosa. Um país de particular preocupação é a Coreia do Norte.
O documento revela que, verdadeiramente, a liberdade religiosa não existe em território norte-coreano. Apesar de constar na Constituição e outras leis do país, atividades religiosas não são permitidas.
Autoridades norte-coreanas reprimem reuniões de oração não autorizadas e reagem duramente àqueles que se envolvem em atividades religiosas consideradas “inaceitáveis”. É necessário que os grupos religiosos sejam reconhecidos pelo governo, que os supervisiona de maneira rígida. Relatos de missionários e organizações não governamentais indicam que os cristãos que praticam proselitismo no país e outros que entram em contato com estrangeiros estão sujeitos a penas severas.
Grupos de direitos humanos fora da Coreia do Norte declararam em anos anteriores que membros de igrejas cristãs clandestinas foram presos, espancados, torturados e mortos por causa de suas crenças religiosas. Estima-se que entre 150 e 200 mil pessoas estejam em campos de prisioneiros políticos; muitos, por motivos religiosos. A estrutura e condição das prisões são desumanas, e desertores que estiveram encarcerados afirmaram ainda que os prisioneiros detidos em razão de suas crenças religiosas geralmente eram tratados de maneira mais rígida do que os outros.
Casos de perseguição aos cristãos e à Igreja clandestina
Órgãos da imprensa estrangeira informaram que 23 cristãos foram presos em maio de 2010. O crime? Eram membros de uma igreja evangélica clandestina em Kuwol-dong, na cidade de Pyongsong. Três foram executados, enquanto os demais foram encaminhados à prisão política de Yodok.
No ano passado, um dissidente reportou que o cristão Myong-il Park foi preso em 2000, pela Agência de Segurança do Estado, por conta de uma Bíblia que obteve durante uma viagem à China. Desde então, ele permanece em um campo de prisioneiros políticos.
O governo da Coreia do Norte não permite que representantes de governos estrangeiros, jornalistas ou de qualquer outro movimento pela liberdade avaliem as condições de direitos humanos no país, impedindo a confirmação oficial dos abusos relatados.
Número 1 na classificação de países por perseguição
Apesar das muitas promessas do regime comunista, milhares de norte coreanos sofrem de desnutrição crônica, com o desemprego e vivem abaixo da linha da pobreza. A perseguição aos cristãos tem assumido várias formas. A sociedade vive tomada por um medo constante, devido ao forte esquema de vigilância do governo.
Inicialmente os cristãos que lutavam por liberdade política foram reprimidos. Depois, o governo tentou obter o apoio cristão ao regime, mas como não teve êxito em sua tentativa, acabou por iniciar um esforço sistemático para exterminar o cristianismo do país.
Quase todos os cristãos na Coreia do Norte pertencem a igrejas não-registradas e clandestinas. O culto deles se constitui de um encontro “casual” de dois ou três fiéis, em algum lugar público. Lá eles oram discretamente e trocam algumas palavras de encorajamento.
fonte: http://www.portasabertas.org.br

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

UMIRIM: SEITA SECRETA CONSTRÓI PIRÂMIDE MISTERIOSA


A cidade de Umirim localizada aproximadamente à 95 km de Fortaleza jamais foi a mesma desde que uma misteriosa pirâmide foi erguida em sua zona rural, o prédio ou templo foi idealizado por um grupo de pessoas que seguem algum tipo de doutrina religiosa e fazem cultos que são restritos aos seus membros. Devido a essa restrição muitos boatos sobre o que acontece durante as reuniões já tomaram conta da região, o mais novo é que a pirâmide faria parte de uma igreja americana em que os membros assistem os eventos religiosos nus, fala-se também de rituais com sacrifício de animais, a última suspeita foi levantada após pessoas terem visto currais dentro do terreno, o templo é protegido 24 horas por dia por seguranças armados, que impedem o acesso de curiosos ao interior do templo, para evitar roubos, saques e a presença de curiosos que possam vir a atrapalhar o clima de paz que existe no local,mas nada muito rígido.
Dias atrás uma equipe de reportagem da Tv Diário de Fortaleza conseguiu ter acesso ao interior do terreno e ver o monumento de perto, mas ao tentarem ter acesso ao interior tiveram permissão negada por um dos membros via celular, logo após foram conduzidos ao portão.
O templo é lindo e imponente, visto de toda cidade e já virou uma espécie de ponto turístico da cidade, a todo momento curiosos chegam para tentar dar uma olhadinha ou tirar uma fotografia próximo da pirâmide, ela está erguida desde 2010 e desde sua criação influencia a imaginação popular à pensar diversas coisas sobre a construção.

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Projeto SóRir: voluntários promovem brincadeiras para crianças em hospitais

Projeto SóRir: voluntários promovem brincadeiras para crianças em hospitais
O projeto SóRir atua em hospitais da cidade de Curitiba, levando bom humor e distração para crianças que passam por tratamentos.
Durante essas atividades, o grupo responsável por manter o projeto funcionando aproveita para evangelizar crianças e funcionários dos hospitais em que atuam.
Entre os planos do projeto estão a possibilidade de estender as atividades para adultos e abrir novas frentes de atuação junto às crianças.
Confira abaixo, nosso bate papo com Maria Talita Deunísio, uma das integrantes do projeto SóRir:
Quais as áreas de atuação e público alvo do projeto?
Atuamos em cinco hospitais de Curitiba, totalizando 8 alas dentro deles. Nossas atividades acontecem todos os sábados. Nosso foco são as crianças, brincar, cantar, evangelizar e inovar. Claro que acabamos brincando também com pais e com todo o pessoal que trabalha no hospital, como enfermeiros, médicos, cozinheiras, seguranças e tantos outros. Se um dia tivermos pessoas suficientes, é possível aumentar o atendimento do projeto para adultos, mas ainda temos muito chão para, só no pequeno príncipe ainda temos muitas alas para iniciar. Além disso, temos um braço do projeto no Acre, sim, ele existe! Temos um grupo grande lá que trabalha no hospital localizado em Rio Branco.
Qual o tempo de atuação do projeto? Poderia contar um pouco da história, como surgiu, quem idealizou?
O projeto começou no final de 2005, infelizmente a data exata se perdeu com o tempo, mas estimamos ser no início do mês de novembro. O fundador do projeto a SóRir foi o Higor Reis, na época membro da Terceira Igreja do Evangelho Quadrangular, ele ficou conosco na liderança do projeto até julho de 2009, quando o nosso atual líder, Ricardo Henrique Luciano assumiu. Porém sabemos que o verdadeiro idealizador do projeto foi Jesus Cristo, que nos ensinou a visitar os enfermos e praticar a caridade.
A sementinha do projeto, a ideia de iniciar um ministério de evangelização em hospitais, utilizando o artifício do palhaço brotou no coração do nosso fundador enquanto assistia o filme do Path Adams. Ele conta que sentiu o Espírito Santo falando com ele, se uma pessoa com apenas boa vontade pode fazer tudo isso, o que Ele poderia fazer através dos seus filhos, cheios da Sua graça.
Quais os parceiros que o projeto possui?
O projeto é interdenominacional, então nossos primeiros parceiros são as igrejas de cada membro, que os libera para trabalhar nesse ministério de evangelismo. Além disso temos alguns amigos do projeto que nos ajudam com materiais para divulgação e artes, como por exemplo o cartonista TADAO, que gratuitamente fez caricaturas para todos os doutores do projeto. O grupo de bonecos da Ysa e do Elton (www.eybonecos.com.br) que já nos deu oficinas para a manipulação de Muppets, e inclusive já participaram conosco nas visitas.
Poderia contar um ou mais testemunhos de pessoas que foram beneficiadas pelo projeto?
Cada pessoa que recebe a visita dos doutores palhaços do Projeto SóRir é, de alguma forma, beneficiada. Desde os funcionários aos pacientes, pois entramos com o objetivo de mudar o ambiente. Num hospital o clima é pesado, é delicado e triste, um ambiente de dor e medo. Nosso objetivo como palhaços é entrar no hospital para ver tudo de forma diferente, para aliviar este clima, para transformar lágrimas em riso. Portanto é muito bom para quem está nesse ambiente chegar alguém ali que não está preocupado com o seu machucado, não quer saber o que o médico falou, só está ali pra conversar, falar do tempo, cantar uma música e tirar, pelo menos por um tempo, os problemas da cabeça. É difícil dar um depoimento específico, pois são muitas pessoas dentro do hospital, e muitas vezes em um dia estão lá, e no próximo sábado já foram. Muitas crianças aceitaram Jesus conosco antes de falecer. Portanto, nós apenas guardamos nos nossos corações cada sorriso e agradecimento que recebemos. Muitas vezes as mães vem para nós e dizem “Ele não tinha dado nenhuma risada desde que chegou aqui!”, ou “Até vocês chegaram ele estava chorando!”.
Quais as formas de contribuição e necessidades do projeto?
Principalmente, precisamos de pessoas comprometidas para colocar a mão no arado conosco. Como falamos nossas atividades acontecem todos os sábados, e não são todos que estão dispostos a reservar um período no seu sábado para o evangelismo infantil. Outra coisa que nos é muito valiosa são treinamentos para melhorar nossas técnicas. Desde maquiagem, abordagem, malabares, contação de história, instrumentos… Tudo que pode nos ajudar a melhorar a qualidade do nosso trabalho dentro dos hospitais. O dinheiro que recebemos (das mensalidades dos membros, e eventuais doações) utilizamos para investir no nosso grupo,e em materiais para o projeto (jalecos, folders, site, etc).
Gostaria de deixar uma mensagem para os leitores?
Acreditamos que o amor pelo próximo é algo que precisamos viver, não apenas falar, mas fazer. Como Jesus fez (e faz), dedicar tempo para amar. Se doar pelo outro. É isso que estamos fazendo, seguindo o exemplo de Jesus, levando o amor e a salvação dEle. não importa o quê ou como você faz, mas importa que faça!
 Obrigada!
Confira fotos do Projeto SóRir:



Para mais informações sobre o Projeto SóRir, acesse o site projetosorir.com.br ou entre em contato através do e-mail contato@projetosorir.com.br.

Fundador da “Igreja da Unificação” na Coréia do Sul está internado em estado grave

Fundador da “Igreja da Unificação” na Coréia do Sul está internado em estado grave
O fundador e líder da igreja da Igreja da Unificação, da Coréia do Sul, o reverendo Sun Myung Moon, de 92 anos, foi internado em estado grave no início da semana, e está passando por um tratamento intensivo contra pneumonia.
Segundo os relatórios médios, o estado é saúde do reverendo é grave. Ele está respirando através de aparelhos e corre risco sérios riscos de vida. Devido ao estado de saúde do líder religioso, a Igreja da Unificação conclamou 40 dias de oração e um jejum de três dias em favor da sua recuperação.
Considerada uma seita por muitos de seus críticos, a Igreja da Unificação, foi criada por Moon em 1954. A denominação religiosa logo se tornou uma igreja multibilionária e um gigante império empresarial que inclui o jornal Washington Times e do New Yorker Hotel, em Manhattan. Controverso, Moon chegou a ficar preso em uma prisão federal nos Estados Unidos nos anos 80 por sonegação de impostos. “Virulentamente anticomunista”, ele foi preso também na Coréia do Norte, durante a Guerra da Coréia antes de ser libertado pelos aliados.
Sua igreja diz que Jesus era divino, mas que ele não é Deus, uma posição que coloca a Igreja da Unificação fora dos limites do cristianismo tradicional, e seus seguidores o consideram como o messias que está completando a salvação que Jesus Cristo deixou de fazer.
De acordo com a CNN, a pública do reverendo foi no mês passado, quando ele participou da abertura e encerramento do torneio de Futebol Peace Cup Soccer, patrocinado pela Igreja da Unificação na Coréia do Sul.

“Estado de Israel será removido da geografia mundial”, afirma líder iraniano

“Estado de Israel será removido da geografia mundial”, afirma líder iraniano Em um encontro com veteranos de guerra entre Irã e Iraque, o líder supremo da revolução iraniana, Ali Khamenei, afirmou que o Estado de Israel “será removido da geografia mundial” e que o território que ele ocupa atualmente será “devolvido a nação palestina”.
- Os sionistas (israelenses) e seus apoiadores querem apagar da consciência mundial o conflito palestino, mas o mundo islâmico vai resistir a este plano – afirmou ainda Khamenei durante o encontro, que foi realizado na ultima sexta feira do mês do jejum muçulmano o ramadã, às véspera do chamado “Dia de Jerusalém”.
O Irã não reconhece a existência do Estado de Israel, chamada por ele de “entidade sionista”.
Segundo o site Acontecer Cristiano, o líder iraniano afirma ainda que a revolução iraniana, que levou à criação da República Islâmica, é um “obstáculo histórico nos esforços dos poderes hegemônicos (os EUA e seus aliados ocidentais) para esquecer a questão da ocupação da Palestina”. Ele afirma ainda que sem a interferência ocidental do Oriente Médio “guerras e conflitos nunca teriam ocorrido”.
- A terra islâmica, longe de qualquer dúvida, será devolvida à nação palestina, e a falsa glândula inventada do sionismo será removido da geografia mundial – completou Khamenei, que culpou as potências de conspirar para criar o Estado de Israel sobre o território que reivindicam como Palestina.
O Estado de Israel já está se organizando para se proteger de possíveis ameaças por parte da Primavera árabe. Em Jerusalém, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu realizou uma reunião com todo o seu gabinete para discutir uma estratégia de defesa do país para os próximos cinco anos.
- Devemos estar preparados para as mudanças e ameaças que são dirigidos contra o Estado de Israel. Temos de garantir que, sob condições de mudança, continuará a segurança que os israelenses têm desfrutado nos últimos três anos e meio – declarou o israelense.

“Estado de Israel será removido da geografia mundial”, afirma líder iraniano

“Estado de Israel será removido da geografia mundial”, afirma líder iraniano
Em um encontro com veteranos de guerra entre Irã e Iraque, o líder supremo da revolução iraniana, Ali Khamenei, afirmou que o Estado de Israel “será removido da geografia mundial” e que o território que ele ocupa atualmente será “devolvido a nação palestina”.
- Os sionistas (israelenses) e seus apoiadores querem apagar da consciência mundial o conflito palestino, mas o mundo islâmico vai resistir a este plano – afirmou ainda Khamenei durante o encontro, que foi realizado na ultima sexta feira do mês do jejum muçulmano o ramadã, às véspera do chamado “Dia de Jerusalém”.
O Irã não reconhece a existência do Estado de Israel, chamada por ele de “entidade sionista”.
Segundo o site Acontecer Cristiano, o líder iraniano afirma ainda que a revolução iraniana, que levou à criação da República Islâmica, é um “obstáculo histórico nos esforços dos poderes hegemônicos (os EUA e seus aliados ocidentais) para esquecer a questão da ocupação da Palestina”. Ele afirma ainda que sem a interferência ocidental do Oriente Médio “guerras e conflitos nunca teriam ocorrido”.
- A terra islâmica, longe de qualquer dúvida, será devolvida à nação palestina, e a falsa glândula inventada do sionismo será removido da geografia mundial – completou Khamenei, que culpou as potências de conspirar para criar o Estado de Israel sobre o território que reivindicam como Palestina.
O Estado de Israel já está se organizando para se proteger de possíveis ameaças por parte da Primavera árabe. Em Jerusalém, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu realizou uma reunião com todo o seu gabinete para discutir uma estratégia de defesa do país para os próximos cinco anos.
- Devemos estar preparados para as mudanças e ameaças que são dirigidos contra o Estado de Israel. Temos de garantir que, sob condições de mudança, continuará a segurança que os israelenses têm desfrutado nos últimos três anos e meio – declarou o israelense.

O pastor iraniano Yousef Nadarkhani, preso há 1000 dias, deve se apresentar novamente diante do tribunal do Irã

O pastor iraniano Yousef Nadarkhani, preso há 1000 dias, deve se apresentar novamente diante do tribunal do Irã Dentro de menos de um mês o pastor iraniano Yousef Nadarkhani irá se apresentar novamente diante de um tribunal iraniano. O Irã exigiu que o pastor comparecesse no tribunal no dia 08 de setembro de 2012, às 9h para responder pelas “acusações feitas contra ele”, segundo informou o Centro Americano para Lei e Justiça (ACLJ).
O ACLJ acompanha de perto o caso do pastor, e informou também que não está claro na Carta de Intimação, se Nadarkhani estará respondendo pelo crime de apostasia ou se foram apresentadas novas acusações contra ele, que até agora são desconhecidas.
O mais provável, porém, é que o pastor realmente seja acusado por declarar sua fé em Jesus, “crime” que viola a constituição iraniana, de acordo com o ACLJ, que afirma continuar trabalhando no caso do pastor, entrando em contato com autoridades no Irã, com Departamento de Estados e Diplomatas estrangeiros, para pressionar o governo Iraniano a fim de libertá-lo.
- Nosso Tweet para Yousef campanha continua a crescer, atingindo agora mais de 2,8 milhões de contas do Twitter em todo o mundo com informações diárias e atualizações sobre Yousef Pastor – divulga a ACLJ.

Ator espírita Humberto Martins afirma ter tido um encontro com Jesus que o fez sair da beira da morte

Ator espírita Humberto Martins afirma ter tido um encontro com Jesus que o fez sair da beira da morte Humberto Martins, ator que interpreta o personagem “turco Nacib” na novela Gabriela da Rede Globo afirmou em uma entrevista ao site do diretor Aguinaldo Silva que esteve quase à beira da morte, e um encontro com Jesus o fez ter determinação para ficar curado.
O ator, de 51 anos, segue a doutrina espírita, contou que quando tinha 23 anos pegou uma hepatite toxica que quase lhe tirou a vida, por causa dos produtos químicos que tinham na fábrica que pertencia a seu pai, onde ele produzia produtos com derivados de resina e poliéster.
- Fiquei de cama, muito debilitado, mal conseguia me levantar. Eu pensava: ‘Sou muito novo, quero viver mais!’. Mas só tempos depois fui entender que nós é que pegamos a força que nos coloca pra cima ou a fraqueza que nos destrói. O pensamento e as palavras são poderosos. Numa tarde, rezei muito, com muita força, para Jesus Cristo. Depois, pedi para continuar vivendo, para trabalhar dando entretenimento às pessoas, e ter uma família, da qual nunca descuidaria – contou o ator.
Martins relatou com detalhes como foi a experiência que o fez começar a recobrar a saúde. Segundo ele, a experiência na qual teve uma visão de Jesus foi o início de seu processo de cura.
- Eu, que vivia em vigília – com medo de morrer -, naquela tarde, dormi. E tive um sonho, uma projeção astral. Era eu, na janela do quarto, olhando para mim, deitado na cama. E dizia: ‘Olha como você está! Cadê a força? A vontade?’. Do céu começou a descer o que parecia ser um avião. A imagem veio se aproximando da janela até ficar nítida: era Jesus! Ele veio sobre uma nuvem, com uma expressão suave e tranquila. Tive um impacto emocional tão grande quando Ele chegou perto, que acordei. Recordei tudo o que tinha acontecido. E, de repente, levantei com agilidade, fui até a cozinha, fiz um leite achocolatado e um sanduíche de queijo. Minha mãe estranhou muito. Eu estava quase à morte! Fiquei alguns minutos bem, quando me dei conta de novo que estava doente e voltei para cama. Meus pensamentos retrocederam – explicou.
O ator foi questionado também se tem medo da morte, mas afirmou que não, pois é espírita e não acredita que a vida acabe aqui. Ele acrescentou ainda que só tem medo da invalidez.
- Mesmo assim a aceitaria se viesse. Vale a pena ficar sentado, olhando, contemplando o mundo. Para mim, a morte não existe. Sou espírita e acredito que a vida não acaba aqui – afirmou.

Cantora evangélica morre depois de passar mal enquanto realizava o louvor em um culto

Cantora evangélica morre depois de passar mal enquanto realizava o louvor em um culto
Nessa quinta feira (15) foi sepultada a cantora evangélica Márcia Viana, uma das integrantes do grupo gospel “Irmãs Viana” da Igreja Assembleia de Deus Ministério Madureira, em Três Lagoas – MS. A cantora faleceu na manhã de quarta feira, após passar mal durante um culto.
De acordo com seus familiares, Márcia estava internada na Santa Casa de Araçatuba desde o dia 4/8, quando passou mal durante um culto na 1ª Igreja Batista da cidade. A cantora sofreu um acidente vascular cerebral, aneurisma e por fim parada cardiorrespiratória.
Durante sua apresentação na igreja, Márcia Viana cambaleou e caiu de costas no espaço reservado à banda. Inicialmente amparada por uma das irmãs, ela foi socorrida por membros da denominação e levada à Santa Casa e posteriormente transferida para Araçatuba, onde acabou falecendo.
Aos 46 anos, a cantora era casada há 26 anos com José Borges, e deixou uma filha única, Elen, membro da Igreja do Evangelho Eterno, segundo informações do Jornal Dia Dia.

A pentecostalização da fé

Não estamos diante do ocaso do protestantismo quando observamos as suas transformações.
Pentecostalização é uma palavra que não existe no vernáculo, mas que tem sido muito empregada ultimamente, sobretudo pela chamada elite culta evangélica. E empregada, vale dizer, de forma pejorativa. Tal processo é tido como uma degeneração, já que o protestantismo histórico brasileiro é visto como um elemento fixo. Assim, a teologia é compreensível, a liturgia é consagrada e as tradições, embrulhadas em invólucros denominacionais. Sob esse ponto de vista, a pentecostalização seria um processo endógeno, altamente ameaçador.
Em religião, é complicado pensar linearmente. Os grupos religiosos passam por transformações porque são influenciados pela dinâmica social. O próprio protestantismo, com suas várias expressões, não tem sido uma unidade fixa passa por mudanças radicais, e não é diferente com o chamado bloco das igrejas evangélicas históricas. Pois é nesse ponto que reside a grande dificuldade de se admitir a tal pentecostalização. Mudanças são olhadas com desconfiança, e a hostilidade não tarda a vir.
Quando o protestantismo chegou às terras brasileiras, a identidade do segmento era afirmada pela negação do catolicismo. Hoje, parece que a grande preocupação de um grande grupo é afastar-se dos "trejeitos" pentecostais, para que se possa afirmar como protestante, ou mesmo cristão. Existe quase um temor oficial de contágio pela pentecostalização, sobretudo entre as igrejas evangélicas históricas, marcadamente herdeiras da tradição protestante.
É preciso destacar que a pentecostalização, para muitos dos doutos teólogos e cientistas sociais protestantes, não é o mesmo que pentecostalismo. Enquanto este tem uma identidade específica, aquele é um híbrido. Entende-se pentecostalização como a degeneração das chamadas igrejas evangélicas históricas (protestantes). Assim, deparamo-nos com análises sérias ou estamos simplesmente presenciando mera nostalgia? Considerando as transformações dos grupos religiosos, há quem prefira sempre o retorno às origens, em vez das incertas transformações que levam ao futuro. A evolução do judaísmo para o cristianismo, por exemplo, foi encarado pelos guardiões da santa tradição como degeneração. Veio o catolicismo, com seus papas e santos, cátedras e catedrais, e os puristas se horrorizaram com o que consideravam a degeneração da fé. E o que dizer da própria Reforma, estigmatizada que foi, no século 16, como heresia pelos supostos detentores da chave do Reino de Deus?
E quando a fé reformada desceu da América do Norte e chegou à América do Sul, o que aconteceu foi um processo de mudanças ou de degeneração? Nós, que aqui estamos abaixo da linha do Equador, preferimos pensar que somos naturais herdeiros da tradição protestante, e por isso zelamos para não sermos infectados pelo catolicismo ou pelo pentecostalismo.
Até mesmo dentro do pentecostalismo existe também a noção de que o tempo consagra e as novidades estragam. O movimento pentecostal no Brasil desencadeou-se nas primeiras décadas do século 20. Na visão de um grupo expressivo, foi uma degeneração da fé avivada que levou ao surgimento das igrejas dos anos 1950 e 60, que abusavam de expedientes como cura, exorcismo e magia. Mais para a frente, surge o pentecostalismo midiático, que no entender de muita gente evidencia a falta de caráter e o abuso do poder nas suas múltiplas formas. Ou seja, também dentro do pentecostalismo, as inevitáveis transformações podem ser consideradas nocivas. O uso indiscriminado do termo “neopentecostal” com conotação pejorativa que o diga.
O fato é que as igrejas evangélicas históricas estão imersas em um processo de transformações profundas. Isso é o mesmo que pentecostalização? Cabe a todos os envolvidos – teólogos, pastores, membros das igrejas, cientistas sociais – uma investigação atenta, que fuja aos lugares-comuns. Quais as rupturas teológicas, institucionais, denominacionais e litúrgicas desse processo? A verdade é que não estamos diante do ocaso do protestantismo quando observamos as suas transformações. A chamada Igreja reformada muda continuamente, como previu Martinho Lutero. A questão é: sempre que se transforma, a Igreja necessariamente se degenera?      

Jovem que teve joelho destruído em atentado a cinema diz querer perdoar atirador

Jovem que teve joelho destruído em atentado a cinema diz querer perdoar atirador
Uma jovem que teve o joelho atingido por tiro no atentado a um cinema na cidade de Aurora, nos Estados Unidos, na estreia do filme “Batman: o cavaleiro das trevas resusge”, disse que quer perdoar o atirador, que assassinou 12 pessoas. Bonnie Kate Pourciau, que é cristã, afirmou em entrevista ao site “Life Site News”, que ainda há esperança para o assassino, e disse, “Eu quero perdoá-lo”.
Kate contou como foram os momentos durante o atentado, “Primeiro eu pensei que era alguém brincando, mas eu realmente não sabia o que era. Então, um cara começou a atirar bastante. As pessoas estavam gritando. Estava escuro e ruim”.
“Quanto fui baleada, no meio de todo o caos, eu realmente não acreditava que o atirador era uma pessoa que estivesse tentando matar”, disse a jovem. Ela lamentou pelo fato de o atirador não conhecer a Jesus, “ele não sabe a esperança de que nós cristãos temos, não entende a misericórdia de Deus e não conhece a Jesus”.
A jovem ainda contou que orou durante os momentos de terror, “Naquele momento eu estava apenas orando dentro da minha cabeça: ‘Pai, por favor, proteja-nos, por favor, nos mantenha seguros. Eu não sei o que está acontecendo, mas, por favor, nos mantenha salvo se isto for sua vontade. Por favor, preserve nossas vidas.”.
Ela finaliza, “Quando eu realmente penso sobre este assunto, eu gostaria de poder dizer a ele – e eu gostaria que ele pudesse entender e saber e sentir – que há perdão. Eu gostaria que ele pudesse se arrepender e ver como ele está doente, para que ele pudesse a ver o que ele fez e como ele afetou essas pessoas.”.

Festa dos Tabernáculos: conheça mais sobre a “celebração à fidelidade de Deus” em Israel

Festa dos Tabernáculos: conheça mais sobre a “celebração à fidelidade de Deus” em Israel
A Festa dos Tabernáculos , realizada sempre entre o 15º e o 21º dia do mês hebraico de Tishrei, que normalmente cai no mês de outubro do calendário cristão, é uma celebração judaica baseada na ordenança divina relatada em Zacarias, no capítulo 14, versículo 16: “E acontecerá que, todos os que restarem de todas as nações que vieram contra Jerusalém, subirão de ano em ano para adorar o Rei, o Senhor dos Exércitos, e para celebrarem a festa dos tabernáculos”.
A celebração acontece com a participação não apenas dos judeus, mas de peregrinos de diversas nações, que se baseiam na passagem bíblica mencionada acima para agradecer a Deus por sua bondade e providência durante o êxodo do povo israelita na fuga do Egito.
A palavra “tabernáculo” tem origem no latim e é usada para se referir ao termo hebraico “sukka”, que significa “cabana, abrigo temporário”. O termo hebraico correspondente no plural é “sukkot”.
Durante a Festa dos Tabernáculos são oferecidos sacrifícios ao Senhor, e no primeiro dia é proibido que se exerça qualquer tipo de trabalho, pois o dia é considerado sagrado e destinado ao descanso. Há ainda, uma celebração denominada Shemeni Atseret, uma festa à parte que é realizada no 22º dia do mês de Tishrei, o oitavo após o início da Festa dos Tabernáculos.
O povo judeu também se refere à celebração como Festa da Colheita, pois nessa época são colhidos frutos da seara, e a recompensa dos trabalhadores é obtida. As festas da Páscoa, Pentecostes e Tabernáculos são consideradas pelos judeus celebrações de peregrinos, porque nestas três festas era exigido que todo homem judeu fizesse uma peregrinação até o Templo, em Jerusalém, e nestas ocasiões o povo levava os primeiros frutos da colheita da estação ao Templo, onde ofertavam uma parte a Deus, baseados nas passagens de Levítico 23: 41-43 e Deuteronômio 16: 14 e 15.
A Terra Santa Viagens organiza caravanas para a Festa dos Tabernáculos todos os anos, e na última edição da celebração, os peregrinos que viajaram com a equipe da empresa passaram os sete dias aprendendo sobre a festa e a cultura do povo judeu, e a relação da celebração de tradição judaica com a fé cristã.
A Embaixada Cristã de Israel promove diversos eventos durante a Festa dos Tabernáculos, e o primeiro, que abre a festa, é uma celebração com um jantar ao ar livre com todos os peregrinos. Geralmente essa abertura é realizada na En-Gedi, um oásis no deserto, onde Davi escondeu-se de Saul (1 Sm 23:29). Em seguida, os visitantes caminham juntos até Jerusalém, simbolizando a entrada no Templo após o êxodo. “Celebrar a Festa dos Tabernáculos é celebrar a fidelidade de Deus, conforme Levítico 12.41-43. Ir à Festa dos Tabernáculos em Jerusalém (conforme Zacarias 14.16-18), levando uma oferta pelo que colheu durante o ano, é a garantia da colheita para o próximo ano conforme o livro de Deuteronômio 16.15-16”, afirma o Capelão Luiz Alberto Silveira Dantas Machado , representante da Embaixada Cristã Internacional no Rio de janeiro desde 1997.
Esses eventos fazem parte do tour organizado pela Terra Santa Viagens para os peregrinos que viajam a Israel para a Festa dos Tabernáculos. Durante a semana da comemoração, seminários são apresentados todas as manhãs, com temas variados, mas focados nas perspectivas proféticas para Israel e os últimos dias. À noite, os cristãos participam de um culto de louvor e adoração. Segundo o diretor da agência, Ricardo Caro, “é muito bom poder organizar caravanas para a Festa dos Tabernáculos porque sabemos que é importante para todo cristão, as pessoas podem comemorar esta festa em sua cidade, mas a verdadeira festa é comemorada , não por Judeus, e sim pela Embaixada cristã em Jerusalém, portanto é uma festa cristã. Com muita alegria e muita benção”, enfatiza.
O último dia é considerado o ponto alto da festividade. É neste dia que milhares de peregrinos usam seus trajes nacionais e marcham pelas ruas da Cidade Santa de Jerusalém, celebrando a bondade e a proteção de divina.

Psicólogos cristãos recebem notificação do Conselho Regional de Minas Gerais para retirar de seu site referências à fé cristã

Psicólogos cristãos recebem notificação do Conselho Regional de Minas Gerais para retirar de seu site referências à fé cristã
As relações entre os psicólogos cristãos e os conselhos regionais de psicologia voltaram à tona com uma determinação que o Corpo de Psicólogos e Psiquiatras Cristãos (CPPC) recebeu da Comissão de Orientação e Fiscalização do Conselho Regional de Psicologia (CRP) de Minas Gerais.
De acordo com o site Verdade Gospel, na notificação oficial, o CRP exigiu que o fossem retiradas do site da associação as palavras: “Psicólogo”, “Cristão” e “Psicologia Cristã”, como também informações sobre os profissionais associados, sob pena de serem penalizados, inclusive pelo Conselho Federal de Psicologia.
Porém, no site do CPPC, o grupo afirma que não defende a existência de uma psicologia cristã, mas sim que cristãos pratiquem a psicologia, sem negar sua fé.
- Acreditamos que não é adequado falar que praticamos “Psicologia Cristã/Psiquiatria Cristã”, como se fosse uma ciência diferente da que aprendemos nas universidades. Não é. O diferencial nesse caso somos nós, as pessoas que a praticam, nós é que somos cristãos – afirma o site.
Essa situação é semelhante à sofrida recentemente pela psicóloga Marisa Lobo, que foi pressionada a retirar de seu site e perfis em redes sociais termos que relacionassem o exercício de sua profissão como psicóloga com sua fé cristã.
O CPPC afirma que a questão foi discutida na Diretoria Nacional e que junto com o Conselho Consultivo foi buscada assessoria de advogados para a questão. Agora, o Corpo de Psicólogos e Psiquiatras Cristãos está aguardando o posicionamento do Conselho Regional sobre o assunto.
A legislação atual permite que Conselhos profissionais fiscalizem o exercício da profissão de psicólogo, mas não têm competência para controlar associações civis, como é o caso do CPPC.
Em comunicado aos associados da CPPC, inclusive os de Minas Gerais, o presidente da associação, Karl Kepler, pede serenidade.
- Que nos juntemos em oração, pois é só de Deus que depende o bom resultado desse confronto. Que Ele nos conceda a coragem para continuar como testemunhas da Verdade, inclusive sobre nossa fé, mas com a sabedoria e mansidão necessária para falar aos que não partilham dela – diz Kepler em nota.

“Deus me salvou”, afirma sobrevivente de acidente entre trem e ônibus de evangélicos

“Deus me salvou”, afirma sobrevivente de acidente entre trem e ônibus de evangélicos
No último sábado um ônibus que transportava um grupo de evangélicos pra um culto sofreu um grave acidente no bairro Bom Retiro, em Valinhos (SP). O ônibus foi atingido por um trem no momento em que o motorista fazia a travessia pelo trilho.
O trem atingiu a traseira do ônibus, que com o impacto teve a lateral direita destruída. A lataria se desprendeu do veículo e os bancos traseiros do ônibus se encavalaram uns aos outros. Todos os fiéis que estavam no ônibus, que os levava para uma igreja evangélica, foram levados para a Santa Casa de Valinhos, para tratar dos ferimentos. A maioria dos fiéis já recebeu alta.
A jovem Suzani Maria Rodrigues da Paz, de 18 anos, que estava no veículo, foi a vítima mais grave do acidente. Apesar de ser a única vítima a permanecer internada, a jovem afirma que foi Deus que a salvou de algo mais grave.
- Eu lembro que eu olhei pra esquerda e vi um mocinho acenando que o trem estava vindo. Aí, na hora que eu olhei para o outro lado, o trem já estava quase em cima do ônibus – conta Suzani.
Segundo o G1 ela afirma ainda que o fato de estarem a caminho da igreja representou um milagre que impediu que as pessoas se ferissem.
- Tenho certeza que foi isso que me livrou porque, do jeito que foi o acidente, com certeza era para pelo menos ter quebrado alguma coisa e não aconteceu nada, com ninguém – relatou a jovem

Pastor que prometia curar doenças quase é linchado

Pastor que prometia curar doenças quase é linchado
Dois pastores de uma igreja na Vila Marinho, Compensa, Zona Oeste de Manaus, foram indiciados por estelionato, charlatanismo e curandeirismo.

Segundo informações do 19º Distrito Integrado de Polícia, durante toda a semana fiéis realizaram denúncias contra um dos pastores, de 49 anos. O motivo é que ele tinha o hábito durante os cultos de prometer curar doenças e até mesmo retirar insetos do corpo dos fiéis.

“Muitos chegaram a parar os tratamentos médicos e outros até morreram por acreditarem que ele poderia curá-los”, explica a delegada Fernanda Antonucci.

No último sábado, policiais da 8º Companhia Interativa Comunitária foram chamados para atender uma confusão na igreja. Ao chegar no local, impediram os fiéis que tentavam linchar o pastor que prometia as curas milagrosas. Ele e um outro pastor de 32 anos foram detidos para prestar esclarecimentos. Seus nomes não foram revelados.

Mas de acordo com a polícia, o pastor reafirmou em depoimento fazer curas e que tem o poder de “transformar e dar forma a objetos”. Contou ainda que passou a participar dos cultos após o convite do pastor da igreja, o mais novo, e que ambos se conheciam de outros estados.

Ao responder sobre as denúncias de pagamento pelas supostas curas, teria afirmado que “era apenas uma sugestão e ninguém era obrigado a entregar envelopes de dinheiro”.

De acordo com o G1, os dois pastores foram indiciados por curandeirismo, estelionato, e charlatanismo, mas responderão em liberdade.

Criticando “crentes modernos”, teologia da prosperidade e doutrinas de igrejas, escritor afirma: “Eu sou crente à moda antiga”. Leia na íntegra

Criticando “crentes modernos”, teologia da prosperidade e doutrinas de igrejas, escritor afirma: “Eu sou crente à moda antiga”. Leia na íntegra
O estabelecimento de doutrinas peculiares à determinadas denominações, encaradas por muitos como “usos e costumes” foi tema de um texto publicado pelo site Genizah.
As doutrinas que fogem ao conceito bíblico foram tratadas por David Andrade, autor do texto, como “modismos”, numa comparação com os usos e costumes dos “crentes modernos” e os “crentes à moda antiga”.
Segundo Andrade, “c rente moderno entende que não pode cortar cabelo, que mulher não pode usar calça, que homem não pode usar bermuda, que pastor é soberano e deve ser servido”.
Usando humor para descrever o comportamento de muitos evangélicos, Andrade ironiza: “Crente moderno entende que palavreado correto é o seu, tipo: misericórdia (ao invés de ô loco meu…, creeeeeedo que doidera…) ou então: sangue de Jesus tem poder (ao invés de isso não vai acontecer nem que a vaca tussa)”.
O conceito de “crente à moda antiga” usado pelo autor do texto, remete às discussões atuais em voga no meio evangélico, como teologia da prosperidade, relacionamento da igreja e fiéis com a sociedade, e doutrinas a cerca de bebidas.
-Crente à moda antiga não ouvia “canção gospel”, alegando que as outras canções são canções do mundo, simplesmente ouvia canção boa, crente à moda antiga bebia vinho (outra heresia). Aí alguém vai dizer que não era vinho, era suco de uva, mas embriagava – ou Paulo não diria em 1 Co 11 que havia crentes se embriagando – e Jesus não estava muito preocupado com o vinho pois transformou água em vinho e não em refrigerante. Crente à moda antiga ia em festa de parente que não professa a mesma “religião” (é só ler atento João 2), crente à moda antiga andava por fé e não por vidência, crente à moda antiga sabia que Deus é Deus na riqueza e na pobreza e que nenhuma das situações deve ser buscada para se dizer mais ou menos filhos de Deus, muito menos para que isso sirva de status gospel – descreve David Andrade.
Desfazendo-se do tom sarcástico, o autor pontua os erros que, sob seu ponto de vista, são cometidos pelos evangélicos: “O problema é que o que não se percebe é que crente moderno são os do modismo, das cartilhas de comportamento doutrinário e não os que tentam andar na simplicidade da vida como Jesus fez, e ao contrario do que possa se dizer ou do que se pregue em muitas (pra não dizer a maioria ou todas) igrejas, Jesus deixou regras praticas de vida mas nenhuma cartilha de comportamento esquisito que demonstre ser “crente”, então meu amigo cuidado para que não se encaixe naquilo que Jesus disse em Mateus capitulo 23… ah você não lembra o que diz? Então leia…”, convida Andrade.
Confira abaixo a íntegra do artigo “Crente à moda antiga”, de David Andrade, publicado no Genizah:
Eu quero gritar pra todo mundo ouvir (qualquer semelhança com musica do Roupa Nova é mera coincidência): EU SOU CRENTE A MODA ANTIGA!
Essa conversa que ronda ultimamente à boca pequena das igrejas e até mesmo na boca pequena das pessoas fora da igreja, de que temos muitos crentes modernos, não me atinge, pois eu declaro: sou crente a moda antiga. Crente moderno existe!
Crente moderno entende que não pode cortar cabelo, que mulher não pode usar calça, que homem não pode usar bermuda, que pastor é soberano e deve ser servido, que ser for bispo ou apostolo então? Coloque-o em altar!
Crente moderno entende que palavreado correto é o seu, tipo: misericórdia (ao invés de o loco meu…rs, creeeeeedo que doidera…rs) ou então: sangue de Jesus tem poder (ao invés de isso não vai acontecer nem que a vaca tussa), ou até quem sabe: pois Jesus disse que obedecer (o pastor) é melhor que sacrificar. Crente moderno não pode jogar (ou assistir, quem dirá comentar) futebol, crente moderno não pode assistir televisão, crente moderno deve estar na igreja (e somente na igreja) todos os dias da semana e “queimar” todo aquele que não esteja do lado de dentro.
Eu não gosto de ser chamado de crente moderno!!! Apesar que geralmente são os “mundanos” que sempre me vem com esse termo, os crentes usam uns mais bonitinhos, do tipo: rebelde, ovelha desgarrada, desviado, herege, filho do cão (meu pai não fazia pipi na roda do carro de ninguém…rsrs) e outros mais…
Eu sou crente a moda antiga! Do tipo que ainda manda flores, apesar do velho tênis e da calça desbotada ainda chamo de querida a minha namorada….rsrs… Eu sou crente a moda antiga, eu ainda acredito que a direção do Espírito Santo (de Deus e não do apostolo) é que pode direcionar corretamente minha vida, eu ainda acredito em unanimidade na Igreja (com i maiúsculo mesmo, do tipo de verdade, de Deus), unanimidade não significa “roboticidade”, significa todos diferentes, porem, todos iguais! Eu acredito numa igreja que ora e Deus responde (do jeito Dele e não conforme minha determinação), eu acredito numa igreja que anda com tudo em comum (em comum não em igualdade, tem diferença), eu acredito numa igreja que misturada ao mundo é diferente, e não pelo linguajar, vestimenta padrão ou pelo fato de serem tão insuportáveis que não da pra conviver, eu acredito que a igreja que misturada ao mundo é diferente se trata daquela que é de Cristo, a noiva do cordeiro, a igreja amada, santa, imaculada (que heresia, não?), a igreja que vive no meio da bagunça, mas não é bagunçada, que vive no meio da corrupção, mas não é corrupta, a igreja que está no mundo mas não faz parte do mundo.
Acontece que alguns conceitos pré- concebidos instalados na mente dos crentes modernos distorceu o sentido das coisas, e hoje tornou-se difícil ser crente a moda antiga.
Crente a moda antiga não ouvia “canção gospel”, alegando que as outras canções são canções do mundo, simplesmente ouvia canção boa, crente a moda antiga bebia vinho (outra heresia) ai alguém vai dizer que não era vinho, era suco de uva, mas embriagava, ou Paulo não diria em 1 Co 11 que havia crentes se embriagando, e Jesus não estava muito preocupado com o vinho pois transformou água em vinho e não em refrigerante, crente a moda antiga ia em festa de parente que não professa a mesma “religião” (é só ler atento João 2), crente a moda antiga andava por fé e não por vidência, crente a moda antiga sabia que Deus é Deus na riqueza e na pobreza e que nenhuma das situações deve ser buscada para se dizer mais ou menos filhos de Deus, muito menos para que isso sirva de status gospel.
O problema é que o que não se percebe é que crente moderno são os do modismo, das cartilhas de comportamento doutrinário e não os que tentam andar na simplicidade da vida como Jesus fez, e ao contrario do que possa se dizer ou do que se pregue em muitas (pra não dizer a maioria ou todas) igrejas, Jesus deixou regras praticas de vida mas nenhuma cartilha de comportamento esquisito que demonstre ser “crente”, então meu amigo cuidado para que não se encaixe naquilo que Jesus disse em Mateus capitulo 23… ah você não lembra o que diz? Então leia…
Isso é só o começo de mais um “louco no bando de louco”…. (1 Co 2: 14,15,16)
Obs: não sou “curintiano”…. rsrs

15 cristãos são mortos em ataque a igreja na Nigéria, e grupo extremista islâmico exige que presidente cristão se converta ou renuncie ao cargo

15 cristãos são mortos em ataque a igreja na Nigéria, e grupo extremista islâmico exige que presidente cristão se converta ou renuncie ao cargo
Na noite dessa segunda feira um grupo de homens armados invadiu a igreja evangélica “Deeper Life Bible Chuch”, que fica na região central da Nigéria, onde abriram fogo e mataram ao menos 15 pessoas. Esse ataque se soma às dezenas de outros atentados contra cristãos, ocorridos nos últimos meses no país.
O porta-voz do governo do estado de Kogi, Jacob Ed, confirmou à agência France que o ataque resultou em pelo menos 15 mortes. De acordo com o tenente-coronel Gabriel Olorunyomi, chefe da Força de Tarefa Conjunta do Estado de Kogi, entre os mortos estava o pastor da igreja, ele relata também que quatro fiéis morreram depois, em consequência de seus ferimentos.
De acordo com a France Press, o ataque ainda não foi reivindicado. Porém, o grupo islamita Boko Haram reivindicou ataques contra igrejas nas regiões norte e central da Nigéria nos últimos meses, como parte de uma ofensiva que matou centenas de pessoas.
O Boko Haram já afirmou ter como intenção exterminar o cristianismo do país, e na ofensiva motivada por essa intenção já matou centenas de pessoas em dezenas de ataques a igrejas e até mesmo ao prédio da ONU na capital do país, Abuja.
Abubakar Shekau, chefe do grupo radical, apareceu recentemente em um vídeo publicado na internet, no qual classifica o presidente norte-americano Barak Obama de ‘terrorista’, e exige que o presidente da Nigéria, Goodluck Jonathan, converta-se ao Islã ou renuncie ao cargo.
O grupo extremista, tem como objetivo declarado a implantação da sharia (lei islâmica) como regra no país. Com sua campanha violenta, que começou em meados de 2009, depois que seu fundador, Mohammed Yusuf, morreu sob custódia da polícia, o grupo já conseguiu cumprir seus objetivos em 12 estados do norte da Nigéria.